21 fevereiro 2022

[RESENHA] O Herói que Faltava - Julia Quinn, Kinley MacGregor e Lisa Kleypas.


Depois de despertar o ciúme de pretendentes indecisos na trilogia Damas Rebeldes, Ned Blydon reaparece em Um conto de duas irmãs, de Julia Quinn, em uma situação nada invejável: fica noivo de uma das irmãs Thorntons, mas está secretamente apaixonado pela outra!

Em Improvável, de Lisa Kleypas, a sensata Lydia Craven decide se casar por conveniência e não por amor. Só que ainda não conhece a determinação do atencioso médico Jake Linley, que já tinha conquistado muitos corações na série Os Mistérios de Bow Street e não vai medir esforços para ganhar o dela.

Após sua aparição em Master of Desire, Simon de Ravenswood ressurge em Sonho de um cavaleiro de verão, de Kinley MacGregor, para responder às cartas de lady Kenna em nome de um conde poderoso. Faz isso apenas por educação, mas a dama acaba se apaixonando e precisa escolher entre ele, seu melhor amigo e um voto solene feito há muito tempo.

Livro:  O Herói que Faltava || Autor: Julia Quinn, Kinley MacGregor e Lisa Kleypas.
Ano: 2021||  Editora: Arqueiro  || Gênero: Romance de Época
Classificação: 4 estrelas || Resenhista: Luci


Skoob || Compre || Editora

O Herói que Faltava reúne aquela coletânea de histórias bem rápidas, adotando aquela proposta de leitura leve e irreverente, para preencher o tempo do leitor em uma tarde ou noite de folgas, ou até mesmo entre leituras de um livro ou outro. 

No primeiro conto, Improvável, de Lisa Kleypas, conhecemos Lydia Craven, uma jovem extremamente inteligente, que ama ciência e cálculos matemáticos exatos. Com a mente tão metódica e racional, não é de se admirar que tenha escolhido seu noivo de forma clara e sensata, pesando todas as possibilidades de sucesso em seu casamento. 

No entanto, há alguém que a afasta da sua tão estimada racionalidade: Jake Linley, um jovem e talentoso médico com a fama de conquistador, mas que, estranhamente, nunca tentou se insinuar para ela... até a noite do seu noivado, quando ele a surpreende com um beijo apaixonado.

Agora, às vésperas do seu casamento, a mente racional de Lydia parece não calcular a lógica de um casamento muito bem planejado, com alguém muito bem-posicionado socialmente, pois está cheia de dúvidas se escolhe isso, ou se arrisca a se entregar à paixão. 

Mas o destino (ou um homem apaixonado), vai ter o poder de fazê-la decidir.

O segundo conto, intitulado de Sonho de um Cavaleiro de Verão, de Kinley MacGregor, somos apresentados a Simon de Ravenswood, um cavaleiro medieval que, da mesma forma que luta ferozmente para defender ao seu amigo e suserano, é apaixonado por uma jovem que não pode ter, por pertencerem a classes sociais diferentes.

Assim, ele se corresponde com lady Kenna omitindo sua verdadeira identidade, enquanto cultiva essa paixão impossível, até o momento em que tudo é revelado.

Mas quando lady Kenna descobre quem está por trás das cartas apaixonadas, ela não hesita em conhecer mais sobre o guerreiro que a fez se apaixonar através de suas palavras, mesmo sabendo que qualquer coisa entre os dois será impossível.

Mas quando o amor é tão forte quanto o que nasce entre os dois, algumas barreiras podem ser quebradas...

No terceiro conto, Um Conto de duas Irmãs, de Julia Quinn, temos a história de Ned Blydon, personagem que já conhecemos na Série Damas Rebeldes, e eles está de casamento marcado, mas ele enxerga esse compromisso como uma mera formalidade exigida por seu título, afinal, ele é o Visconde de Burwick e precisa se casar para perpetuar o título. Mesmo que mal conheça a noiva.

Dias antes do seu casamento ele conhece Charlotte Thornton, a irmã da sua noiva, uma jovem muito espirituosa por quem ele sente imediatamente uma ligação. Em poucos dias de convivência, ele percebe com quem realmente deseja se casar: com a mulher que parece completá-lo em todos os quesitos, mas que, infelizmente, não é possível ter.



Como se pode ver, ao contrário das coletâneas anteriores, os contos não têm relação entre si. Basicamente se focam em personagens que surgiram em séries anteriores das autoras, como é o caso de Damas Rebeldes, da Julia Quinn, então, para quem sentiu falta de um desfecho para o Ned, esse livro sacia essa curiosidade.

Assim como o conto da Lisa Kleypas. Quem não gostaria de conhecer mais sobre o médico preferido dos detetives, Jake Linley? Já o de Kinley MacGregor, apesar de ser muito bem escrito, deixa uma pequena frustração na mente do leitor (claro, falo por mim), porque como a série da qual os personagens foram derivados não foi publicada aqui, há aquela curiosidade para conhecer mais os personagens que aparecem, como se dissessem “Oi, lembra da minha história?”, sem falar ainda que fica no ar o destino de um dos personagens, que obviamente só é conhecido em seu próprio livro. 

Os contos têm em comum a narrativa fluída e muito gostosa de ler, e que apesar de serem histórias curtas, o enredo é muito bem desenvolvido, com todos os pontos muito bem amarrados nas histórias, o que é muito positivo, pois não dá a sensação de que o romance entre os personagens acontece de forma rápida e artificial.

Como disse anteriormente, é um romance com contos leves, divertidos e românticos, que se torna uma leitura ideal para passar o tempo e relaxar.

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei