02 abril 2019

[Resenha] A Noiva do Highlander - The McTiernays #1 - Michele Sinclair



O escocês Conor McTiernay sonhou a vida inteira com um amor verdadeiro e duradouro. Mas ele sempre se deparou com uma situação oposta... As mulheres sempre o desejavam por causa de suas terras e títulos. Por isso, ele decidiu que nunca iria se casar. Mas isso mudou quando ele viu, pela primeira vez, uma mulher vinda da Inglaterra, encontrada escondida na floresta. Por trás da sujeira, ele tinha certeza de que Laura Cordell era uma mulher linda. Porém, ela conseguiria provar a ele que, ao contrário das outras mulheres que só queriam seduzi-lo por interesses materiais, ele tinha encontrado, de fato, uma esposa a quem poderia entregar seu coração?







Livro: A Noiva do Highlander  || Série:  The McTiernays #1 || Autor: Michele Sinclair 
Editora: Astral Cultural| Ano: 2017 ||  Gênero:  Romance, Highlander
 Classificação:  2.5 estrelas ||  Resenhista: Lud 

Bora começar um livrinho de highlanders, que é um dos assuntos que eu mais amo ler, e isso não é segredo para ninguém. Peguei o livro, porque estou na saga de ler editoras diferentes, e esse me chamou a atenção. A série já foi publicada antes, como romance de banca. No total temos oitos livros publicados em inglês. 

Conor McTiernay é um chefe Highlander de muito prestígio entre seu povo, conhecido e respeitado por todos. Connor chama a atenção por ser um líder jovem. E esse é um dos seus aborrecimentos, em particular, a atenção que chama das mulheres. Depois de alguns anos, aprendeu a não cair na conversa delas e deixar ser manipulado. Um dia, ele sonha encontrar uma mulher especial e construir uma família, mas agora, desacreditado na instituição do matrimônio, ele é conhecido como um homem que nunca irá se casar. Até que ele encontra Laurel no meio da floresta. 

Laurel finalmente estava a caminha da casa do avô, para viver definitivamente com ele e deixar Londres e seu meio-irmão para trás. Mas no meio do caminho é atacada e sequestrada. O seu sonho sendo realizado, de uma hora para outra, se transforma em pesadelo. Em um lugar desconhecido e cercada por homens odiosos, Laurel pensa que é o fim, mas consegue escapar. 

Agora, correndo sem parar e com medo de que eles estejam atrás dela, Laurel está focada apenas em achar as terras de seu avô e ficar segura, mas seu caminho acaba se cruzando com um poderoso Highlander. 

No primeiro momento que a vê, Connor sente que aquela mulher será dele, e então ele promete uma casa por algum tempo e proteção até que o inverno passe e ela possa achar seu avô. Mas Connor tem planos diferentes para essa linda moça inglesa...

"[...] Então ele percebeu o quão perto esteve de perder o controle. Não podia fazer isso. O casamento não era para ele. Laurel não era para ele. Conor reconhecia o desejo, mas não para onde isso o levava. Ele não se comprometia com mulher alguma."


Não entendo as editora e essas capas. O moço é um highlander, ele não usa esse tipo de roupa, destoa totalmente do enredo do livro. Para ser sincera, eu não gostei, não. Eu sei que tem toda uma pesquisa de marketing para saber o que vende ou não, mas algo que foge tanto assim da história eu acho complicado. 

Falando da história em si, o enredo é como todos os de highlanders que lemos, o que sempre diferencia é a forma como o autor conduz o enredo, e a Michele se enrolou um pouco nesse, literalmente. A leitura é muito lenta, a história dá voltas e voltas, e várias vezes os assuntos se repetem, o que torna maçante ler o livro. E olha que ele é grandinho para livros desse gênero. 

Outra coisa para se destacar é a mocinha. Ela tem a personalidade que eu gosto nesses livros, é corajosa, se impõe e não se deixa ser submetida, mas isso foi só no começo do livro. Depois, a personalidade dela meio que ficou apagada pela do Connor. Ela não mais se impunha como antes, começa a aceitar muitas coisas dele, e aquela Laurel brilhante vai se apagando aos poucos.

Connor é o típico highlander, com aquele dever de proteger a todos, que é mais acentuado por ser o chefe do clã, e ter que colocar todos acima do seu próprio bem-estar. Claro que isso é uma das características do todos os homens nessa posição.

A relação do dois foi um pouco confusa. Eu entendo que ambos são bem diferentes, mas não trabalham muito para se entenderem, os dois se impõem, sim, mas não resolvem o problema. Ao contrário, cada um vai para o seu lado emburrado e a história corre. Acho que essa dinâmica entre eles não funcionou muito bem, para mim, é claro. 

Outro problema foram os diálogos, ao meu ver bem rasos, e ao invés de destacar os personagens, os deixaram fracos e com pouca profundidade. Então, tive dificuldade de acompanhar a construção de relacionamento do casal, o que não ajudou a acreditar no relacionamento entre eles, não senti aquela conexão de ambos, e isso estragou todo o romance do livro para mim.

Depois de tudo isso, você se pergunta se deve ler o livro, e a minha resposta nunca mudará, ela sempre será: Sim. Porque leitura é muito pessoal, e você pode gostar mais do que eu da história. Assim como há muitas resenhas positivas do livro que confirmam isso. E apesar de não ter me dado bem com esse primeiro livro da série, fiquei curiosa para os livros dos irmãos.


Compartilhe!

6 comentários :

  1. Lud!
    Concordo, a capa nada haver com Highlanders que amo tanto e pelo visto a leitura também não foi das melhores, lenta e arrastada, nossa, nem imagino um livro com os maravilhosos Highlanders ser tão devagar... uma pena.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso que me incomoda quando a capa não tem nada a ver com a história kk. E também não gosto de escrita lenta, ainda mais em romances de época que são gostosos e rapidos de ler.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei achando que tudo ficou bem confuso. Tão confuso que nem souberam a roupa adequada para utilizar no mocinho na capa do livro. kkkkkkk
    Não gosto quando a capa destoa do conteúdo. Eu sempre procuro os personagens na capa.
    Outra coisa, talvez o livro pudesse ser menor se tantas coisas não se repetissem, né?
    Não me senti muito animada com tudo isso para iniciar essa leitura. Mas fica a dica.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Bom, eu as vezes concordo com você em relação a capa, mas fazer o que né. A trama tem uma premissa ótima e fiquei muito curiosa em ler e claro que adoro um romance assim né.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  5. Oito livros acho muito, estou correndo de séries com muitos livros, mas não me chamou a atenção devido ficar repetindo as coisas e ser uma leitura cansativa, isso desanima e por a protagonista não continuar sendo como era no começo, parece que a historia foi elaborada, meio as pressas e não teve o aprofundamento que merecia.

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei muito da resenha desse livro, sem contar que sou fã de romances de época e que envolva highlanders, acho muito legal. Com certeza cada leitura é pessoal, mas so pela capa do livro, ja me conquistou. Mas um livro para as compras.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei