31 agosto 2021

[Resenha] Os Últimos Jovens da Terra e A lâmina da meia-noite - 4 contra o Apocalipse # 5 - Max Brallier



Terrivelmente divertido! Uma série cheia emoções e risadas ainda maiores.” Jeff Kinney, autor do best-seller Diário de um banana O quinto livro da série! Sobreviver ao Apocalipse dos Monstros não foi uma tarefa fácil... Quando Jack descobre que sua lança tem poderes sobrenaturais, ele inicia um treinamento épico para descobrir todo o seu potencial. Mas entre lutar contra zumbis, fugir de seres apavorantes e jogar uma ou duas sessões de videogame, mal sobra tempo para descobrir o que há de errado com seu amigo, Dirk, que está agindo de forma esquisita quando está perto dos mortos-vivos. O mundo se tornou um lugar muito perigoso, e Jack terá de lidar com vilões e mistérios cada vez mais assustadores.




Livro: A lâmina da meia-noite|| Série: 4 contra o Apocalipse #05  Autor:  Max Brallier 
Ilustrador: Douglas Holgate ||Editora: Faro Editorial || Selo: Milk+Shakespeare
Classificação: 4 estrelas || Resenhista: Lud
Ano: 2021 || Gênero:  infanto-juvenil, Ilustrado, Aventura, Ação
Skoob || Compre || Editora
Resenha Livro 01 || 02 || 03 || 04
Bora para mais um livrinho dos nossos adolescentes favoritos. 

Como em todos os livros da série, começamos exatamente onde acabou o anterior. Nosso quarteto conseguiu salvar Dirk, mas não impedir a vinda do Ghazt. Mas tudo bem, amanhã é um novo dia, e nossos adolescentes não aceitam uma derrota, assim eles vão atrás de Evie e Ghazt, para descobrir seus próximos passos e assim salvar a terra, mais uma vez, de ser destruída. 

Eu não canso de dizer como esses livros são maravilhosos. Acompanhar esses quatro por todas essas aventuras, e ver como eles crescem a cada livro, a cada aprendizado, é como se fizéssemos parte da história também. 

Sendo o quinto livro da série, nossos personagens não são exatamente o que eram quando começamos essa aventura, mas claro que algumas características ainda se mantém. E vemos exatamente isso nesse livro, a narrativa é um pouco mais parada no começo, temos muitos pensamentos e reflexões, principalmente do Jack. A ação está presente como em todos os livros, e ela nos prende a cada página virada. 



Além de tudo isso, temos uma reviravolta na história, que me fez ficar: Oh Meu Deus! E eu não vejo a hora de ter o próximo volume para saber o que o Max Brailler preparou para nós, porque ele elevou o nível nesse final, viu. Muitas expectativas foram criadas. 

Sobre nossos personagens, eu amei como o Max não perde a essência deles, apesar de crescerem e terem muito nas costas, eles conservam o melhor de cada um.  O Jack tem esse humor fora de hora, que eu simplesmente adoro. O Dirk nesse livro foi um plus, apesar das poucas palavras, ele completa o trio com perfeição. 

Caso vocês não saibam, tem na Netflix o primeiro livro em formato de filme, e é maravilhoso. Assistam. 

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei