14 outubro 2019

[Resenha] Nós - Sarina Bowen e Elle Kennedy



Ryan Wesley (Wes) e James (Jamie) Canning se conheceram num acampamento de hóquei quando crianças. A amizade entre os dois cresceu pouco a pouco até que um acontecimento inesperado os afastou. Quando eles se reencontram na faculdade, ambos já adultos, se apaixonam e iniciam uma nova relação, agora de amor.
Por motivos profissionais, Wes não quer que seu relacionamento se torne público, mas um de seus colegas de time se muda para o mesmo prédio onde ele está morando com Jamie, e a vida secreta que os dois construíram cuidadosamente corre o risco de ruir.
Com o mundo externo pronto para testá-los, Jamie e Wes precisam descobrir do que são capazes em nome do amor que têm um pelo outro.



Livro: Nós || Autor: Elle Kennedy e Sarina Bowen
Editora: Paralela || Ano: 2019 || Gênero:  Romance, LGBT , HH
 Classificação:  4 estrelas || Resenhista: Lala

Agora estamos oito meses após o final de Ele. Jamie e Wes vivem juntos e apesar do relacionamento deles ainda ser segredo, eles tem uma data marcada para anunciar que estão juntos: o fim da primeira temporada de Wes na NHL. A vida dos dois anda cada dia mais corrida, o que faz com eles não tenham tempo um para o outro, o que por si só já é um problema, mas além disso, eles não conversam e vamos notando que todo aquele desespero para ficar juntos que experimentamos no primeiro livro deu uma esfriada aqui. Triste, eu sei. Mas calma por que temos 240 páginas para esses dois se entenderem de vez.

O que temos em Nós é uma demonstração de que o final feliz demora um pouco para chegar, e que todo relacionamento precisa de determinação e paciência, além de amor, para fazer dar certo. Passamos o livro todo acompanhando Jamie e Wes cada vez mais apaixonados um pelo outro e tentando de tudo fazer dar certo. Eles logo aprendem que esconder o relacionamento deles não é nada fácil, e acima de tudo, é injusto que precisem fingir ser apenas amigos quando na verdade, são completamente apaixonados um pelo outro. Tudo complica mais ainda quando Blake - colega de time do Wes - se muda para o mesmo prédio, e parece estar sempre no apartamento deles, fica ainda mais difícil esconder, e a frustração só faz aumentar para ambos.

“O modo como me sinto por Ryan Wesley... é algo que eu pensava que só existia nos filmes. Ele é minha cara-metade.”

O problema dos dois é que eles tem medo. Medo de perder um ao outro. Medo de destruir o relacionamento deles que parece cada vez mais frágil. E isso faz com que eles não conversem e não dividam um com o outro, as frustrações e dificuldades de todo esse segredo. Isso foi o que me irritou um pouco nessa história, eu só tinha vontade de gritar ‘CONVERSEM LOGO’, mas vocês sabem como é, né?


Você leu Ele e não sabe se deveria ler Nós? Afinal, já tivemos um desfecho muito bom no livro um…mas preciso aconselhar que leia sim!! Esse livro fez com que eu me apaixonasse ainda mais por esse casal. Toda a luta que eles passam para ficarem juntos, todo o medo, as dúvidas, é tão real, tão fácil de se relacionar. Quem nunca sentiu medo de dizer como realmente se sente?

“Não sei como tive a sorte de encontrar alguém que me ama tanto quanto Wes. Quantas pessoas conseguem isso?”

Nesse ponto já estamos familiarizados com a escrita de Elle Kennedy e Sarina Bowen juntas, e elas continuam escrevendo super bem juntas. Não tem como não se envolver ainda mais no romance, e torcer cada vez mais pelo nosso casal!

Essa duologia foi um dos primeiros livros gay que li, e foi uma bela introdução ao gênero que hoje sou viciada. Quando você é leitora há tantos anos, e lê mais romance do que qualquer outra coisa, os livros começam a ser previsíveis, você começa a saber o desenrolar todo da história só de ler a sinopse, são raros os livros que te surpreendem, então uma mudança é necessária. Depois de me apaixonar por Jamie e Wes, eu comecei a ler cada vez mais romances gay que lá fora é um gênero que vem crescendo cada vez mais e adoraria ver ainda mais livros assim por aqui.

Compartilhe!

5 comentários :

  1. Laura!
    Acredito que para qualquer tipo de relacionamento dar certo, tem de haver muito diálogo, respeito e amor, é claro.
    E quando o relacionamento é homossexual, acredito que deve haver ainda mais, porque as dificuldades, infelizmente ainda nos dias de hoje, são ainda mais discriminados.
    Não li o primeiro livro ainda, mas achei os questionamentos bem viáveis e daria uma chance para leitura.
    cheirnhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Olá! ♡ Ainda não li essa duologia, mas estou bem curiosa para conhecer mais sobre a mesma, já li várias resenhas positivas sobre ela. E também quero muito conhecer a escrita da Elle Kennedy e Sarina Bowen, elas parecem fazer uma dupla e tanto!
    Verdade, é bem injusto que eles tenham de esperar para assumir seu relacionamento, todos têm o direito de amar e serem amados sem precisar esconder sua relação. Estou torcendo para que os protagonistas tenham uma boa conversa e resolvam o que tem interferido em seu relacionamento e possam ser muitooo felizes juntos e viverem essa paixão sem medos! ♡
    Muito obrigada pela indicação, adorei a resenha!
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  3. Não conheço a escrita da autora, mas fiquei interessada nesse livro, só li um romance homossexual até agora e gostei muito. Esse casal parece com os da vida real que muitas vexes é só ter uma boa conversa, mas não tem e ficam no chove e não molha, confesso que passaria uma certa raiva com esses dois por causa disso, mas tem que ter paciência em alguns momentos da leitura.

    ResponderExcluir
  4. Oiii ❤ É triste que os personagens tenham que guardar o segredo de que se amam, não é legal ter que esconder o que sente. É uma pena também que o relacionamento deles pareça ter esfriado.
    Achei legal as autoras criarem mais um livro sobre a história do casal, pois gostei que elas quiseram mostrar que o felizes para sempre não é tão simples de ser conquistado.
    Também fico irritada quando tudo o que os personagens precisam é de uma conversa sincera um com o outro, mas eles não conversam logo de uma vez.
    Realmente, acho que é sempre bom apostar em livros que não temos o costume de ler.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  5. Nunca li um livro com temática LGBT antes, mas já ouvi várias críticas positivas sobre o gênero.
    Uma pena que o relacionamento dos dois tem que ser baseado em guardar segredo de tudo e de todos. Acho que o principal que deve ter em um relacionamento é confiança e acima de tudo muito diálogo.
    Espero que o romance dos dois vença qualquer obstáculo para que possam ficar juntos.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei