04 setembro 2019

[Resenha] O Último dos Magos - O Último dos Magos # 1 - Lisa Maxwell


Pare o mago. Roube o livro. Salve o futuro.
Na Nova York dos dias atuais, a magia antiga e natural está quase extinta. Os poucos que ainda têm afinidade com ela – os Mageus – vivem nas sombras, escondendo o que são. Além disso, qualquer Mageus que adentre Manhattan é capturado por uma armadilha: a Beira, uma barreira invisível que os deixa permanentemente presos à ilha. Atravessar a fronteira estabelecida pela Beira significa perder os poderes – e, frequentemente, a própria vida. A jovem Esta é uma ladra talentosa e cresceu sendo treinada para roubar artefatos mágicos da Ordem, organização misteriosa criadora da Beira. Esta também tem uma habilidade inata: manipular o tempo. A jovem é capaz de furtar objetos do passado, coletando-os antes mesmo que a Ordem perceba que ela está lá. Mas todo o treinamento de Esta tem sido para uma tarefa maior: viajar até o ano de 1902 para roubar um livro antigo. Acredita-se que o Livro contém todos os segredos da Ordem – e da Beira. A missão de Esta é furtá-lo antes que o Mago o destrua, garantindo assim um futuro melhor a todos os que têm afinidade com magia. Mas a Nova York do início do século XX em que Esta deve mergulhar é perigosa e sem leis, comandada por gangues e sociedades secretas. Um lugar em que é possível sentir magia até no ar que se respira. Nada é o que parece, nem mesmo o Mago. E, para salvar o próprio futuro, Esta deve trair a todos no passado – sem exceção.
Best-seller do The New York Times, O Último dos Magos tem como elementos principais a magia, o romance, a aventura e uma generosa porção de surpresas. Uma alquimia ímpar elaborada pela aclamada autora Lisa Maxwell – e esse é só o começo de uma história que já nasce atemporal.

Livro:  O Último dos Magos||  Série:  O Último dos Magos #01|| Autor: Lisa Maxwell
Editora: Plataforma 21||Ano: 2017 || Gênero:  Fantasia
 Classificação:  5 estrelas || Resenhista: Daiana
“Pare o Mago. Roube o livro”

O Último dos Magos é uma história sobre magia e viagens no tempo. E só o prólogo já te deixa intrigado. Na construção desse mundo existem os Mageus, pessoas com habilidades mágicas, perseguidas pela Ordem, que acredita que os Mageus são algum tipo de doença no mundo. 

“E, bifurcando a ponte, ficava a Beira, o limite invisível que impedia os Mageus de sair da cidade com sua magia intacta. Que os impedia de corromper as terras e os campos mais além com um poder que a Ordem – e a maioria da população – acreditava ser perigoso e selvagem.”

Esta, nossa protagonista (demorei para me acostumar com esse nome), é um Mageu, e uma ladra talentosa; o fato é que em sua atual realidade, a magia já está praticamente extinta. Sua missão então, dada pelo seu tutor e professor Lachlan, é voltar ao passado e recuperar o Ars Arcana, antes que o Mago o destrua. O Ars Arcana nada mais é do que um livro que contém os segredos da Magia e que também pode desfazer os poderes da Beira, um tipo de barreira invisivel que envolve o mapa da cidade, e que além de limitar o poder dos Mageus, termina por aprisioná-los em Nova York. Decidir sair da cidade é ter que passar pela Beira, e nenhum mageu que tentou sobreviveu, pois acaba tendo sua magia completamente drenada. 

Já no passado, para ter êxito em sua missão, Esta se infiltra na gangue de Dolph Saunders. A partir desse ponto, ela dá seguimento ao seu plano de conquistar a confiança do grupo e roubar o Ars Arcana, o que por consequencia, ela acaba percebendo, que significará que ela terá que trair a todos que conheceu, pessoas por quem inevitavelmente passou a nutrir algum tipo de carinho, respeito e gratidão. 

E ela sofre o livro inteiro diante desse dilema.

“A vida arrancou de mim qualquer suavidade que eu possa ter. Só sobraram pontas afiadas. Isso é tudo que terei. É tudo que quero ter."


O livro é narrado em terceira pessoa e temos vários e importantes pontos de vista. Os personagens secundários são interessantes e conseguem cativar facilmente o leitor: Harte, Jianyu, Dolph, Nibs, Viola. Lógico, que nada se compara aos povs da Esta e do Mago - meus favoritos. Podemos até mesmo sentir as páginas se incendiarem em nossas mãos tamanha é a química entre os dois! 

“(…) Os mentirosos são os melhores magos. E ele, por acaso, era excepcional”.

É importante ressaltar que nesse livro, os personagens bons e maus ficam separados por uma linha tênue. Cada um ali tem seus objetivos individuais, ninguém é totalmente mau ou verdadeiramente bom, e você pode ficar suscetível a mudar constantemente de lado.

“O Mago ficou parado no limite do seu mundo e lançou um último olhar para a cidade.”

O enredo foi muito bem construído pela Maxwell, muito embora você possa demorar um pouco para pegar o ritmo, mas isso é devido a introdução ao mundo, o que é extremamente necessário.

A trama me agradou e me conquistou totalmente. O lance da viagem no tempo e a ambientação do livro é o que dá todo charme a história. A gente sabe o papel de cada personagem, e o que está predestinado a acontecer com eles; veremos o passado ser alterado, participando de todo o processo, e por mais que tenhamos essa noção do que se desenrolará em seguida, nada nos prepara para os desdobramentos finais. 

E tudo isso, na incrível e obscura Nova York de 1902. 

“A magia vive nos espaços, nos vazios entre todas as coisas, conectando-as. Está ali, à espera daqueles que sabem encontrá-la, daqueles que têm a habilidade nata de entender essas conexões: os Mageus.Daqueles como Esta.”

E o que dizer de um dos mais chocantes plot twist de todos os tempos? É um livro que te surpreende a todo momento, e que não possui uma, mais sim, várias cerejas no bolo.

Com certeza minhas expectativas ficaram ainda mais altas para o segundo livro! Que por sinal, já comecei a devorar!

“Porque a magia não está nos elementos. A magia vive nos espaços, nos vazios, entre todas as coisas, conectando-as. Está ali, à espera daqueles que sabem encontrá-la, daqueles que têm a habilidade nata de entender essas conexões: os Mageus. Daqueles como Esta."

Compartilhe!

9 comentários :

  1. Daiana!
    Amo ficção e se tem magia e viagem no tempo, para mim o livro é completo. Mesmo que seja um tantinho complicado entrar na dinâmica do livro, acredito que ainda assim, vale a pena poder acopanhar a saga de Mageu para recuperar o livro e seu dilema.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rudy! Vale muito a pena conhecer essa série. Já entrou na minha lista de favoritos! ♥️ Bis!

      Excluir
  2. Oiii ❤ Que premissa incrível! Eu gostei muito de saber que é um livro que envolve magia, mas de uma forma que não li em nenhum lugar antes.
    Achei muito legal que o livro também envolva viagem no tempo, já que Esta precisa voltar ao passado.
    Estou curiosa para saber como será para a personagem ter que trair as pessoas pelas quais começa a sentir afeição e se ela tem sucesso em seu intento.
    Achei bem original esse mundo quase escasso de magia que a autora criou.
    Agora que sei do que o livro se trata, estou muito ansiosa para fazer sua leitura.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ray! Tenho certeza de que irá amar esse mundo tanto quanto eu! Bjs!

      Excluir
  3. Olá! ♡ Fantasia é um gênero que me fascina demais, pois nele encontramos muita criatividade e magia, aventuras únicas, surpresas... Então, como fã do gênero, já estou muito empolgada para fazer essa leitura. Essa premissa me intrigou bastante!
    Amei que esse livro mescla duas coisas que eu mais amo em ficções: magia e viagem no tempo. Acho dois elementos que podem combinar muito bem juntos.
    Preciso conhecer Esta e Mago, e claro ver a química entre esses dois kkkk ♡
    Quero muito fazer essa leitura, estou empolgada para saber mais sobre os Mageus e o universo que Lisa criou neste livro.
    Muito obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rayssa!
      É um mundo incrível e totalmente novo! Uma de minhas melhores leituras do ano, sem dúvidas!
      Leia e apaixone-se também!
      Bjs!

      Excluir
  4. Desde que vi esse livro fiquei interessada, adoro histórias com viagens no tempo e com magia melhor ainda. Gostei de saber que não da para confiar nos personagens, ninguém e tão mal ou bom, isso surpreende pois apostamos em alguém e do nada tem que mudar de lado. Gosto quando a trama tem outros pontos de vista, assim fica melhor para avaliar a situação, parece que a autora soube muito bem elaborar os personagens e toda a historia.

    ResponderExcluir
  5. Curto muito livros de ficção, mas para magia e aventura depende muito da història para me motivar a ler. O último dos magos é um livro que ainda fico na dúvida, a leitura parece fantástica, o que é positivo para eu ler.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Já tinha visto esse livro em algum lugar, porém não lembro. A trama me deixou bastante curiosa, gosto desse tipos de fantasias, mágicos, viagem no tempo. Adorei muito o livro, tem uma ótima premissa e com certeza vou querer ler. Ah, fiquei também confusa ao ler a resenha o nome da personagem.kk

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei