31 janeiro 2022

Coleção Romances de Hoje



Você conhece a coleção romances de hoje publicado pela editora Arqueiro?

Hoje eu vou falar um pouquinho dessa coleção que começou a ser publicada em 2019.

Apesar das pessoas terem um pouco de preconceito com o termo chick-lit, eu ainda insisto em encaixar essa coleção nesse gênero, e avisar que são livros que o romance não é o foco do enredo. Quando foi lançado o primeiro livro, a Nana deu uma entrevista para o estadão: “Eles são menos focados no romance enquanto ‘história de amor de um casal’, e mais nas lutas cotidianas das mulheres ‘normais’”, explica Nana Vaz de Castro, diretora de aquisições da Sextante. “Elas não passam por situações épicas, mas estão lá na batalha, tentando dar conta de mil demandas e ainda conseguir encontrar um final feliz - não só junto de um cara maravilhoso, mas principalmente em paz consigo mesmas, felizes com a própria companhia”, completa."

Se você pensar que um chick-lit é : "um gênero de ficção dentro da ficção feminina que aborda as questões das mulheres modernas. Chick-Lits são romances leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna, independente, culta e audaciosa. Ele geralmente lida com as questões das mulheres modernas, com humor leve. Apesar de algumas vezes incluir elementos românticos, a literatura feminina (incluindo chick lit) geralmente não é considerada uma subcategoria direta do gênero romance, porque no Chick lit a relação da heroína com sua família ou amigos pode ser tão importante quanto a seus relacionamentos românticos."

Depois desses dois trechos, eu acho que minha impressão está correta. E passado essa explicação sobre o que é, vou falar um pouco da minha experiência com os livros.


É muito significativo quando se consegue acompanhar um projeto desde o começo, observar o quanto ele cresce a cada dia. E é esse sentimento que tenho com essa coleção. (você pode ter uma sensação parecida com a coleção dos intrínsecos.)

Eu, geralmente, leio para fugir da realidade, para relaxar a mente do cotidiano, a leitura te faz pensar menos nos seus problemas e mais no mundo que está lendo. 

E a minha surpresa foi o quanto eu gostei da coleção, porque ela propõe o contrario da minha finalidade de leitura. Ela traz personagens muitos reais, que poderiam ser seu vizinho, sua prima, seu irmão, mas o que mais me surpreendeu de forma positiva, é como esses personagens, por terem minha faixa etária, expressaram muito dos meus pensamentos, dúvidas, sonhos e preocupações. 

E justamente por isso, eu amei. Eu amei ver que as pessoas tem os mesmos anseios, aflições... amei me encontrar em outras pessoas. E mais que isso, é aquela sensação de não estar sozinho, de preenchimento. E por mais amigos, e familiares que se tenha, às vezes, é difícil falar sobre alguns assuntos e quando você lê outra pessoa passando por isso, te dá um quentinho no coração. 

Parece besta, e não é como se eu estivesse em crise existencial, ou qualquer outra coisa. Mas é tão gostosos, quando se está lendo um livro despretensiosamente e a autora te surpreende de uma forma tão intima. E foi isso que eu senti lendo alguns livros da coleção. 

O último livro que li, foi o 100 pedaços de mim, da Lucy Dillon (justamente o que está faltando na foto), e essa história me pegou por vários motivos e foi uma das razões para eu querer falar um pouco mais da coleção. 

A coleção conta com 12 livros até esse momento em que escrevo o post, e as histórias vão se divergindo com a escrita de cada autora. Uma tem os livros um pouco mais leves e com toques de humor, outra tem uma pegada mais dramática e intensa... e é assim que você vai também construindo o perfil de cada uma dessas autoras, ao ponto de  saber o que esperar a cada leitura.

E esse ano, de 2022 a arqueiro está adicionando mais uma autora na sua coleção, Julie Caplin, e estou ansiosa para ler. 

Espero ter despertado um tiquinho de curiosidade em vocês sobre essa coleção. Porque ela vale muito a pena ser lida. <3

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei