04 fevereiro 2022

[Resenha] Finalmente Minha - Benevolence 02 - Lucy Score

Aldo Moretta sempre foi o herói. O mais forte, o mais rápido, o mais corajoso. Lutou pelo país e construiu um negócio próspero em sua cidade natal. Com amigos e família a não mais do que alguns quarteirões de distância, havia apenas uma coisa que estava faltando: a garota certa.

Gloria Parker abandonou um relacionamento que quase lhe custou a vida, mas a vergonha a acompanha como uma sombra. Ela desperdiçara dez longos anos com a pessoa errada. Quando o homem certo volta para casa ferido e com cicatrizes, ela vê nele uma alma gêmea. E enquanto Gloria reconstrói sua vida, ela se pergunta se ainda é capaz de amar…

Eles encontrarão uma maneira de se curar juntos ou as feridas os impedirão de conquistar a felicidade que ambos desejam?

Nota: Finalmente minha é o romance que se passa ao mesmo tempo que a história de Harper e Luke em Finja que é minha. Ele pode ser lido separadamente como um livro único.


Livro:  Finalmente Minha||Série: Benevolence - Livro 02
Autora: Lucy Score
Ano: 2022||  Editora: L3 book Publishing|| Gênero: Romance 
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Luci

Skoob || Compre || Editora

Finalmente minha é o segundo livro da série Benevolence, cuja história acontece paralelamente ao livro 1, Finja que é minha. Pode ser lido fora da ordem, pois são independentes. Mas, quem leu o 1, com certeza, vai ter um envolvimento maior com o 2, pois os personagens são praticamente os mesmos.

Gloria é uma sobrevivente, uma mulher que viveu em um relacionamento abusivo por dez anos. Quase perdera a vida nas mãos de seu primeiro e único namorado. Viveu isolada da família e dos amigos, não foi para a faculdade, não era autorizada nem a sair de casa quando quisesse. Tudo o que a Gloria havia sido um dia foi apagado, e ela se tornou apenas uma sombra de si mesma. 

Até aquele momento. Quando ela teve coragem de ir embora, de enfrentar o marido dizendo que estava tudo acabado. E é aí que ela quase morre, atacada por esse homem violento que certamente iria matá-la. Mas ela sobrevive, e sua vida ganha um novo começo. Gloria iria finalmente começar a viver, com 27 anos.

Aldo é aquele cara charmoso, bem sucedido. Todo mundo na cidade conhece Aldo Moretta, todas as mulheres tem uma quedinha por ele. Mas, o que ninguém sabe é que Aldo está pronto para sossegar, encontrar a mulher certa, formar uma família e viver o seu felizes para sempre. Outra coisa que ninguém sabe é que ele sempre foi apaixonado por Gloria, desde a época da escola. Naquela época, ele não pôde fazer sua jogada,  e sua saída para seguir em frente foi se alistar ao exército e ficar um tempo longe. 

Mas, agora, dez anos depois, as coisas estão diferentes e Aldo tem uma nova chance.

Muitas reviravoltas ainda estão por vir e não é apenas Gloria que terá que lutar para viver esse futuro ao lado de Aldo. Ele também enfrentará desafios que nunca imaginou e sua vida mudará completamente. 
Só lendo para saber esse desfecho!



Esse livro é tão sensível e ao mesmo tempo, tem uma forma bem real de tratar esses assuntos tão difíceis: abuso e deficiência física, além de estresse pós-traumático.

A maneira como a trajetória da Gloria é contada, os capítulos em forma de carta com o desabafo sobre o passado, com certeza farão muitas pessoas se identificarem. E ver sua evolução, a mudança de seus pensamentos, da forma de agir, o modo como vai ganhando confiança em si mesma e a esperança pelo futuro, é fantástico.

Ela faz novos amigos, arruma um emprego (seu primeiro emprego), conquista seu próprio lugar, ao mesmo tempo em que luta contra os sentimentos que viverão dentro dela para sempre. É um ciclo de constante aprendizado. Eu amei muito a amizade que ela constrói com a Harper. Os laços importantes desse livro não são apenas do romance, a família e os amigos exercem um papel magnífico nessa história.

Aldo é um caso diferente de Gloria. Ele sempre teve a vida perfeita, o corpo perfeito, sempre foi o melhor soldado, o melhor amante. E, depois do acidente e de suas novas limitações, precisa aprender novamente a viver, nesse novo corpo, com novos objetivos. Mas, no que diz respeito à Gloria, nada mudou. Ele só precisa reaprender a amá-la neste novo Aldo. E, até tudo se concretizar, eles percorrem um caminho cheio de descobertas e mudanças.

Vemos dois personagens que lidam com o trauma de maneiras diferentes, que têm atitudes bem distintas, mas que, no final, se rendem ao que mais importa, que é o amor. E assim nasce um lindo romance, um livro tocante e envolvente, com personagens fantásticos e bem marcantes, que te deixarão com aquele gostinho de quero mais.

A escrita é leve e logo te prende, da mesma forma que o primeiro livro. Eu diria que nesse, a narrativa é mais leve, mais divertida. Tem cenas que já lemos em Finja que é minha, mas contadas de outro ponto de vista. Mas isso, não me incomodou pois eu já tinha lido o primeiro há algum tempo, mas como os pontos de vista são diferentes, eu achei até divertido. A escrita de Lucy Score é ao mesmo tempo sensível e descontraída, o que torna o livro leve e a leitura flui muito bem. 

Esse é mais um livro fantástico dessa série que já nos conquistou por aqui. Aldo e Gloria nos passam uma mensagem de superação e muito amor e todos os outros personagens deixam aquela vontade de querer ler mais e mais histórias de Benevolence.

Compartilhe!

Um comentário :

  1. Li os dois e vou confessar que adoraria ter um Aldo Moretta na minha vida. Gostei muito da escrita da Lucy Score e torcendo para que o livro 3 chegue logo por aqui. Bjs

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei