04 julho 2019

[Resenha] Depois que Caímos - Melanie Harlow

JACK VALENTINI NÃO É O MEU TIPO.
Caubóis sensuais e polêmicos são bons nos filmes, mas na vida real, prefiro um terno e gravata. Boas maneiras. Uma barba rente.
Jack pode ser lindo, mas ele também é desalinhado, robusto e rude. Ele não quer nada com uma garota da cidade, como eu e ele não temos medo de dizer isso.
Mas eu tenho um trabalho de relações públicas para fazer na fazenda de sua família, então ele está preso a mim e eu estou presa a ele. Seus olhares. Seus humores. Seu jeans apertado. Seus músculos.
Seus músculos grandes e fortes.
Logo surge um tipo totalmente diferente de tesão entre nós, o tipo que me faz ter um mau comportamento em celeiros, árvores e caminhonetes. Eu nunca fiz nada tão fora da minha realidade, mas está bom demais para parar.
E quanto mais eu fico sabendo sobre o viúvo e ex-sargente do Exército, melhor eu o entendo. Perder sua esposa o deixou arrasado e amargo e culpando a si mesmo. Ele não acha que mereça uma segunda chance para ser feliz.
Mas ele está errado.
Eu não preciso ser o seu primeiro amor.
Mas espero que me deixe ser o último.

"Depois que Caímos vai fazer você se apaixonar pelas palavras de Harlow. Cinco estrelas não são suficientes para a jornada na qual esta história te leva. Uma das melhores leituras de 2016!" - Brittainy C. Cherry, autora de O ar que ele respira

    Livro: Depois que Caímos || Autor:  Melanie Harlow
Editora: Albook||Ano: 2019 || Gênero:  Drama, Romance
 Classificação:  4 estrelas || Resenhista: Lud

Melanie é uma autora nova para mim, mas pesquisando, eu vi que ela tem um livro em parceria com outro autor publicado aqui pelo Selo Hoo da Universo dos livros. Mas mesmo não sendo tão conhecida aqui, Melanie tem diversos livros publicados nos EUA, e bem cotados no goodreads.

Nesse livro vamos conhecer a história da Margot, uma mulher criada totalmente nos padrões da alta-sociedade, com toda a riqueza e moldes de pessoas que se acham acima dos demais. Criada para ser um padrão, um modelo da sociedade, Margot se vê em uma confusão após perder a paciência e jogar bolinhos em seu ex em uma festa.

Sendo motivo de todas as rodas de fofocas, sua mãe a aconselha a sair de cena por algum tempo, e então Margot aceita trabalhar em um projeto da sua empresa de Marketing, que justamente irá lhe tirar da cidade e levá-la diretamente para uma fazenda.

Jack Valentini gerencia uma fazenda orgânica juntamente com seus outros dois irmãos. Mas a fazenda não vem dando tanto lucro assim, então seus irmãos e a cunhada - Georgia - contratam uma especialista em Marketing para uma consultoria de como melhorar e transformar a fazenda em algo mais rentável. Mas Jack não está de acordo com isso, ele não quer que nada mude. E o que aquela garota da cidade pode saber de uma fazenda?

Claro que quando se conhecem Jack e Margot não têm nada em comum, e a hostilidade de Jack é nítida, mas não apenas pelo serviço que ela foi contratada para fazer, mas também diretamente para a Margot, que nada sabe do passado que Jack tanto tenta manter como presente.

No decorrer dos dias, conforme vão se conhecendo mais e mais, Jack começa a ver que poderia realmente gostar dessa mulher, apesar de todas as diferenças. Mas só se fosse antes, agora ele está quebrado e ela merece mais do que isso.

"Você não precisa deixar o seu passado - isso sempre fará parte de quem você é. Mas você não precisa deixar isso te atrapalhar ou impedir que você siga em frente. ”


Apesar de ser um romance clichê, acho que é muito bem trabalhado, traz todos os elementos certos e de forma bem dosada. Como eu sempre digo, tudo bem ter uma base clichê, é o desenvolvimento diferente de cada autor que torna o livro único. E nesse livro, a Melanie fez exatamente isso, pegou a história da mocinha rica que se apaixona por um viúvo fazendeiro e fez disso um romance muito bonito.

Eu gostei muito da construção da Margot. Como eu disse lá em cima, ela é uma moça criada para ser fútil, totalmente moldada para a alta-sociedade. Mas a surpresa é que ela não é assim, ela pode viver nessa sociedade, e apesar de entender como tudo funciona, e dançar conforme a música,  ela consersa seus próprios pensamentos e caráter.  E isso é bem mostrado quando temos a sua mãe em cena, porque é cada coisa que sai da boca dessa senhora que você tem a certeza que a Morgot é mais que isso.

Acho que, durante a vida, a Margot aprendeu a andar entre os dois mundos, aprendeu a não discutir, apenas deixar as pessoas acharem o que quiserem, nada que ela falasse mudaria o pensamento da esfera da alta-sociedade, mas mesmo vindo de uma família tradicional, ela conseguiu sempre estar em contato com as pessoas, ajudando e fazendo o que ela gostava.
No geral, a Margot me surpreendeu, eu estava pronta para desgostar de sua pessoa, e ela vai lá e desconstrói todo um esteriótipo.

Já o Jack, eu queria uma construção melhor dos dramas dele, porque é muita bagagem com esse personagem, e algumas, a autora até nos apresenta a evolução e solução, mas outras foram deixadas em aberto ainda, como algo que ele teria que lidar por um tempo. E vendo por esse lado, se ela desenvolvesse todos os traumas, seria uma história bem mais pesada. Mas ele é um personagem que te conquista, o tipico cara do campo, meio mal-humorado e sexy, impossível não se deixar envolver por seu sofrimento.

Achei que o romance dos dois foi bem construído, de forma lenta e estruturada, foi bem realista em como eles se apaixonaram.  Consegui  relacionar com o mundo aqui fora, e isso me agradou muito. Fora que a Melanie trabalha muito bem os diálogos internos, então sabemos exatamente o que cada um pensa e seus motivos por trás de cada ação. As cenas mais calientes são bem escritas e só enriquecem o enredo. E que cenas, hein!

No geral, gostei muito da escrita da Melanie, e estou ansiosa para os próximos da autora. E vi que esse livro faz parte de uma série. Apesar de cada livro ser com um casal diferente, elas estão conectados pela amizade. O primeiro livro é da Jamie, o segundo da Margot, e o terceiro da última amiga Claire, mas vi que tem um quarto também, e não sei exatamente de quem é. Mas apesar disso tudo, não fiquei perdida na história, que se encaixa muito bem em livro único.

 Depois que Caímos é um romance entre duas pessoas completamente diferentes, mas que acabam se descobrindo nas diferenças.

"Sei lá, não sei se existem outros como ele, mas as mulheres precisam começar a prestar atenção às feiras de agricultores perto delas, só por garantia."

Compartilhe!

4 comentários :

  1. Oiii ❤ A química desse casal deve ser incrível, só de ler a sinopse já dá pra perceber. Eles parecem aquele casal que jura que não fazem o tipo um do outro, mas que acabam se apaixonando. Adoro essa premissa!
    A história parece um tanto clichê, mas quem não gosta de um clichê bem construído, né?! ❤
    Quero ver como vai ser para Margot conviver num lugar que não é o seu de costume, como será sua adaptação.
    Estou curiosa pra saber como o romance irá se desenvolver entre os personagens e quando essa hostilidade entre eles acaba e dá espaço ao amor.
    Mais um livro pra minha lista de leituras ❤

    ResponderExcluir
  2. Adoro quando o romance tem alguém que fica implicando com o outro, mesmo quando se apaixona fica não querendo dar o braço a torcer é divertido e fico na torcida pelo casal, pena ele não ter sido melhor explorado, mas em compensação o romance surgiu do jeito que gosto aos poucos sem aquele desespero (rs) e o que é melhor com química entre os personagens.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não conhecia a autora mas adorei muito saber mais sobre a obra dela. O livro tem uma ótima premissa e que me deixou bastante curiosa por ele. Espero ter a oportunidade de ler esse livrinho em breve.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Olá! Confesso que adoro o clichê dos personagens que de cara não se gostam, mas que acabam se apaixonando.
    Jack e Margot são bem diferentes, mas parecem se completar.Tô ansiosa para conferir o romance deles!
    Nunca tinha ouvido falar da autora, mas vou procurar mais sobre suas obras, que parecem fazer o meu estilo de leitura.
    Gosto bastante de séries em que cada livro conta a história de um casal diferente, espero que não demorem para lançar as continuações!
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei