19 agosto 2019

[Resenha] Fique por Mim - Amy Daws



Quando a escritora de romances Kate Smith repentinamente tem um bloqueio de escrita já na parte final de sua série de best-sellers eróticos Bed'n Breakfast, ela fará praticamente qualquer coisa para retomar a inspiração.
Como se acomodar em uma sala de espera de uma loja de pneus porque suas palavras fluem à vontade como o café de cortesia – fáceis, tranquilas e quentes.
Ela consegue não chamar atenção até o mecânico robusto e charmoso, Miles Hudson, perceber a ruiva peculiar entrando e saindo pela entrada dos funcionários.
Mas ela é muito intrigante, ele quer saber mais.
E fazer um test drive com suas novas ideias literárias parece uma opção muito melhor.


    Livro: Fique por Mim || Autor:  Amy Daws
Editora: Albook||Ano: 2019 || Gênero:  Drama, Romance, Hot
 Classificação:  5 estrelas || Resenhista: Lud
Participe do Top Comentarista Julho
Esse é o primeiro livro da Amy lançado aqui no Brasil pela Allbook e eu já estou adicionando outros livros dela para ler em inglês mesmo. Esse é o primeiro de uma série, que podem ser lidos de forma separada, o ponto em comum é que os seguintes são com os personagens que aparecem nesse primeiro livro. 

Nesse livro vamos acompanhar a saga da Kate Smith, uma escritora best-seller do New York Times, que teve sua série Bed'n Breakfast recentemente comprada pela plataforma Passionflix para virar uma série de filmes. Kate assina os livros com um pseudônimo, Mercedes Lee Lovetter. Ela, no momento, está tendo uma baita crise de bloqueio de escrita, justamente agora que precisa finalizar sua série de sucesso. 

Tentando de todas as formas e lugares a voltar a escrever, ela descobre o Centro de Comodidade ao Cliente (CCC) da lojas de pneus, o lugar onde a escrita flui. Ela finalmente encontrou a sua "Vibe" novamente. Mas com o carro tudo ok, como voltar lá para usar o CCC? 

Precisando loucamente terminar a série, ela se vê levando carros de várias pessoas apenas para usar o espaço, mas quando essa opção acaba, ela simplesmente entra pela entrada de funcionários e fica o dia todo escrevendo no local, achando que ninguém a notaria, mas Miles a notou. 

Claro que não tem como deixar passar a ruiva que está todo dia no mesmo local escrevendo, e quando os dois se conhecem em uma situação inusitada, acabam encontrando um no outro uma amizade, claro que regada à atração. 

Conforme sua escrita vai evoluindo, as coisas entre os dois se misturam e eles se veem naquele momento que não se sabe se vale a pena transformar a amizade em algo mais, ainda mais que Miles é tão relutante a um relacionamento. O que eles não contavam é com a atração que é mais forte do que os receios de ambos.

"Sabe aquele ponto em um romance onde a garota desnuda seu coração para o garoto, e ele diz a ela que a amava desde o primeiro momento em que pôs os olhos nela? Não foi assim que minha história com Miles aconteceu".



Logo de cara, olhando essa capa, eu já quis, né, porque esse sorrisinho dele é de matar, não é? Mas lendo a sinopse, coisa que não faço, eu tive a certeza que deveria lê-lo.

A escrita da Amy foi uma surpresa agradável para mim, eu peguei o livro e li em duas noites. Eu apenas não conseguia parar de ler, só queria saber o que aconteceria a seguir. A forma como ela constrói o enredo com pitadas de romance, diálogos inteligentes e engraçadas e cenas maravilhosas de sexo te prende do começo ao fim. 
O fato da personagem principal ser escritora trouxe várias situações e referências que não tinha como não abrir um sorriso no rosto. 

Os dois personagens são ótimos, mas a Kate rouba a cena completamente, ela é uma mocinha maravilhosa, um pouco atrapalhada, mas meiga e com um coração enorme, que teve uma experiência anterior ruim com relação ao namorado e sua profissão, na qual a marcou de uma maneira única. E o Miles, que foi um pouco de tudo pra mim, algumas partes ele é fofo demais, algumas ele é bronco e intransigente, mas os dois se completam de uma forma unica. Acho que a Kate traz uma leveza e simplicidade para uma pessoa mais séria e um pouco sombrio como ele. 

Não tenho nem o que dizer do romance, que foi construído aos poucos. A Amy descreve os sentimentos de ambos, então podemos acompanhar em qual momento eles se apaixonaram e por quê. Não apenas pela atração forte e o sexo maravilhoso, mas pelas atitudes e personalidades de cada um. E o ponto de vista alterado nos entrega justamente isso.  

Os personagens secundários são um plus na leitura. O Sam, que é o amigo do Milles, é pouco aprofundado, mas eu sei que o próximo livro é dele. Agora, o par de amigos da Kate aparecem mais e eu estou ansiosa pelo livros dos dois, eu sei que o terceiro é da Lynsey com o médico, mas não tem data de lançamento. E tem que ter o quarto, com o Dean.  

O melhor de tudo é que eu sabia que era um pouco autobiográfico e fiquei imaginando se era a história de vida da autora, e no final, ela conta o que aconteceu realmente, e o que foi imaginação mesmo. 

Fique por mim é um romance incrivelmente escrito e deliciosamente irreverente e picante que vai te conquistar com cada página. 


"Nós éramos a puta de uma tempestade. Nós éramos trovões e relâmpagos e criamos o mais belo redemoinho de paixão que já experimentei com um homem."

Compartilhe!

4 comentários :

  1. Olá! Adoro séries de romance, em que cada livro é abordado o relacionamento de personagens diferentes, principalmente quando um livro têm certa ligação com o outro por se passarem no mesmo universo.
    Já de cara adorei os protagonistas desse livro, estou curiosa para saber que situação inusitada é essa em que eles se conheceram e acabaram se tornando amigos. Confesso adoro essa coisa deles a princípio serem apenas amigos e conforme a história vai evoluindo, a relação de ambos começa se encaminhar para um algo mais.
    Adoro enredos com diálogos inteligentes e cheio de romance!
    Achei muito interessante que o livro seja meio autobiográfico, tô curiosa para saber o que é ficção e o que de fato ocorreu de verdade com a autora.
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito quando o romance surge aos poucos, primeiro a amizade e depois vai evoluindo para algo mais. Achei legal essa historia dela ir escrever em um lugar assim, e por ter uma autora como protagonista é bem interessante. Acho que mesmo o mocinho sendo bronco ele deve conquistar o leitor, já estou encantada por ele, mesmo sem ter lido o livro rs. Tenho que concordar esse sorriso da capa é tudo.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Fiquei um tanto curiosa por esse livro, tem uma ótima premissa. Adoro um livro que traz aquele clichê que vai conquistado o leitor ao poucos. Adorei muito a trama e estou bastante curiosa para ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Oiii ❤ Acho que depois dessa resenha, eu preciso ler esse livro! Esse livro é bem no estilo de livros que eu gosto, que têm uma certa carga de drama, mas com momentos divertidos, personagens cativantes e um romance maravilhoso.
    Achei inusitada e legal a necessidade de Kate estar no CCC para conseguir escrever. Ela deve ser uma personagem incrível, assim como o dono desse sorriso maravilhoso da capa rsrsrs.
    Gosto bastante de séries que em cada livro o enfoque é um casal diferente.
    Estou bastante curiosa sobre essa trama, então esse livro vai direto para a minha meta de leitura.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei