30 maio 2019

[Resenha] Esperança - Lesley Pearse

Inglaterra, 1836. O nascimento de Hope pode ser o prelúdio de um escândalo. Prova do adultério da aristocrata lady Harvey, a menina é entregue a uma das empregadas e cresce sem saber de sua verdadeira origem.
Porém, quando completa 14 anos e vai trabalhar na mansão dos Harveys, ela vê algo que não deveria e é forçada a fugir para os cortiços de Bristol, em meio à miséria e à doença.
Durante uma epidemia de cólera, a coragem e a gentileza de Hope provocam uma reviravolta em sua vida e ela se vê envolvida em uma guerra, cuidando dos doentes. Mas o destino parece ter outros planos para Hope, e logo a jovem precisará enfrentar os segredos por trás de seu nascimento.
Esperança é um romance impactante sobre uma mulher que, apesar de todos os empecilhos, mantém em seu coração o desejo de um dia encontrar a felicidade que tanto merece.
"Um épico emocionante que você não vai esquecer tão cedo."– Woman's Weekly
"Lesley Pearse é uma das autoras mais amadas em todo o mundo." – My Weekly
"Uma saga apaixonante." – Bella
"Lesley cria personagens cativantes e se destaca como uma verdadeira contadora de histórias." – Daily Mail

Livro:   Esperança - Lesley Pearc|| Autor: Lesley Pearse
Editora: Arqueiro|| Ano: 2019 ||  Gênero:  Romance de época/Histórico
 Classificação:  4 estrelas ||  Resenhista: Lud 

Lesley foi publicada pela primeira vez pela editora Novo Conceito, e agora está de casa nova, na Editora Arqueiro. De todos os livros para escolher na lista do mês, Luiza olhou e disse, se eu fosse você pegaria esse, porque o outro parece muito drama. Então lá fui eu, que vendo ser um livros de romance de época, imaginei que não teria erro.

Logo nos primeiros capítulos somos situados no tipo de sociedade da Inglaterra no século XIX, onde os empregados serviam fielmente as grandes mansões dos aristocratas, e logo de cara temos a comprovação dessa lealdade, quando uma dama casada dá a luz a uma bastarda e encoberta tudo com a ajuda de duas criadas.

Uma dessas criadas, apenas uma menina, viu a pequena recém-nascida e simplesmente a leva para casa, onde a mãe já tinha vários filhos, um a mais não faria diferença e as pessoas não desconfiariam. E assim, Hope cresce com todo amor que pode receber, aprende a ler e, claro, como todos da família, começa a trabalhar cedo, e na casa onde nascera. Mas quando se vê vítima de uma injustiça, ela acaba fugindo e deixando tudo para trás.

Apesar de todas as provações que essa jovem passa com pouca idade, a vida ainda tem algumas surpresas para ela, além de grandes reencontros e revelações.  


Desculpa não contar muito, mas são tantos acontecimentos e histórias de diversos personagens se interligando, que é difícil resumir isso. Mas vamos às considerações.

Primeiro, eu fiquei chocada quando recebi o livro, era tipo um pequeno tijolinho com mais de quinhentas páginas, já fiquei espantada começando por aí, e claro, agradeci aos deuses dos E-readers por existirem. 

Minha segunda surpresa foi a escrita da Lesley, como nunca tinha lido nada da autora, não saberia o que esperar. A escrita maravilhosa, a leitura é fluída, rápida, você não perde o pique em nenhum momento. Mas uma coisa que notei é a quantidade de detalhes, mas não são coisas sem importância para encher um livro, mas sim, a quantidade de personagens no livro e a riqueza de detalhes em que cada um deles é citado na história. Veja bem, isso pode irritar algumas pessoas e achar que fica carregado, mas achei que nenhum personagem ali estava de enfeite, por isso as minúcias.

Não tem como destacar os personagens principais, porque são vários, em algumas momentos não é a Hope a principal, a história dela passa a ser secundária, quando se mostra a vida das pessoas em volta, mas que se interligam diretamente com toda a história da personagem principal. E com essa gama de personagens, temos uma diversidade grande retratada, as famílias com dinheiros, os empregados, os personagens que escondem relacionamentos com pessoas do mesmo sexo, as traições e muito mais.

Também me chamou atenção que a autora conta a história de Hope desde antes de ela nascer, começando pela mãe. Mas então isso todo livro conta, não? Mas aí entra o que eu falei antes, conta muito de cada personagem, como se um livro de cada personagem dentro de um maior que contaria a história da Hope, já que todas essas pessoas a moldaram como uma adulta. Algumas vezes, eu pensei: mas para que está contando a vida dessa pessoa assim, a principal não é outra? Mas depois que você passa e vê que tudo se entrelaça, é bem impactante. 

Eu demorei para finalizar a leitura porque eu estava lendo outra série junto, e sendo fantasia, ela me chama mais que qualquer romance. Mas o livro não perde o ritmo, eu acho que tem algumas partes mais calmas, porque a vida é assim, a vida não é sempre tiro, porrada e bomba, tem épocas que é um mar de tranquilidade, e na vida de Hope não poderia ser diferente, e a ânsia de conhecer quem seria o par romântico dela, por fim, te leva a uma leitura mais acelerada, até chegar na parte do romance.

Uma coisa que também se destaca é a pesquisa que a Lesley fez para ambientar a história, tanto que no final do livro, ela explica o processo, que ela realmente viajou para os lugares para conhecer mais a história de onde se passa seu livro. 

No geral, Esperança foi uma surpresa agradável, assim como a escrita da Lesley que me prendeu durante todo o enredo. Se você procura uma história que mexa com você de várias formas, esse é o seu livro.


Compartilhe!

3 comentários :

  1. Olá!
    Um livro bem interessante e com um enrendo bastante enriquecido. Fiquei bastante curiosa pela historia da personagem e de como será essa jornada dela, como irá descobrir sobre sua verdadeira origem.. Espero poder ler em breve!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  2. Não conheço a escrita dessa autora, mas fiquei curiosa com essa historia, em poder acompanhar a protagonista e suas descobertas, achei interessante e ao mesmo tempo estranho focar em outros personagens, que não a principal, mas se tudo interliga isso que importa.

    ResponderExcluir
  3. Eu já li Belle da Lesley Pearse, ainda de quando estava na Novo Conceito. A escrita dela é bem fluída, e, pelo jeito, os livros são sempre pequenos tijolinhos. kkkk
    Gostei desse enredo e quero muito ler. Quero saber o que aconteceu com a garota depois que ela descobre as injustiças que sofreu.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei