26 junho 2019

[Resenha] O Lado Obscuro - Tarryn Fisher


Quando a escritora Senna Richards acorda na manhã de seu aniversário, ela não está em seu quarto. Raptada e trancada numa casa em meio a uma tempestade de neve, ela precisa decifrar as pistas ligadas ao seu passado para conseguir fugir. Forjada pela dor, moldada pelo abandono, Senna se tornou uma mulher que destrói antes de ser destruída...Apenas uma pessoa conseguiu atravessar suas barreiras e conquistar sua confiança, mas isso aconteceu há muitos anos...“Isaac era um estranho, mas foi capaz de enxergar minhas feridas mais do que qualquer outra pessoa.”O cirurgião Isaac encontrou Senna em um momento de caos e vulnerabilidade, depois de um furacão que lançava cinzas sobre suas feridas. Ele a ajudou quando ninguém mais pôde, mas agora, tudo está diferente. Depois de tanto tempo distantes um do outro, os dois estão presos na mesma cabana, e podem ser consumidos por recordações que esperavam esquecer. Além do perigo que os cerca, a escassez de comida e água, e os jogos perigosos do raptor, um sentimento antigo começa a despertar, ameaçando romper novamente as defesas de Senna, o que pode ser fatal.

Livro: O Lado Obscuro || Autor: Tarryn Fisher
Editora: Faro Editorial || Ano: 2019 ||  Gênero: Romance/Thriller psicológico
 Classificação:  5 estrelas ||  Resenhista: Lala

Para quem acompanha o blog não deve ser novidade o quanto eu sou fã da Tarryn Fisher, ela é minha autora favorita e eu a idolatro. Dito isso, O Lado Obscuro é o meu livro favorito dela, já tinha lido a edição original e quando a Faro lançou aqui no Brasil, eu enlouqueci.

Se você não sabe do que estou falando e nem sequer leu a sinopse brasileira do livro, recomendo que continue assim e leia a tradução livre da sinopse original que deixo aqui. Na original, você não faz muita ideia do que se trata o livro, a autora permite que você tire suas conclusões e você começa o livro com a mente totalmente vazia, o que para mim foi essencial para leitura desse livro.

"Quando a reclusa escritora Senna Richards acorda no dia do seu aniversário de 33 anos, tudo mudou. Cercada por uma cerca elétrica, trancada em uma casa no meio da neve, Senna precisa desvendar as pistas para descobrir quem a sequestrou. Se ela quer a sua liberdade, precisa olhar atentamente para o seu passado. Mar o seu passado tem um batimento… e seu sequestrador não está em nenhum lugar a vista. Quando a sua vida em risco, Senna logo percebe que isso é um jogo. Um jogo perigoso. Apenas a verdade pode libertá-la”

Ao começar o livro vemos exatamente isso, Senna trancada em uma casa no meio do nada, mas logo ela percebe que tem alguém com ela, alguém do seu passado e ao longo do livro, vai sendo desvendado quem é esse alguém. Eles passam um tempo trancados e precisam se unir para desvendar o que aconteceu, como pararam lá, e o mais importante: o que fazer para escapar.

A cada passo podemos ver Senna mergulhar para dentro de si mesma, vemos toda a tragédia que aconteceu na sua vida até aquele ponto, e ficamos presos no mistério envolvendo não só o sequestro deles, mas a vida da Senna também.

“As vozes são, e sempre serão, temerosas demais para falar tão alto quanto um livro. É por isso que os escritores escrevem, para dizer coisas em voz alta com tinta. Para dar movimento aos pensamentos. Para fazer sentimentos inertes e silenciosos soarem alto e forte."

O Lado Obscuro não é um romance propriamente dito, para mim é uma história de amor da Senna com ela mesma, porém, o livro também nos traz um romance.
Nossa protagonista tem uma personalidade enigmática, nada social, não gosta de cor e não liga para música, vive a vida tranquila dela sem se envolver com ninguém. Mas ao longo do livro vemos como as cores e a música entram na história, e como a Senna muda junto… foi lindo sentir a vida voltando, ver a personagem mudando a cada palavra escrita.

“O olhar dele era cortante, transbordante de emoção. Ele me beijou - um beijo colorido, com ritmo de bateria e a precisão de um cirurgião. Ele me beijou com todo o seu ser, com a essência da sua vida - com tudo o que ele era. E eu me perguntei com que poderia ter retribuído ao beijá-lo, porque eu era uma mulher em pedaços.”

Eu acompanho a autora há muito tempo então sabia que O Lado Obscuro simbolizava a sua luta interna contra a depressão, sabia que as cores e as músicas eram o seu jeito de mostrar que estava lutando para viver, e os dois personagens principais representavam os seus dois lados, um lutando para viver e a outro abraçando a morte. Sabendo disso antes de ler o livro, mudou a minha percepção da história, a cada capítulo eu via a minha autora favorita lutando contra a depressão.

Há algo que você precisa saber sobre os livros da Tarryn, na verdade sobre a Tarryn em si. Ela escreve sobre mulheres e para mulheres, ela nos encoraja a abraçar todos os nosso lados, nossas falhas e aceitarmos quem somos. Cada livro vai tocar você de uma forma diferente, O Lado Obscuro vai te dar vontade de viver, de ser você mesma, vai te ajudar a aceitar o seu passado e a lidar com qualquer coisa que a vida jogue no seu caminho.

Como mencionei no inicio, a sinopse brasileira fala mais do que deveria - na minha opinião - mas esse é o único erro da edição, tentar passar esse livro como um romance, o que não é. Tirando isso, a edição está linda, cheia de detalhes, a capa combina com a história e a tradução está a altura dessa obra prima. Amor eterno pela editora por trazer todos os livros da Tarryn para o Brasil <3.


Tarryn Fisher é a melhor autora do universo - na minha opinião - descubra mais sobre ela aqui ou aquiEsse é o melhor livro dela. E sem dúvida um dos melhores livros que li na vida.

“As pessoas mentem. Usam você e mentem, e, enquanto fazem isso, não se cansam de dizer o quanto são leais e que nunca deixarão você. Ninguém pode prometer uma coisa dessas, porque a vida tem tudo a ver com as estações, e as estações mudam. Eu odeio mudança. Você não pode contar com promessas; só pode contar com a certeza de que elas serão quebradas. Mas, antes que isso aconteça, e antes que você aprenda a lição, as estupidas e inúteis promessas fazem você se sentir bem. Você escolhe acreditar nelas, porque precisa disso. Você desfruta de um verão ensolarado onde tudo é lindo e não há sinal de nuvens no céu - apenas calor, calor, calor. Você acredita que as pessoas vão permanecer na sua vida porque os humanos são assim: têm a tendencia de ficar juntos quando a vida é boa. Eu chamo esses momentos de doces verões. Eu já tive doces verões suficientes na vida para saber que as pessoas irão abandonar você assim que o inverno chegar… quando a vida congela, e você treme dos pés à cabeça e se cobre de toda a proteção possível apenas para sobreviver. A princípio, a gente nem se dá conta. O frio nos deixa entorpecidos demais para vermos com clareza. Então, quando percebemos o que está acontecendo, a neve já está começando derreter, e nos damos conta de que passamos o inverno sozinhos. Isso me deixa louca, furiosa. Furiosa o suficiente para abandonar as pessoas antes que ela me abandonem. Foi o que fiz com Nick. E foi o que tentei fazer com Isaac. A diferença é que ele não foi embora. Ele ficou durante todo o inverno.”

Compartilhe!

6 comentários :

  1. Oiii ❤ Ainda não li nada da Tarryn Fisher, mas depois de ler essa resenha, eu simplesmente preciso ler esse livro. Ainda mais agora que a situação abordada no livro representa a depressão da autora.
    Estou intrigada com essa história, por quê Senna e Isaac estão presos juntos?! Quero muito saber o que aconteceu no passado de Senna para descobrir porquê ela é tão desacreditada na vida e conhecer um pouco mais sobre Isaac.
    Estou com medo de como essa história pode acabar, mas mesmo assim, quero ler esse livro o quanto antes.
    Adorei a dica de leitura, uma das melhores que já vi. Obrigada, estou louca pra conhecer melhor a escrita da Tarryn, já que só li a trilogia Never Never que ela escreveu com a Colleen ❤

    ResponderExcluir
  2. Olá! Adorei a resenha! ♡
    Eu ainda não li nada da Tarryn Fisher, mas sempre vejo comentários positivos sobre seus livros. Sinto que preciso conhecer mais sobre a autora e sobre este livro, que de fato parece bem intenso e maravilhoso.
    Estou ansiosa para conhecer Senna e Isaac e descobrir porque Senna foi sequestrada e quem fez isso.
    Com certeza vou adicionar esse livro como prioridade na minha lista de leituras.
    Muitooo obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nenhum livro da autora e nem sobre ela, que triste ela ter passado ou estar passando por esse momento tão difícil. Fiquei imaginando como a protagonista não gosta de músicas, acho que a vida não teria graça sem ela, mas conforme fui lendo a resenha fui entendendo, achei bem misterioso o começo com esses dois personagens presos e curiosa para saber como vai ser essa luta deles para se libertarem.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    eu já tinha visto lançamento desse livro, eu não sabia que a trama estava envolto em uma historia dessa, eu fiquei bem curiosa por conhecer mais a autora e a historia dessa personagem. Eu tenho livro dela na minha estante mas ainda não li, agora fiquei com mais vontade ainda.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  5. Que resenha maravilhosa!
    Não conhecia o livro e ainda não li nada da autora, mas agora quero!
    Esse livro parece ser especial. Profundo que toca e encanta. Emociona de muitas maneiras.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Normalmente eu não leio a sinopse dos livros porque algumas entregam muito mais do que deveriam.
    Gostei de saber dessa particularidade da autora, com isso em mente a gente consegue fazer conexões entre o livro e personagens que ela criou e a sua própria vida. Gostei das analogias e quero muito ler esse livro. Nunca li nada da autora e fiquei bem curiosa agora.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei