04 janeiro 2022

[Resenha] Grande Sertão: Veredas (Edição Em Quadrinhos) João Guimarães Rosa


Publicado em 1956, e traduzido para diversas línguas, Grande sertão: veredas é o único romance escrito por João Guimarães Rosa e um dos mais importantes textos da literatura brasileira. Nesta versão em quadrinhos, vencedora do prêmio HQ Mix, o roteiro de Eloar Guazzelli refaz os caminhos da obra clássica e guia os traços poderosos de Rodrigo Rosa, que dá vida a um romance gráfico arrebatador e mescla faroeste e narrativa de aventura no coração do Brasil profundo. Ao atribuir ao sertão mineiro sua dimensão universal, Grande sertão é um mergulho na alma humana, capaz de retratar o amor e a violência através de personagens que se tornaram marcos da nossa cultura, como Riobaldo e Diadorim.


  Livro: Grande Sertão: Veredas ||Autor:  João Guimarães Rosa
Ilustrador : Rodrigo Rosa || Adaptado: Eloar Guazzelli 
Ano: 2021||  Editora: Companhia|| Gênero: HQ
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Lud

Skoob || Compre || Editora
Então a CIA lança essa coisa linda e você pensa: vamos dar uma chance, né? Porque ler Guimarãoes Rosa não é pra qualquer um. 

Eu pensei que ler o HQ seria mais fácil que o livro em si, mas não se engane, é difícil do mesmo jeito, mas, por incrível que pareça, quanto mais você vai avançando, mais parece entender a escrita e a leitura flui. O que foi uma grande surpresa para mim, que abria o Hq várias vezes, lia duas páginas e fechava, até sentar e realmente começar a encarar a leitura. 


Apesar da escrita não ser algo que estamos acostumados, e causar estranheza ao primeiro contato, você consegue ir associando e entendendo o contexto e o que diz a escrita. (Claro que sempre tem o dicionários e as amigas que moram no nordeste para dar uma mão). Mas para falar a verdade, a ilustração completa o enredo de uma forma incrível. Quando o Hq chegou em casa, eu folheie e já achei de tirar o fôlego, mas conforme você lê e associa cada imagem, a forma como as cores mudam para dar ênfase ao texto, como o jogo de sombra tornar partes mais sombrias... olha, é lindo viu!.

Eu já li algumas HQs, claro que não sou nenhuma perita, eu nem sei diferenciar estilos e tal, mas esse livro me deu um tapa na cara, e eu fiquei encantada. 

Sobre a história, acho que não tem muito o que falar, foi publicado em 1956, e até hoje é considerado um dos mais importantes textos da literatura brasileira. Não digo que todo mundo deveria ler, porque não é um livro que seria apreciado por todos, pela escrita regional, e eu me encaixo aí viu. Mas se você pensar além disso, vai ver esse enredo incrível do Guimarães Rosa em uma época que as pessoas nem sonhavam em falar sobre os diversos assuntos que temos aqui.

Se você tiver a oportunidade de folhear esse HQ em uma livraria, por favor faça. É mágico.



 

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei