26 dezembro 2019

[Resenha] A Casa dos Novos Começos - Lucy Diamond

A CASA DOS NOVOS COMEÇOS FAZ PARTE DE UMA NOVA COLEÇÃO DE ROMANCES DA EDITORA ARQUEIRO, “ROMANCES DE HOJE”.

Um romance que mescla humor, temas sérios - como perda e luto - e as responsabilidades de mulheres contemporâneas.

Em uma casa elegante próxima à orla, três moradoras têm mais em comum do que imaginam...

Uma terrível descoberta leva Rosa a largar uma carreira de sucesso em Londres e, num impulso, recomeçar a vida como sous-chef em Brighton. O trabalho é árduo e estressante, mas a distrai. Bem, pelo menos até ela conhecer a adolescente emburrada que mora no apartamento ao lado, que a faz questionar suas escolhas.

Georgie se muda para o Sul com o namorado, Simon, atrás de uma incrível oportunidade... para a carreira dele. Mas ela está determinada a ser bem-sucedida como jornalista e faz de tudo para trabalhar para uma revista local. A princípio, a cidade parece recebê-la de braços abertos, mas não vai demorar muito até ela se meter em várias enrascadas.
Após uma grande tragédia, Charlotte passa as noites isolada em seu apartamento. Porém, Margot, uma senhorinha estilosa que mora no último andar, tem outros planos para ela. Querendo ou não, Charlotte vai precisar encarar o mundo real... e todas as suas possibilidades.
Quando as três se conhecem, a esperança renasce, a amizade floresce e um novo capítulo se inicia na vida dessas mulheres.


Livro: A Casa dos Novos Começos||  Autor: Lucy Diamond
Editora: Arqueiro|| Ano: 2019 ||  Gênero:  Romance Contemporâneo, Chicklit
 Classificação:  4.0 estrelas ||  Resenhista: Lud 

Lucy é a terceira autora que compõe a coleção de Romances de Hoje da editora Arqueiro, junto com a Jill Mansell e a Jenny Colgan.

Nesse livro vamos conhecer não apenas uma história, mas três.
Georgie acaba de se mudar com o namorado, e à primeira vista, nada é o que ela esperava. Não o apartamento que ele alugara, não o seu namorado perfeito, e não a vida que ela pensou que levaria. Mas Georgie é uma otimista, ela pode ter largado tudo para seguir o namorado, mas também pode ser sua chance de fazer algo que goste, como ser uma jornalista.

Rosa largou tudo o que tinha e decidiu por um novo começo. Claro que largar uma carreira bem-sucedida e seus amigos tem um custo, mas ser uma chef sempre foi o seu sonho, então, vamos focar nisso e esquecer o seu último relacionamento desastroso.

Charlotte vive uma meia vida, não há mais alegria em nada desde a sua perda, nem o trabalho, nem em sua nova casa e nem em passear na praia. Mas uma amizade inesperada começa a trazê-la de volta à vida, e ela consegue perceber que há ainda muito mais a se viver.

E todas essas mulheres têm em comum o lugar onde moram, um lugar que irá uni-las e ensiná-las que há mais para se viver, uma casa dos novos começos.



Essa era a única autora que eu não tinha lido da coleção romances de hoje, então decidi remediar isso ,já que eu adorei os livros das duas outras autoras. 

Ao contrário dos outros dois, que apesar do drama têm algumas cenas mais divertidas e a leitura consegue ser mais leve, nesse livro o drama é mais carregado e a leitura mais densa. Então eu demorei um pouco para emplacar a leitura. 

O fato de serem vários personagens protagonizando o livro não é novidade para mim, já que no livro da Jill também temos isso, então, acompanhar as três histórias não foi um problema. E devo dizer que cada protagonista aqui tem a sua história que, por sinal, são muito bem construídas, de forma que sabemos exatamente quem é quem, e o que os movem como pessoa. 

Ao longo da história, vamos acompanhar três histórias principais que acabam se mesclando com outras secundárias, conforme nossas protagonistas vão se relacionando com outras pessoas. E cada uma dessas histórias são tão verdadeiras e tão dolorosas de forma particular de cada uma. Confesso que eu adorei acompanhar isso, essa mescla acrescentou uma dinâmica à história.

Mas, não se engane e pense que é mais um drama romântico, porque não é. É mais do que isso, é sobre a vida e como ela de repente toma rumos inesperados, e nos vemos perdidos com tudo em volta nos sufocando, e tudo o que precisamos é apenas um novo começo.

Esse livro fala de perdas, sobre recomeçar, perder a vontade de viver, sobre relacionamento de todos os tipos, e, claro... sobre se reerguer, de achar pessoas que te fazem bem, de achar coisas que te fazem bem e parar de pensar no que os outros vão pensar.

Como eu disse, eu demorei para mergulhar na história porque o drama não era o que eu estava procurando no momento, mas no decorrer das páginas, a escrita da Lucy me conquistou e me senti imersa nesse mundo que ela criou, e mais ainda, me senti torcendo por essas mulheres que tanto precisavam de um novo começo. E no final da leitura, eu me senti satisfeita por tê-la realizado, e claro,  coloquei mais um livro da Lucy na minha lista de leituras favoritas. 

Compartilhe!

Um comentário :

  1. Lud!
    Gosto de livros de dramas, ainda mais quando vem com uma lição de recomeço e de força de vontade que é o que me pareceu nas três protagonista que mesmo com personalidades e formas diferentes de verem a vida, parece bem interessante.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei