22 março 2020

[Resenha] Destinos quebrados - Quebrados 03 - Sofia Silva


Há um tempo você disse que todos temos o direito de quebrar, mas se esqueceu de dizer que poucos nos ajudam a colar os cacos que ficam soltos dentro de nós.
Após um final de relacionamento amargo, sofrido, Rafaela e Leonardo seguiram as suas vidas. Ela no Brasil e ele em Portugal.
Embora renomados profissionais, ambos continuam presos a um passado que os atormenta. A questões que ficaram sem resposta.
Dez anos depois, são forçados a um reencontro doloroso sem imaginarem que esse momento trará consigo segredos que ficaram enterrados. E, talvez, alguns devessem permanecer por lá.
DESTINOS QUEBRADOS é um romance dramático sobre a construção e destruição do amor pelo orgulho e pelo preconceito. Sobre a nossa capacidade de resiliência e perdão.

Livro:  Destinos Quebrados ||  Série: Quebrados 03 || Autor: Sofia Silva 
Editora: Valentina|| Ano: 2019 ||  Gênero:  Romance Contemporâneo
 Classificação:  4 estrelas ||  Resenhista: Karina

Skoob  || Compre || Editora || Resenha livro 01 , 02
Participe do Top Comentarista de Março
Finalmente chegou a hora de conhecermos a história da Rafaela e do Leonardo, para quem leu os livros na ordem de publicação, a ansiedade em saber qual o motivo da separação deles era desesperadora. Para quem não leu nenhum, aqui temos resenhas dos dois primeiros livros da série, mas caso você queira ler fora de ordem, os casais são independentes, mas saiba que você vai pegar pequenos spoilers dos outros casais.

A vida é uma canção sem coreografia e para acertamos é preciso falharmos alguns passos. Podemos pisar ou ser pisados, contudo, se encontrarmos o parceiro ideal, não interessa o número de vezes que erramos, mas a quantidade de vezes que repetimos a dança.

Como já é conhecido pelos leitores da Sofia Silva, a primeira cena do livro nos mostra qual tipo de assunto será tratado no livro, em Destinos Quebrado o pano de fundo são doenças mentais e essas cenas são sempre de tirar o fôlego e arrancar lágrimas, a delicadeza e seriedade que a autora coloca nas páginas não deixa ninguém alheio ao tema.

Sabemos que Rafaela e Leonardo tiveram uma relação previamente e que estão há 10 anos separados por um término traumático, viver o luto de uma relação por longos anos deixa marcas, marcas essas que terão que ser confrontadas para benefício de terceiros; quando colocamos um trauma de lado para beneficiar quem amamos pode ser mais fácil encarar os desafios que se apresentam, mas não significa que revisitar o passado seja menos doloroso.

Enquanto Rafaela se vê obrigada a recorrer ao brilhantismo de Leonardo para ajudar a sobrinha, Leonardo vê nessa reaproximação uma chance de aparar algumas arestas que o passado deixou.

Em duas linhas dos tempos vamos acompanhar como eles se apaixonaram, como cada trauma prévio construiu julgamentos e suposições que levaram os dois a uma separação abrupta e como esse reencontro revelará acontecimentos e reabrirá feriadas.

Você disse que todos temos o direito de quebrar, mas se esqueceu de dizer que poucos nos ajudam a unir os cacos que ficam soltos dentro de nós. 

Como ninguém, Sofia Silva sabe fazer com que embarquemos na leitura, as cenas que se passam em Portugal é como se tivéssemos assistindo um filme de tão bem detalhado, esse livro só não é 5 estrelas na minha experiência de leitura porque poderia ter uma trilha sonora da relação dos dois, se todas as lembranças fossem permeadas por uma trilha sonora, eu já estaria com uma passagem comprada  para conhecer Portugal.

Mesmo sendo um livro curtinho, esse não é um amor que acontece do nada, as pouquíssimas cenas nos livros anteriores que dão uma ideia do que seria esse relacionamento são fundamentais para que aqui, já de cara, embarquemos e torçamos para a reconciliação deles.

Dentro do plot de relacionamento amoroso, ainda há espaço para um pequeno "sub plot", o que me chama atenção e ganha uma camada mais profunda é a responsabilidade com que ambos tratam suas carreiras, como é lidar com o ego quando o objetivo é ser o melhor que somos naquilo que fazemos! Como lidar com as prioridade da carreira versus decisões pessoais embora não seja o centro da trama, dá uma ótima pincelada em como as situações são bem mais complexa do que julgamos.

Por enquanto, esse é meu favorito dos lançados até agora, mas já estou preparando os lencinhos para o próximo que ao que tudo indica nos contará a história do Cauê e da irmãzinha dele, a Liefde.

Compartilhe!

5 comentários :

  1. Olá! Qualquer livro da Sofia é sinônimo de necessidade de lencinhos durante a leitura hein, esse parece ser, também, bastante emocionante, com personagens que precisam lidar com seus traumas e nesse caso, como recomeçarão essa história de amor, essa é a capa que eu menos gosto dessa série, espero que o conteúdo seja tão bom quanto os dos outros livros.

    ResponderExcluir
  2. KARINA!
    Não tive oportunidade de ler ainda o livro, embora já tenha lido muitas resenhas.
    Sou fã de romances e quando um livro traz um desfecho que denota esperança, fico sempre com vontade de poder ler.
    Por que tem um pé atrás com escritos que vem do watpad?
    CHEIRINHOS
    RUDY

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Doenças mentais sempre são temas bem pesados para mim, mas sempre fico interessada em ler histórias com essa temática.
    Que legal que a autora conseguiu deixar tão bem ambientado Portugal, assim podemos conhecer outro país sem sair de casa.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Só li o primeiro livro dessa série, amei, super emocionante, pretendo muito em breve ler o segundo e esse terceiro que pelo que vejo aqui nessa resenha é mega emocionante. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu não li direito a resenha por conta que estou em fase de leitura dessa serie e ainda não li o segundo, então meio que fugindo de spoiler. Mas sei que a historia vai emociona!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei