10 setembro 2021

[Review] The Coincidence of Callie & Kayden - The Coincidence, 01 - Jessica Sorensen



Há aqueles que não recebem a sorte entregue em uma bandeja de prata, que acabam no lugar errado e na hora errada, que não são salvos.
A sorte não estava do lado de Callie no dia de seu aniversário de doze anos, quando tudo foi roubado dela. Depois que tudo acabou, ela bloqueia seus sentimentos e jura nunca dizer a ninguém o que aconteceu. Seis anos depois, seu passado doloroso consome sua vida e a maioria dos dias é uma luta apenas para respirar.
Desde que Kayden se conhece por gente, sofrer em silêncio foi a única maneira de sobreviver a vida. Enquanto ele fez o que lhe foi dito, tudo estava bem.
Uma noite, depois de cometer um erro terrível, parece que sua vida poderia ser mais. A sorte estava do seu lado, quando Callie coincidentemente está no lugar certo, na hora certa e o salva.
Agora, ele não consegue parar de pensar sobre a menina que ele viu na escola, mas nunca soube. Quando ele acaba na mesma faculdade que Callie, ele faz tudo o que pode para tentar conhecê-la. Mas Callie é reservada e fechada. Quanto mais ele tenta ser parte de sua vida, mais ele percebe que Callie pode precisar de ser salva.

 
Livro:  The Coincidence of Callie & Kayden|| Série: The Coincidence, 01 || Autor: Jessica Sorensen
Ano: 2012 ||  Editora:   Forever || Gênero: Romance 
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Daiana

“Apesar de ser insignificante, é importante uma contradição de si mesmo.”

 Desde que eu vi a capa desse livro e li a sinopse, fiquei com muita vontade de lê-lo. Só essa capa me faz querer sair do meu corpo! :3

Callie e Kayden moram no mesmo bairro, estudam na mesma escola, e suas famílias de vez em quando interagem em algum tipo de evento. Mas não é como se um fizesse de fato parte da vida do outro. Ao buscar seu irmão em uma festa na casa de Kayden, Callie se vê diante de uma cena que será a responsável por mais tarde, aproximá-los de uma forma que eles jamais sonhariam e totalmente inesperada. E isso não demora muito, pois quatro meses depois eles descobrem que estão começando o ano na mesma faculdade.

“— Eu posso lidar com cicatrizes, especialmente as que estão do lado de fora.”

Callie esconde um terrível segredo, por conta dele, é uma garota tímida, reservada que desde os doze anos tenta ser invisível e passar despercebida com suas roupas largas e sua maquiagem excessivamente preta por tudo e diante de todos.

Kayden é um garoto quebrado de  inúmeras  maneiras e assim como Callie,  enxerga a faculdade como uma forma de se afastar de toda a bagunça em que se resumiu sua vida até agora. Tudo o que Callie e Kayden mais desejam, é poder deixar verdadeiramente o passado para trás. É acreditar na possibilidade e na existência de coisas felizes.

“É incrível como as coisas que você lembra para sempre são as coisas que você preferiria esquecer e as coisas que você quer desesperadamente se agarrar parecem escapar como areia no vento.”

Ao se encontrarem e se reconhecerem na faculdade, Kayden e Callie engatam em marcha lenta uma amizade bonita e profunda. Inicialmente Callie é relutante, mas aos poucos se permite conhecer melhor Kayden, e até mesmo ultrapassar alguns dos seus próprios limites. Juntos com Seth, único e melhor amigo da Callie e Luke, melhor amigo do kayden, eles formam um quarteto que nos garante muitas cenas fofas e divertidas. Seth é maravilhoso, com seus próprios traumas, mas cheio de alegria e uma vontade de viver contagiante. Ele e Callie fazem uma lista de coisas que eles devem fazer, e alguns itens dessa lista são dados como títulos dos capítulos no livro. =]

“Na existência das nossas vidas, há uma única coincidência que nos une e por um momento, nossos corações batem como um só.”


A narrativa é intercalada entre Callie e Kayden – e eu realmente adoro isso nos livros – você pode se aprofundar mais na mente, na personalidade e no peso da dor que nossos protagonistas carregam. 

O romance se desenvolve gradualmente, vemos a forma como eles lutam contra o que sentem por não se acharem merecedores um do outro e é gratificante e envolvente lermos a maneira como eles vão superando isso a cada página e conseguindo enfim acreditar que pode sim existir uma nova forma de viver para os dois. 

E claro, Seth e Luke fizeram um ótimo trabalho como cupidos! Personagens secundários são tão incríveis! Eu estou sempre me apaixonando por eles. É inevitável! Espero conhecer um pouco mais da historias dos dois no próximo livro. A história termina em um momento de tensão, no seu ápice, e tudo o que você consegue pensar é em começar imediatamente a Redenção de Callie e Keydan‼

“ Crie memórias que pertencem a você”


Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei