29 julho 2019

[Resenha] A Pequena Livraria dos Sonhos - Jenny Colgan


A PEQUENA LIVRARIA DOS SONHOS FAZ PARTE DE UMA NOVA COLEÇÃO DE ROMANCES DA EDITORA ARQUEIRO, “ROMANCES DE HOJE”.
Um romance sobre importância da leitura e da literatura para diversos tipos de pessoa.

Nina Redmond é uma bibliotecária que passa os dias unindo alegremente livros e pessoas – ela sempre sabe as histórias ideais para cada leitor. Mas, quando a biblioteca pública em que trabalha fecha as portas, Nina não tem ideia do que fazer.
Então, um anúncio de classificados chama sua atenção: uma van que ela pode transformar em uma livraria volante, para dirigir pela Escócia e, com o poder da literatura, transformar vidas em cada lugar por que passar.
Usando toda a sua coragem e suas economias, Nina larga tudo e vai começar do zero em um vilarejo nas Terras Altas. Ali ela descobre um mundo de aventura, magia e romance, e o lugar aos poucos vai se tornando o seu lar.
Um local onde, talvez, ela possa escrever seu próprio final feliz.


 Livro: A Pequena Livraria dos Sonhos |Coleção: Romances de hoje ||Autor: Jenny Colgan
Ano: 2019 ||  Editora: Arqueiro|| Gênero: Romance Contemporâneos, Chicklit
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Lud

Skoob || Compre || Editora
Participe do Top Comentarista Julho
Esse livro faz parte da coleção da Arqueiro, intitulada Romances de Hoje. O selo foi lançado com três livros:  A Pequena Livraria dos Sonhos; Desencontros à Beira-Mar e A Padaria dos Finais Felizes. 

Eu já resenhei Desencontros à Beira-Mar e achei mais puxado para o chicklit, onde se tem o romance, mas ele não é o foco do livro, e sim, a autodescoberta das pessoas na história. Já esse livro, é bem mais puxado para o romance, do jeitinho que gostamos. 

Nina Redmond é uma bibliotecária que está vivendo uma situação complicada, a sua biblioteca está sendo fechada, e os funcionários serão despedidos e os livros, provavelmente serão jogados fora. Não conseguindo aguentar isso, Nina começa a pegar os livros e levar para casa, que já não consegue mais comportar a quantidade. 

Então a ideia de montar uma livraria móvel surge, e Nina vai atrás de uma van, na Escócia, para começar a realizar seu grande sonho. Mas as coisas nem sempre dão certo da primeira vez, e Nina volta para casa desapontada, mas com uma ajuda inesperada, ela consegue sua tão amada van, mas, de novo, a sorte não está ao seu favor, já que ela não consegue permissão para estacionar a van em nenhum lugar na cidade onde mora. 

Sem muita opção, ela resolve voltar para as Terras Altas, e tudo acontece como deveria, e ela está em uma nova casa e com sua lojinha itinerante. Tudo parece perfeito, menos por seu senhorio, Lennox. 

Mergulhada em sua nova vida, Nina se vê envolvida com as pessoas dessa cidade, e claro, em seus dramas e problemas. Até um romance surge em seu caminho, e tudo parece exatamente como nos livros em que tanto lê. Mas será melhor viver na fantasia ou na realidade?

Ela, por sua vez, recorria aos livros sempre que perigava se confrontar com a realidade - ou melhor, com seus aspectos mais sombrios. Quando ficava triste, os livros eram seu consolo; quando se sentia só, eram eles seus amigos. Eram eles que cuidavam do seu coração partido e a encorajavam a manter a esperança quando estava na pior"


Preciso dizer que amei esse livro. Enquanto que no anterior eu senti a falta do romance, nesse aqui temos uma mistura bem perfeita do romance com as autodescobertas da nossa personagem.

Eu não conhecia a escrita da Jenny, mas já sou fã. A escrita é de uma leveza, com uma facilidade para se relacionar com os personagens e sentir tudo o que estão sentindo naquele momento. Acho que muitas pessoas podem se ver na Nina em algum ponto da sua vida. Porque as questão dela são muitas que nós mesmos já tivemos em algum ponto, e isso torna a personagem muita mais real para quem lê. E um ponto em especial me pegou de uma forma bem intensa.

O romance foi a coisa mais fofa, eu adorei o que a autora fez ao colocar dois moços na jogada - veja bem, não é um triângulo, não. É nítido que ela faz uma comparação do que é um relacionamento que às vezes é o certo, mas você não imagina, porque está fantasiando com outro que só existe no seu ponto de vista. Foi uma ponto altíssimo para mim, isso. Devo dizer que estava torcendo para o cara certo, no final. E eles são duas pessoas completamente diferentes que se completam.

A Nina é uma personagem incrível, que muitas pessoas podem se identificar. Ela tem algumas reflexões de vida que é muito atual no mundo em que vivemos, e que traz muitas coisas a se pensar. Ela pode parecer frágil, mas é muito determinada nas coisas que se propõe a fazer.  A parte com os livros é maravilhosa, muito dos pensamentos que ela tem são nossos, então é um daqueles livros que você se pega pensando: "eu faço isso também.


"Mas às vezes Nina achava que o mundo não era feito para pessoas como ela. Pessoas confiantes e de personalidade forte, nunca entenderiam. Se você não era uma pessoa extrovertida, se não passava o tempo inteiro se colocando sob os holofotes, postando selfies, exigindo atenção, falando sem parar...bem, então as pessoas simplesmente não viam você. E aí você era negligenciada. No geral, Nina não se incomodava em ser essa pessoa".

A descrição da Escócia é de te fazer chorar, porque não posso me mudar para lá no mês seguinte? As paisagens, as pessoas, a vida que eles levam lá, a preocupação um com outro é cativante. 

Os personagens secundários são ótimos e vêm para levantar ainda mais o enredo. A amiga da Nina é a voz da consciência, as partes dela tinham ainda um toque engraçado, que te fazia gostar da personagem da mesma forma que nossa protagonista. 

Vi muitas pessoas que achou a história fraca, mesmo no goods ele tem uma classificação mais baixa, o que me levou a ter dúvidas quanto a solicitar, mas eu li essa história exatamente quando eu precisava de um livro assim. Um livro leve, com várias questões do dia a dia abordadas e um romance divertido, sem muito drama. 

Eu terminei esse livro com o maior sorriso no rosto, e me surpreendi muito com a história, e claro, já estou ansiosa para o próximo livro da autora, intitulado de "A padaria dos Finais Felizes". 

Dentro de cada ser humano havia um universo tão vasto quanto ao universo à sua volta. Para Nina, livros eram a melhor forma de cobrir essa distância, de ligar o universo interno ao externo; palavras agindo como um mero duto entre os dois mundos.?

Compartilhe!

4 comentários :

  1. Oiii ❤ Tô louca pra me presentear com esse livro! Esse livro parece ter sido feito sob encomenda para todos os leitores. Meu sonho também é poder trabalhar com livros e viver rodeada deles, tem coisa melhor?! Rsrsrs.
    Nina parece uma personagem cativante, que te faz querer ler o livro até a última página. Gostei de saber que ela é uma personagem determinada. Costumo gostar muito de personagens assim.
    Bom saber que não se trata de um triângulo amoroso e que tem romance na medida certa com o autodescobrimento da personagem.
    Além da história parecer encantadora, a capa é maravilhosa. As cores, os detalhes, é tudo tão acolhedor.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  2. Olá! Estou com altas expectativas para com esse novo selo da Arqueiro, já quero esses três livros para ontem!
    Eu gosto de chicklit e livros que focam mais nos dilemas e descobertas das protagonistas, mas gosto muito mais quando o romance é bem explorado, estou feliz em saber que este livro foca no romance! ♡
    De fato, estou sentindo que vou me identificar e muito com a Nina, que pelo visto é uma personagem maravilhosa e cativante.
    Adorei que o livro se passa na Escócia!
    Confesso que amo um drama, mas tenho uma queda enorme por romances mais levinhos, fofos e divertidos.
    Obrigada pela indicação, esse é o tipo de leitura que estou precisando no momento. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu já li tantos sobre esse livro que estou a ponto de comprar para ler, porém to nessa de não comprar nada no momento..mas ta complicado com vocês em..Adorei muito a trama com certeza irei me identificar com a personagem, acho que qualquer leitor se identificar né..Espero muito poder ler!


    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um livro muito fofo, adoro romance e gostei de saber que esse tem, ainda bem que escapou do triângulo amoroso que é bem irritante, adoro histórias que envolvem livro e fiquei pensando que eu faria o mesmo levaria os livros para casa, não deixariam ir para o lixo dá uma dor no coração só de imaginar.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei