30 outubro 2020

[Resenha] To Hate Adam Connor - Ella Maise



Você pode se perguntar: quem é Adam Connor? Ele é o ator premiado da Academia e recentemente divorciado que acabou de se mudar para a casa vizinha com o filho. Também é um homem extraordinário e o desgraçado mais espertinho e enfurecedor com quem já me deparei.Vamos ser sinceras aqui, você não iria xeretar por cima do muro para vê-lo, com esperança de que estivesse nu? Não se derreteria depois de observá-lo se exercitando enquanto seu filho de cinco anos o aplaudia? Preciso mencionar aquele abdome, a protuberância enorme em sua calça ou aquele braço erótico? Ah, espere, você nunca o espiaria? Seeeiii…

Enquanto eu estava pensando em não invadir e só considerando lhe oferecer um ombro — ou talvez um peito ou dois — no qual chorar (sabe, por causa do divórcio), ele me colocou na cadeia depois de um pequeno incidente. Cadeia, galera! Era para ele me garantir infinitos orgasmos como agradecimento, não uma cela na prisão.
Após esse dia, eu estava planejando mentalmente formas de estrangulá-lo em vez de pular em seu colo e fazer amor gostoso. E daí que meu corpo fazia mais do que estremecer quando ele sussurrava coisas safadinhas no meu ouvido? Não posso ser responsável por isso. E quando foi a última vez que ele tinha beijado alguém, de qualquer forma? Quem iria gostar de um beijo que poderia causar infarto?

Mesmo que ele e seu filho fossem as melhores coisas desde a invenção do pão de forma — e não estou dizendo que ele era —, eu não podia me apaixonar por ele. Não importava quais promessas ele sussurrasse em minha pele, minha maldição não nos deixaria em paz. Eu não era uma donzela em perigo — podia salvar a mim mesma, muito obrigada —, porém, lá no fundo, ainda torcia para Adam Connor ser o herói da minha história.


Livro:  To Hate Adam Connor  || Série: Love & Hate #2|| Autor:  Ella Maise
Tradutor: Alline Salles||Editora: Editora Charme
Ano: 2020 || Assunto: Romance Contemporâneo
 Classificação:  5 estrelas || Resenhista: Lud

Skoob || Compre || Editora

 Esse é o segundo e último - rs - livro da duologia Love & Hate, e contará com a Lucy como protagonista.

Lucy agora mora na casa da Ella e do Jason até que ela consega um emprego e arrumar o seu próprio lugar, e nesse meio tempo ela ajuda a Ella com a carreira, pesquisando editoras, analisando propostas para os próximos livros. É uma rotina confortável entre as amigas até que o novo vizinho se mude. E ele é nada mais, nada menos que Adam Connor.

Adam Connor é um famoso ator, que vem de uma família onde os pais também são atores, muito conhecidos e com muitas conexões. Mas Connor acaba de se mudar porque se separou da esposa também atriz, e agora divide a custodia com o filho com ela. Como sempre viveu nesse mundo caótico, ele espera encontrar um pouco de paz nessa nova casa, principalmente para o seu filho. 

Porém, de repente, uma moça está dentro da sua casa, toda molhada com o seu filho nos braços; imediatamente é chamada a policia e a moça é presa, mas o que ele não sabia era que ela acabara de salvar seu filho de um afogamento, já que a babá não estava por perto, e ela acabou espiando pelo muro da casa ao lado por pura curiosidade.  Não que isso fosse aceitável, mas a mulher com uma sua grande atitude salvara a vida do seu filho, então Connor com a ajuda do Jason, consegue que ela seja solta e tudo é resolvido. A única coisa não resolvida é o ódio mutuo que acabou de nascendo entre os dois.


Eu sabia que iria amar esse livro, porque a Lucy já tinha me conquistado lá no primeiro livro com sua personalidade alegre e respostas sarcásticas. Mas o Adam foi a cereja do bolo aqui, eu não esperava essa personalidade dele, e que no fim, casou tão bem com a da Lucy. 

Ella Maise me surpreendeu mais uma vez com essa escrita cativante, não tem como pegar o livro e não ler, ler e ler até acabar, e quando isso acontece, você está com aquele quentinho no coração. Apesar do clichê de personagens que se odeiam e depois passam a se amar, não tem como não afirmar, sem duvidas, que a construção da história e a personalidade de cada personagem elevam a qualidade do livro.

A Lucy é uma personagem muito complexa, que apesar da irreverência, do sarcasmo,  tem alguns complexos familiares e problemas com a questão do felizes para sempre. E isso foi o que eu mais gostei de ver, essa vulnerabilidade que ela esconde atrás da personalidade de espertinha.

Adam me surpreendeu muito, a personalidade dele se encaixa muito na da Lucy, como se fosse o equilíbrio perfeito.  Eu adorei as formas como ele desarmava a Lucy e não aceitava nenhuma das besteiras que ela inventava. E apesar de ter tido um casamento anterior, ele não tem grandes traumas quanto a isso.

E claro, os dois juntos como um casal é maravilhoso, os diálogos são divertido, sarcásticos e sexys. Você consegue sentir tudo, você sente a raiva entre eles, e depois a conexão, e o amor que eles constroem durante a história.   

O filho do Adam completa e muito a história e traz um quê a mais de fofura, fora a sensação agridoce de ler o casal do livro um, que aparece diversas vezes na história. 

Esse livro tem tudo o que eu espero de uma comédia romântica, mas que com a escrita da Ella, se tornou um dos meus livros favoritos. 

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei