08 setembro 2020

[Resenha] Um Amor de Vigarista - Querida Conselheira Amorosa 03 - Laura Lee Guhrke

 

Os últimos anos não foram fáceis para a srta. Amanda Leighton. Sozinha depois de perder o pai, envolveu-se em um escândalo que lhe custou o cargo de professora e depois ainda precisou fugir da casa em que trabalhava comogovernanta por causa dos avanços impróprios do ex-patrão.
Desesperada por um emprego, ela sabe que tem todas as qualificações para o posto de tutora, e não vai deixar que seu gênero a impeça de consegui-lo. Se lorde Kenyon insiste em contratar um homem, Amanda tem apenas uma opção. James St. Clair, o conde de Kenyon, sabe que seus filhos rebeldes precisam de um tutor impetuoso, alguém disposto a colocá-los na linha, e não de uma nova mãe.
Quando um jovem chamado sr. Seton se candidata à vaga, Jamie acredita que encontrou a resposta para seus problemas. Mas o viúvo está prestes a descobrir que, por baixo dos ternos largos e mal ajustados, esconde-se uma moça que pode lhe ensinar muito mais do que o esperado…


Livro: Um Amor de Vigarista || Série: Querida conselheira amorosa... # 3
autor:  Laura Lee Guhrke || Editora: Harlequin  
Classificação: 3 estrelas || Resenhista: Lud
Ano: 2020 || ênero:  Romance de Época
Skoob || Compre || Editora
Resenha livro 01 e 02

Esse é o terceiro livro da série Querida Conselheira Amarosa, que possui um total de quatro livro publicados até o momento. 

Nesse livros vamos conhecer a história de Jamie, um viúvo com dois filhos gêmeos, que são considerados o terror de qualquer babá; nenhuma fica no cargo por mais de alguns meses. E com todos os criados pedindo demissão por conta das traquinagens dos garotos, o conde de Kenyon se vê sem saída a não ser mandar os meninos para um colégio interno, ou achar um abençoado tutor que consiga domar essas terríveis crianças. 

A Srta Amanda Leighton não é, de fato, uma garota comum, criada apenas pelo pai, um professor universitário, sempre foi encorajada a estudar, e não seguir muito os costumes que a sociedade impunha as mulheres. Tudo ia muito bem, ela tinha um emprego em uma prestigiada escola feminina, até que cai na conversa de um homem, e tem seu nome manchado. Agora sem emprego, e ninguém a quem se apoiar, ela se vê obrigada a se disfarçar de homem afim de consegui um emprego de tutor, que é obrigatoriamente ocupada apenas por homens. E assim, a srta Amanda se torna sr. Seton. Mas será que seu disfarce irá conseguir enganar a todos, principalmente a gêmeos encrenqueiros? Ou talvez, os gêmeos conseguiriam aquilo que pediram a Lady Trulove, uma nova mãe?

Ahh eu adoro essa série, desde que peguei o primeiro livro, eu sabia que séria uma das minhas favoritas. A escrita da Laura é maravilhosa, ela te cativa desde o começo, e quando você percebe, o livro está no final. 

Mas devo confessar que esse, para mim, foi o que eu menos gostei até agora, mas ainda tem mais um livro para fechar a série, e será do Jonathan. 

Eu não sei porque, mas não me vi tendo aquela conexão com os personagens, achei que teve pouco desenvolvimento de ambos, e não encontrei aquela química que tivemos nos anteriores. Não sei se, o casal precisava de mais algumas linhas de diálogos para realmente acreditarmos no amor que surgiu ali. 

O livro é bem mais focado do drama da mocinha, que cá entre nós, são vários, e a maioria são reflexos da sociedade em relação as mulheres, podemos ver claramente como a mulher sofria enquanto os homens saiam impunes de muitas situações. Mas é aí que eu acho que o livro pecou, a história se concentrou muito na Amanda, e depois na relação delas com os gêmeos, o que faltou espaço para construir uma relação com o Jamie. 

O Jamie também não foi muito bem desenvolvido, ficaram muitas coisas a desejar na construção do caráter dele, como negligenciar os filhos e presar muito mais a carreira do que qualquer outra coisa. Não tivemos durante o livro, a construção de uma família, na verdade.

As travessuras dos gêmeos são o ponto alto do livros, eles são bem inteligentes e provam isso com cada uma de suas traquinagens. E claro, que a Amanda os conquista apelando para a curiosidade e vontade de aprender de ambos. 

Eu não posso dizer odiei o livro, mas não foi o que eu esperava, e isso é devido aos anteriores terem sido ótimos para mim, mas, em toda série tem algum livro que se gosta menos, não é verdade? Então, eu espero que o próximo me conquiste, para fechar a série com chave de ouro.

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei