11 dezembro 2020

[Review] From Blood and Ash - Blood and Ash # 1 - Jennifer L. Armentrout

 Captivating and action-packed, From Blood and Ash is a sexy, addictive, and unexpected fantasy perfect for fans of Sarah J. Maas and Laura Thalassa.
A Maiden…
Chosen from birth to usher in a new era, Poppy’s life has never been her own. The life of the Maiden is solitary. Never to be touched. Never to be looked upon. Never to be spoken to. Never to experience pleasure. Waiting for the day of her Ascension, she would rather be with the guards, fighting back the evil that took her family, than preparing to be found worthy by the gods. But the choice has never been hers.
A Duty…
The entire kingdom’s future rests on Poppy’s shoulders, something she’s not even quite sure she wants for herself. Because a Maiden has a heart. And a soul. And longing. And when Hawke, a golden-eyed guard honor bound to ensure her Ascension, enters her life, destiny and duty become tangled with desire and need. He incites her anger, makes her question everything she believes in, and tempts her with the forbidden.
A Kingdom…
Forsaken by the gods and feared by mortals, a fallen kingdom is rising once more, determined to take back what they believe is theirs through violence and vengeance. And as the shadow of those cursed draws closer, the line between what is forbidden and what is right becomes blurred. Poppy is not only on the verge of losing her heart and being found unworthy by the gods, but also her life when every blood-soaked thread that holds her world together begins to unravel.

Livro:  From Blood and Ash ||Série: From Blood and Ash 01 ||Autor: Jennifer L. Armentrout
Ano: 2020 ||  Editora: Blue Box Press|| Gênero: Fantasia
Classificação:  5 estrelas || Resenhista: Lud e Dai

Essa é mais uma resenha conjunta com a Dai e a opinião foi unânime e os surtos muito, muito reais.
Esse é o primeiro livro de uma série com três livros principais e um 4º livro que ainda não sabemos se será um spin off ou um conto. Mas, o que queremos mesmo é que a Jennifer decida escrever muitos outros livros dessa série. 

Jennifer já é conhecida aqui no Brasil, ela tem a Série Lux publicada pela editora Valentina, que eu amo! E também: Se não houver amanhã - UDL ; O Problema do Para Sempre - Galera Record ; Não Olhe Para Trás - Farol ; Wait For You - Novo conceito. E são livros para todos os gostos, fantasia, romance, drama.

Em From Blood and Ash acompanharemos a trajetória de Poppy, conhecida como a Donzela; sempre escondida sob um véu, ela está destinada a Ascender, que significa que ela receberá a benção dos deuses em seu aniversário de dezenove anos. 

Por causa do seu dever como a Donzela, Poppy não tem direito a uma vida normal, sempre solitária, ela nunca pode comemorar seus aniversários, não tem permissão para conversar com as outras pessoas, e quase todo livro é considerado ímpio para ela. Mas, isso não impede que ela arrume um jeitinho para sentir o menor gosto da vida que seja. 

E é em um desses momentos em que ela está fazendo exatamente o que não esperam que ela faça, que seu caminho se cruza com o de Hawke e uma atração furiosa explode entre os dois.

Logo depois desse episódio, Hawke acaba se tornando seu guarda pessoal, e sob a ameaça de um reino caído que está determinado a recuperar tudo o que lhe foi tirado, Poppy se ver tentada por tudo o que para ela é proibido, além de questionar-se sobre as escolhas que, na verdade, ela nunca teve a chance de fazer.  



Já conhecíamos a escrita da Jennifer em Lux, da saga Covenant e de alguns de seus NA,  mas podemos ver nesse livro a evolução da autora. From Blood and Ash é outro nível de escrita e devo dizer que é disparado o meu favorito de 2020. 

E como eu já tinha lido Lux, eu tinha uma expectativa quando a interação dos personagem, já que é um ponto muito forte da Jennifer criar diálogos espirituosos, engraçados, com aquela velha provocação entre protagonistas que adoramos tanto. E posso garantir que isso está bem apresentado aqui, aliás foi o que mais amei. 

A  Poppy é aquelas personagens que dá gosto de ler, ela é forte e determinada, e luta pelo que ela acredita e quer. E em nenhum momento, eu senti aquele mimimi de mocinhas que estão presas em uma situação que não gostariam. Aliás, ela não é uma mocinha, ela é uma guerreira. 

O Hawke, não posso nem começar a falar dele, porque ele é tudo que eu amo em um personagem: protetor, destemido e incrivelmente sexy. Ele também tem aquela mistura de bom e mau, andando em uma linha tênue durante todo o livro, e eu simplesmente amei.  

O livro está repleto de adrenalina, violência e cenas para lá de quentes (prepare-se porque a temperatura realmente irá subir por aqui).  O romance é realmente o ponto alto do livro, mas a autora soube explorar bem as inseguranças e todo o ressentimento da Poppy quanto ao seu objetivo no reino. Toda a luta interna dela consegue mexer com você de forma que você também se ressente por tudo o que foi negado a ela durante sua vida toda.

A fantasia do livro é construída lentamente, e é lá para o final que as coisas começaram a ficar claras para nós, além de abrir o incrível leque de personagens fantásticos que ainda podem ser adicionados. A Jennifer não ficou apenas em um tipo de inspiração, ela puxou várias bases de mitologia, e construiu a sua própria, e não vejo a hora de conhecer mais.   

Foi uma leitura super viciante e surpreendente, mesmo sabendo o que estava por vir, meu queixo caiu e definitivamente, meu coração não estava preparado para aqueles últimos capítulos. 
E, já decidimos que iremos finalizar o ano com chave de ouro lendo a continuação Kingdom of Flesh and Fire, segundo livro da série.

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei