02 março 2020

[Resenha] De Repente Uma Noite de Paixão - Lisa Kleypas


Não há espaço para romance na vida da escritora Amanda Briars. Reconhecida no meio literário londrino, ela realiza as próprias fantasias através das personagens que cria em suas histórias de amor. Em nome da liberdade, está satisfeita em viver na solidão.
Amanda só não quer completar 30 anos sem nunca ter experimentado o prazer, e a solução mais discreta é contratar os serviços de um profissional. Quando o homem aparece à sua porta, a atração entre os dois é evidente, mas, para frustração dela, ele interrompe a noite de paixão no meio e vai embora.
Uma semana depois, ela o reencontra em um jantar e descobre que Jack Devlin é, na verdade, seu novo editor. Amanda fica mortificada.
Porém as lembranças daquela noite permanecem vivas na mente dos dois, e basta uma centelha para que o fogo entre eles se reacenda. Só que Jack, filho rejeitado do nobre mais notório de Londres, tem o coração endurecido e não acredita no amor, enquanto Amanda resiste ao desejo crescente em nome de sua independência.
Quando o destino entrelaça suas vidas, suas convicções mais profundas entram em choque. Agora os dois precisam decidir se, depois de conhecerem a verdadeira paixão, conseguirão voltar a se satisfazer com menos que isso.

   Livro:  De repente Uma Noite de Paixão||  Autor: Lisa Kleypas
Ano: 2020||  Editora: Arqueiro|| Gênero: Literatura Estrangeira/Romance de Época
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Luci





O que faz uma solteirona, do século XIX, quando chega aos 30 anos? Uma puritana, certamente, se conformaria com a decisão enquanto curtiria os sobrinhos.


Mas não Amanda Briars. Romancista de sucesso, com a carreira em ascensão, se recusa fortemente a virar oficialmente uma irremediável solteirona sem experimentar o gosto da paixão. Disposta a conhecer o sexo, mas sem as amarras de um matrimônio, pois preza a liberdade que conquistou, ela encontra a solução perfeita: contratar os serviços de um garoto de programa, através de uma renomada meretriz. Seria simples... se quem batesse à sua porta não fosse Jack Devlin.



A missão de Jack Devlin era ir até a casa de Amanda com uma proposta comercial. Mas não esperava, de forma alguma, que fosse dar de cara com uma mulher tão atraente, que o fizesse insistir a cumprir a missão de mostrar à bela dama o que ela poderia sentir em seus braços. Mas, como consequência da sua determinação, essa noite fica marcada em sua mente.

E na mente de Amanda. E nem dá tempo de ser apagada, pois ela tem uma enorme surpresa ao reencontrar Jack e descobrir muito mais sobre ele, que não é um simples garoto de programa, e sim, o editor mais bem-sucedido de Londres, que agora detém os direitos do seu primeiro romance, que nem chegou a ser publicado.

Desta forma, os dois terão de trabalhar juntos, mas desta vez sob um novo acordo: esquecer a noite que passaram juntos e manterem uma relação estritamente profissional. Mas essa missão se torna impossível, à medida que os dois vão se conhecendo mais profundamente e o desejo que ambos sentem um pelo outro só aumenta.



Ler os livros de Lisa Kleypas sempre é sinônimo de ser presenteado com uma boa história. E como não poderia deixar de ser, De Repente Uma Noite de Paixão nos contempla exatamente isso: um enredo muito bom, com personagens maravilhosos.

De um lado temos Amanda, uma mocinha muito determinada a continuar vivendo independente de relacionamentos amorosos ou um casamento. Ela conquistou sua independência financeira em uma época onde as mulheres tinham pouco espaço, então, a paixão que sente por Jack, fora dos laços do matrimônio, chega a ser uma consequência natural, pois ela se joga sem inibições aos sentimentos que sente por ele, mas de olhos bem abertos, sem a ilusão de um felizes para sempre. Mesmo que, no fim, ela esteja irremediavelmente apaixonada.

Quanto à Jack, ele representa a máxima dos mocinhos que amamos ler em livros de época: o cínico cafajeste que não quer ter compromisso com ninguém. Tendo um passado sofrido e sendo o filho bastardo de um duque, dedicou sua vida a proteger os que ama e trilhar um caminho de superação e riqueza. Claro que sua fria resolução de não se apaixonar é firmemente quebrada quando conhece Amanda e passa a querê-la de uma forma como nunca quis algo e alguém.

E, caros leitores, acreditem no que escrevo, esses dois juntos, tão independentes e tão firmes em não se comprometer, soltam faíscas. A química dos dois ultrapassa as páginas do livro, típico de uma narrativa criada por Lisa Kleypas, que sempre se supera em suas histórias. Para quem curte romances históricos com aquela “pegada” mais hot, com certeza vai gostar dessa história. Além disso, os diálogos são bem inteligentes e a história não se arrasta, o que envolve bastante o leitor.

De fato, um romance que vale pena ler e ter na estante.

Compartilhe!

6 comentários :

  1. lUCILENE!
    nOSSA! Parece mesmo que essa dupla vai pegar fogo.
    Já estou aqui com aquela vontade imensa de acompanhar a saga desses dois e ver quem vai se entregar primeiro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Olá! Estou doida pra ler esse livro, curto muito a escrita da Lisa Kleypas, amo muito um romance de época, essa resenha me deixou ainda curiosa me conferi essa história. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá! A Lisa é uma das minhas autoras favoritas, a série Os Ravenels é tão perfeita... enfim, claro que estou curiosíssima para ler esse livro (contando os segundos para ele chegar aqui na minha casa!), o enredo e os personagens parecem ser ótimo, o desenvolvimento da história, essa capa linda (suspiros).

    ResponderExcluir
  4. Que lindo romance! Realmente uma moça solteira no século XIX da o que falar. Gostei muito do que foi apresentado na resenha, principalmente por eu ter uma queda por romances de época, essa história é tudo que eu gostaria de ler no momemto.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Imagina passar uma situação dessas? DEUS ME LIVREEE!
    Acho que o pior seria se apenas um deles tivesse mantido o sentimento de desejo.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Já li tantos comentários em relação a esse livro que estou um pouco pé atrás pela leitura, fico muito na duvida. Alguns comentários positivos e outros negativos, mas sendo um romance tenha vontade de ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei