28 abril 2020

[RESENHA] O que Acontece em Londres - Bevelstoke #2 - Julia Quinn


Boatos e Fofocas ... A VIDA DE LONDRES!
Quando dizem a Olivia Bevelstoke que seu novo vizinho pode ter matado sua noiva, ela não acredita nem por um segundo, mas, ainda assim, como ela pode ajudar a espioná-lo, só para ter certeza? Então, ela ocupa um lugar perto da janela do quarto, escondida de maneira inteligente por cortinas, relógios e espera ... e descobre um homem muito intrigante, que definitivamente está tramando algo.
Sir Harry Valentine trabalha para o ramo chato do Departamento de Guerra, traduzindo documentos vitais para a segurança nacional. Ele não é um espião, mas já recebeu todo o treinamento e, quando uma loira linda começa a observá-lo pela janela, ele imediatamente suspeita. Mas justamente quando ele decide que ela não passa de uma debutante irritantemente intrometida, ele descobre que ela pode estar noiva de um príncipe estrangeiro, que pode estar conspirando contra a Inglaterra. E quando Harry é espionado por Olivia, ele descobre que pode estar se apaixonando por ela ...

   Livro:  O que Acontece em Londres||  Série: Bevelstoke #2 ||Autora: Julia Quinn
Ano: 2020||  Editora: Arqueiro|| Gênero:Romance de Época/Ficção
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Luci



Olivia Bevelstoke está passando por mais uma temporada em Londres, na saga infinita que toda moça de boa família passa para conquistar um bom casamento. No caso dela é fácil: considerada uma das mulheres mais bonitas da sociedade, ela tem apenas de escolher entre os inúmeros pretendentes interessados nela.

O problema é que Olivia não tem o interesse despertado por nenhum dos cavalheiros que lhe foram apresentados. Assim, está vivendo uma temporada nada animadora... Ou estava, até descobrir que seu mais novo vizinho pode ser um assassino frio, se comprovado os rumores que toda Londres (ou os fofoqueiros mais espalhafatosos) comenta.

Mas atiçada pela curiosidade, ela decide espionar mais a fundo seu misterioso vizinho, tendo como vantagem a janela do seu quarto, que dá uma visão clara do escritório dele. Assim, ela se dedica a analisá-lo atentamente... até ser constrangedoramente descoberta.

O homem a quem Olivia vigia é Harry Valentine, um ex-militar com um passado bem sofrido, que tomou suas decisões para repetir erros, e assim, moldou-se ao que é hoje. Após seu serviço em campo, dedica-se a trabalhar para a coroa através de um trabalho mais burocrático, até mesmo entediante. Por isso, ao perceber que é alvo dos olhares curiosos de sua vizinha, ele fica intrigado a ponto de querer saber mais sobre ela e o que a motiva a espioná-lo constantemente.

O embate entre os dois é recheado de provocações e ironias, um perfeito duelo de gênios fortes, o que os leva a uma conclusão comum: não suportam um ao outro e ficam determinados a manter a maior distância possível.

Mas o destino, muito caprichoso, decide levar Harry para mais perto de Olivia, através de uma missão cujo objetivo é espionar um dos pretendentes dela, nada mais, nada menos, do que um príncipe russo. E com a proximidade, não demora para que os sentimentos de raiva e antipatia se revertam completamente, deixando em seus lugares emoções muito mais profundas, do tipo que é capaz de transformar antigos inimigos em ardorosos amantes.



Ao finalizar o primeiro livro dessa série, fiquei muito ansiosa e com grandes expectativas para ler a história de Olivia, cujo protagonismo se mostrou bem presente já em História de um Grande Amor. E, caros leitores, como é boa a sensação de aguardar uma história e ter nível zero de decepção com ela.

Como já conhecemos Olivia do livro anterior, a autora nos apresenta primeiro a Harry, e sua história familiar serve como uma base perfeita para amarrar bem a história, o que mostra como a escrita de Julia Quinn é bem estruturada, pensada nos pormenores para que o leitor não tenha aquela sensação de vazio ante explicações rápidas e superficiais. A autora nos apresenta o personagem em detalhes, o que nos possibilita o construirmos em nossa mente e, ainda assim, ter gratas surpresas ao longo da leitura, sejam pelas atitudes ou personalidade do protagonista.

Mas a questão é que temos um mocinho sisudo e deliciosamente sarcástico, que tira de letra nossa mocinha, Olivia, cuja personalidade forte a faz também uma personagem cativante. Particularmente, aprecio muito os livros que apresentam uma mocinha de época determinada, com atitudes e carisma.
Claro que também ao longo do livro vemos mais da personalidade de Olivia, algo mais profundo do que mostrado anteriormente, como algumas peculiaridades que me fizeram soltar algumas risadas, como seu hábito de leitura (leitores entenderão), e a forma como se permite agir em seu relacionamento com Harry.

Quanto ao romance em si, que se desenrola entre os protagonistas, não esperem uma paixão imediata e fulminante, como já deixei claro; mas algo mais lento, gradual, onde vamos percebendo todas as mudanças e nuances de sentimentos, coroados por diálogos perspicazes e uma narrativa leve e dinâmica, que passa longe da monotonia de descrições arrastadas e entediantes.

Li esse romance em meio a essa quarentena que estamos passando, e em meio à tristeza de saber a gravidade desse momento, o livro foi um verdadeiro bálsamo para me distrair e arrancar alguns sorrisos, apagando um pouco das preocupações que rondam a todos nesse momento. Como já tinha largado outras leituras, ele foi uma leitura mais que bem-vinda. Então, nem preciso falar que o recomendo.

Que venha o próximo de Julia Quinn e, quem sabe, não o leremos em um clima mais leve?

Compartilhe!

2 comentários :

  1. Lucilene!
    A quarentena pelo menos tem proporcionado boas leituras.
    Sou super fã da autora.
    Essa série ainda não li, mas como falou sobre o enredo original e com a inserção de vários tópicos que acrescentam o romance, só isso já vale a pena.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Ain, preciso desses livros na estante, já vi cada capa linda que quero muito ler. Amei a trama, bem tipo cão e gato e que logo vai se transformar em amor. Espero ler logo!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei