08 março 2022

O Pequeno Café de Copenhague - Destinos Românticos # 1 - Julie Caplin

Entre e fique à vontade no pequeno café de Copenhague, onde o aroma de canela preenche o ar, o chocolate quente é cremoso como seda e o amor está à espera...Em Londres, a assessora de imprensa Kate Sinclair tem tudo que sempre achou que quisesse: sucesso, glamour e um namorado irresistível.

Até que esse namorado a apunhala pelas costas e consegue a promoção profissional com que ela tanto sonhava. Com o coração partido e questionando tudo, Kate decide aproveitar uma oportunidade de trabalho para se afastar do ex.

Quando topa ciceronear um grupo de jornalistas e influenciadores pela linda Copenhague para atender ao pedido de um cliente importante, Kate não imagina os desafios que terá que enfrentar para conciliar tantos egos e exigências.

Ao mesmo tempo, enquanto conhece a capital do “país mais feliz do mundo”, ela descobre as maravilhas da vida à moda dinamarquesa. Do costume de acender velas até os vikings simpáticos, altos e charmosos, passando pela experiência de comer o próprio peso em doces, a cidade ensina Kate a apreciar o significado das pequenas coisas. Agora só depende dela retomar as rédeas do próprio caminho e seguir em direção a seu final feliz.


Livro:  O Pequeno Café de Copenhague|| Autor: Lucy Dillon
Série: Destinos Românticos # 1
Ano: 2022 ||  Editora: Arqueiro  || Gênero: Romance contemporâneo
Classificação: 4,5 estrelas || Resenhista: Lud


Skoob || Compre || Editora

 Mais uma autora entrando para minha coleção favorita de romance. Julie Caplin estreia no brasil com uma história emocionante sobre encontrar a felicidade. 

Kate é uma relações públicas de uma das cinco maiores empresas no ramo, e está prestes a ser promovida, ou é o que ela acha, quando descobre que sua tão desejada promoção está indo por água a baixo. Mas nem tudo está perdido, a empresa tem a possibilidade de fechar com um grande cliente, e Kate fica responsável pela campanha. 

A Campanha é para uma loja dinamarquesa que abrirá em Londres e que usam o conceito do "Hygge". E para entender bem esse conceito que fala sobre conforto nos pequenos detalhes, ela e mais cinco jornalistas são convidados para passar uma semana em Copenhague, para descobrirem mais sobre esse estilo de vida e o porque deles serem considerados o pais mais feliz do mundo. 

E é nessa viagem que não só a Kate, mas todos os seus acompanhantes começam a descobrir a importância dos pequenos gestos e que não é preciso muito para ser feliz. 


Essa série tem 8 livros publicados, e cada um deles se passa em um local diferente. Então faça as malas e bora conhecer novos lugares! E nisso, a escrita da Julie não decepciona nem um pouco. 

Todo o livro tem descrições sobre a cidade, sobre os pontos turísticos visitados, portanto um prato cheio para você se sentir naquela cidade ou juntando os centavos para ir para Copenhague. 

Como em todos os livros da série, o foco é sobre a descoberta dos nossos personagens como pessoas. E não apenas temos isso com a Kate, que pensava ser feliz e que a promoção era tudo o que faltava em sua vida, mas com todos os cinco jornalistas que estavam na viagem. Um por um, o livro começa a desconstruir quase todos os personagens (menos 01, que é a protagonista do livro 02) e mostra como eles passam a ver a vida de forma diferente.

A Kate é uma personagem incrível, eu adorei a força dela, a forma como ela se joga e luta pelo o que quer, mas ao mesmo tempo como ela é uma pessoa que se importa muito, que ajuda todos que precisam. Ver a relação dela com a Eva, foi muito gratificante, acho que nem ela fazia ideia da falta que sentia de uma figura materna. 

Ben foi um pouco complicado, eu queria um pouco mais dele, porque não deu para realmente ver a personalidade por trás dessa fachada que ele impõe. Os dois como um casal foi algo que eu já esperava, mas o conflito do final foi um pouco apressado. 

O livro traz muito mais do que a busca da felicidade por todas as pessoas, mas nos mostra também como, talvez, estejamos vivendo nossas vidas. Muitas vezes falamos que adoramos nosso emprego, que estamos felizes com a vida que temos, mas realmente estamos felizes? O sonho que você sempre lutou para realizar era realmente seu, ou algo impresso em algum momento? 

E devo dizer que o livro é realmente significativo no momento que estamos vivendo, onde muitas pessoas estão apenas existindo e não vivendo.

E ele também nos ensina - e acredito que esta seja a mensagem mais importante do livro - que as mais pequeninas coisas podem nos trazer uma felicidade imensurável. 

O segundo livro trás a Sophie como protagonista e nossa próxima parada é Nova York. Já estou morrendo só de pensar nas comidas. 

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei