16 setembro 2019

[Resenha] The Risk: O Dilema de Brenna e Jake (Briar U #2) - Elle Kennedy

Todo mundo diz que eu sou uma garota má. Deve ser porque faço o que bem entendo e não estou nem aí para o que os outros pensam de mim. Apesar disso, dormir com o inimigo não faz meu tipo. Como filha do técnico de hóquei da Briar, minha vida estaria arruinada se eu me relacionasse com um jogador de um time rival.
E essa é a definição de Jake Connelly. Estrela e capitão do time de Harvard, ele é arrogante, irritante e atraente demais pra ser verdade. E o pior é que eu preciso que ele tope fingir ser meu namorado para que eu consiga meu tão sonhado estágio na HockeyNet. Mas é claro que aquele gostoso idiota não vai facilitar: para cada encontro falso… ele quer um pra valer.
O que significa que estou em apuros. Isso de ficar saindo às escondidas com Jake Connelly não tem como dar certo. Embora esteja cada vez mais difícil resistir ao desejo e ao sorriso de Jake, me recuso a me apaixonar por ele.
Esse é o único risco que eu não vou correr.

Livro:  The Risk: O Dilema de Brenna e Jake|| Série: Briar U #2
Autora: Elle Kennedy || Editora: Paralela || Classificação: 4 estrelas 
 Resenhista: Lud ||  Ano: 2019||  Gênero: Romance, New Adult, Adulto

 Essa série é o segundo livro do spin-off da série Amores Improváveis. E vai contar a história da Brenna e do Jake, que já no livro anterior nos deixou curiosas para esse casal.

Brenna Jensen é a filha do treinador dos Briar, Chad Jensen. Desde pequena ela vive nesse mundo do esporte e ama muito o hóquei, tanto que está cursando jornalismo esportivo. No primeiro livro, ela conhece a Summer e ficam amigas logo de cara, e através dessa amizade, ela conhece os jogadores do time adversário, Harvard, mais especificamente o Jake Connelly, capitão do time. 

A atração é inevitável, mas Brenna segue fiel ao time dos eu pai e amigos, mas de repente ela se vê cada vez mais próxima do Jake, e depois de uma entrevista muito ruim de estagio, ela se vê tendo que pedir um favor a ele. Para que ele a acompanhe em um jantar com o dono da empresa que ela quer o estágio. 

Jake é capitão do time e já possui um contato para jogar em um time profissional assim que terminar a faculdade, então ele não está interessado em dramas, e muito menos em relacionamentos, tudo que interessa é o Hóquei, mas um morena de lábios vermelhos o fascina de uma forma que ele não entende. Então quando ela surge lhe pedindo um favor, ele enxerga a oportunidade de ver onde isso entre eles irá chegar, e pede um encontro de verdade em troca do falso. 

A partir dai, as coisas começam a se aprofundar, e o relacionamento às escondidas vem a tona do modo mais inesperado possível. 




Eu estava muito animada para ler o spinoff, porque eu amo a escrita da Elle, é um dos poucos livros de NA que eu leio hoje em dia. Então esperei lançar o segundo e ler os dois seguidos. 

Não sei se eu não estava em uma vibe boa, mas achei que foi um livro mediano. Não achei que teve toda a magia que a Elle coloca nos livros por isso as quatro estrelas.

Eu adorei os vários temas que a Elle trabalhou nesse livro, como a colocação da mulher no mercado de trabalho, em como é difícil a convivência em ambientes e profissões dominados por homens, como o preconceito atinge fundo e balança um pouco a nossa confiança. 

A parte do pai dela foi muito interessante também, acho que abordar os vários tipos de relacionamentos familiares sempre é um plus na história, e nos lembra que ninguém é igual, cada um reage de formas diferentes em determinadas situações, e como a conversa entre as pessoas, principalmente dentro da família é uma coisa tão importante que pode mudar tudo, mas infelizmente falta muito hoje em dia.

A relação entre a Brenna e Jake já dava indícios no primeiro livro, e a forma como eles se relacionavam quando se encontravam deixou uma expectativa enorme para esse livro, pelo menos para mim. Porque a Brenna não tem uma personalidade tão fácil assim, até achei que poderia ser muito carregado e ficar exagerado, mas a Elle trabalhou bem a personagem, e eu amei a personalidade multifacetada dela. Ela se adapta as situações e consegui lidar muito bem, muitas vezes com sarcasmo, mas também conseguimos ver o quão vulnerável ela é por baixo do batão vermelho.

Jake foi um bônus, acho que foi o menino perfeito. A Brenna dominou muito mais esse livro com todos os seus dilemas e o Jake ficou meio que de lado, ela nem sabia que curso ele estava cursando. E eu lamente isso, queria um pouco mais dele, e talvez um pouco mais do relacionamento dos dois. Eu sei que ele esteve lá para ela em todos os momentos, mas faltou os diálogos mais profundos. 

As cenas sexys entro os dois foi de pegar fogo mesmo, o casal tem uma química muito forte, e todas as cenas combinaram com o contexto. Fora que todo contato deles era regado de respostas rápidas e espertas, com toques engraçados.

Uma coisa que me incomodou foi as descrições exageradas dos personagens e das roupas. No livro um também tinha isso, mas nesse me peguei mais vezes pensando sobre. Toda hora uma descrição da roupa curtíssima da Brenna, das pernas, dos peitos, da bunda e da barriga lisa. Parece besta querer implicar com isso, mas achei complicado essa estereotipação dos personagens.

Mas de modo geral, eu adorei o livro, como eu disse, eu parei de ler NA, não tenho mais idade para alguns dramas abordados, então eu evito um pouco, mas a Elle sempre vai ser uma das minhas autoras favoritas, e continuarei lendo tudo que ela escreve.  

A coisa boa de ler spinoff, é que geralmente os personagens dos livros aparecer e isso dá um apertinho no coração e aquela vontade de reler Amores Improváveis.

Compartilhe!

6 comentários :

  1. Oiii ❤ Ainda não li nenhum livro da Elle Kennedy, mas já li críticas positivas sobre a escrita da autora, então quero muito ler.
    Gostei bastante da premissa de Brenna precisar fingir que namora Jake para conseguir o estágio e que ele seja rival do time que o pai dela é técnico. Só isso já parece render uma boa trama.
    Achei legal que além de desenvolver o romance, a autora abordou o tema da dificuldade para uma mulher conseguir algo que está mais relacionado aos homens e também que trabalha o relacionamento familiar.
    É uma pena que tenha faltado diálogos mais profundos entre os personagens, já que isso é algo que gosto muito.
    Eu gosto de descrições, mas quando uma história tem muito disso, se torna cansativa para mim.
    Obrigada pela dica de leitura.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  2. Olá! Já ouvi falar sobre a série Amores Improvavéis, mas não me lembrava que a mesma tinha spin-offs, tô bem desatualizada sobre os livros da autora kkk. Nunca li nada da Elle, mas tenho curiosidade em conhecer sua escrita e os personagens que ela cria.
    Achei a premissa interessante, apesar de essa coisa de relacionamento as escondidas nunca dar muito certo, o mesmo sempre acaba vindo a tona kkk.
    Também gostei bastante dos temas que a autora abordou no livro, achei muito importante ela trabalhar a colocação da mulher no mercado e as dificuldades de conviver em ambientes dominados por homens.
    Acho que a autora poderia ter trabalhado mais o relacionamento dos protagonistas e ter dado um pouco mais de enfoque no Jake também.
    Enfim, essa história tem alguns pontos que não agradam muito, mas ainda assium acredito que é um livro que pode funcionar bastante para mim.
    Obrigada pela indicação! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Lud!
    Um tantinho decepcionante conhecer a escrita de uma tão boa e ver que nesse exemplar ela não deu tudo que poderia dar, entretanto, achei que os temas abordados são importantes para o momento que nós mulheres estamos passaando, bem como o relacionamento com o pai.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. É gostoso quando um livro aborda assuntos familiares, lembra a realidade. Ainda não conheço a escrita da autora, mas ela parecia que ia bem com o romance dos personagens e os temas abordados, mas faltou algo, não foi aquilo tudo, é uma pena quando isso acontece. Acho que em um livro assim o mocinho também deveria ter mais espaço, assim daria para conhecê-lo melhor, ainda mais que ele parece ser muito fofo.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro, e olha que é o segundo. Por ser um livro que aborda varios temas, acho que da para curti a leitura, caso não goste da escrita pararia e iria para outro.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu ouvi fala muito bem da autora, eu tenho livro dela na estante mais ainda não li, pretendo logo. Adorei a premissa, tem uma historia bem interessante. Fiquei bastante curiosa pelo que irá acontecer com os personagens e com certeza irão terminar junto né. Quem nunca torce por isso!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei