24 março 2019

[Resenha] Professor Feelgood - Leisa Rayven

Romântico e atual, o guardado segundo livro da série de Mr. Romance (Masters of Love) traz o humor e os personagens envolventes característicos de Leisa Rayven. Asha Tate é uma ambiciosa assistente editorial. Romântica ao extremo, ela sonha com um amor que a leve às alturas. O homem ideal deve preencher todos os requisitos de sua longa lista – e talvez seja por isso que ela ainda não o tenha encontrado. Mas o romance fica em segundo plano quando o assunto é carreira, e tudo indica que ela está prestes a ser promovida. No entanto, para conseguir o cargo dos seus sonhos, ela deve achar um best-seller que balance o mercado editorial. Ela só não imagina que será balançada com ele. Em busca do próximo sucesso de vendas da editora Whiplash, Asha acaba entrando em contato com o Instagram do misterioso Professor Feelgood, que tem milhões de seguidores e um grande potencial de vendas. Mais do que apenas fotos sensuais de seu incrível corpo, o Professor posta poemas angustiados que atingem em cheio a sua alma. Mas o homem por trás da página acaba sendo bem diferente do que ela imaginava. Claro, seu corpo é lindo e seu rosto é de morrer, mas ele é intenso, arrogante e parece ter raiva do mundo todo – principalmente dela. Logo, o projeto dos sonhos de Asha parece ter tudo para se tornar um grande pesadelo. Para piorar, a atração que parece queimar entre ela e o Professor não ajuda em nada a manter sua cabeça no lugar. Dividida entre traumas do passado, sua carreira ascendente e sentimentos conflitantes, Asha terá que descobrir como publicar um sucesso editorial, resolver suas questões pessoais e, acima de tudo, lidar com o complexo professor.

Livro: Professor Feelgood ||  Autora: Leisa Rayven ||Editora: Globo Alt
Classificação:  3 estrelas || Resenhista: Tainara
 Ano: 2018 || Gênero: Romance, New adult

Professor Feelgood é o segundo livro da série Masters of Love, da Leisa Rayven e nesse livro vamos conhecer a história de amor de Asha e do Professor Feelgood. O primeiro livro é o Mr. Romance (que tem resenha no blog). Feelgood pode ser lido independentemente pois é outro casal.

O que dizer desse livro que eu esperava muita coisa e, no fim, não foi condizente com minhas expectativas? Infelizmente, foi o que aconteceu. Quando vi a pré-venda fiquei em êxtase, super ansiosa, fazendo minhas contas para comprá-lo, até que chegou o GRANDE DIA, comprei o ebook, (porque sou dessas, compro o ebook, se amar compro o livro) e comecei a ler. Li, li, li e cheguei no final com aquele gostinho de que poderia ser melhor. Eu esperava um livro mais leve, com uma carga emocional bem suave, mas tive o inverso. Muito drama.
“Se duas pessoas se amam, não deveria existir nada que as mantivesse separadas."
Asha trabalha em uma editora e sua promoção depende de encontrar um best seller. Ela segue um perfil no Instagram com o nome de Professor Feelgood que posta poesias agregadas a fotos de um corpo escultural, o que acaba por fazer um grande sucesso com as mulheres. Está chegando o dia de apresentar o best seller, mas ela não tem o nome de ninguém em mente, até que tem a ideia de lançar um livro com as poesias do Professor Feelgood e entra em contato com ele. Só que ela não esperava a surpresa que essa ideia iria lhe trazer...

Professor Feelgood é um homem desconhecido, porém, seu perfil no Instagram é muito conhecido, com poesias inquietantes e fotos sensuais que não revelam seu rosto, apenas um corpo formoso. Em meio todo esse sucesso o Professor recebe a proposta de Asha para publicar seu primeiro livro. Não temos o que falar do Professor sem entregar a história toda então ficaremos por aqui.
“Às vezes, precisamos expurgar o passado pra alcançar o futuro.”
A história começa a nos trazer surpresas a partir do momento que tem o encontro da Asha e com Professor. Eu fiquei bem surpresa, não vou mentir, foi tipo “WHATS?”, mas a Asha começou a nos explicar o que tinha acontecido e o porquê daquele melodrama todo, até aí tudo bem, entendível.

Só que a Leisa quis colocar uma carga mais dramática e aí sobrecarregou o Professor, porque ele acabou se tornando um personagem muito sombrio. Ele tinha uma carga emocional muito triste e tinha momentos no livro que não precisávamos de todo esse drama, e sim de um personagem mais leve e dinâmico para aquele momento. Isso foi algo que me incomodou, mas pode ser que para você que está lendo essa resenha, o livro seja incrível, ok? Por isso que eu digo que é essencial que você leia também para tirar suas conclusões.



Eu não direi que fiquei decepcionada ao todo porque tem partes engraçadas, podemos rever o casal do primeiro livro e tem as poesias do Professor, que eu tenho que admitir: SÃO INCRÍVEIS. Se realmente existisse um perfil como o dele com certeza eu estaria seguindo e suspirando de amor.

“Estar com você era fácil como respirar. Até que não mais.
Um dia, sem aviso, eu te olhei e todo o ar se foi.
Odeio que meus sentimentos tenham mudado.
E odeio ainda mais que os seus não.”

Outro ponto positivo da história é que é contada em 1ª pessoa e pelo ponto de vista da Asha, então conseguimos viver o que ela está vivendo ao seguir o perfil no instagram, ao ser respondida pelo Professor Feelgood, a surpresa que ela tem, a intensidade dos sentimentos, e tudo mais. A Leisa consegui transpor isso muito bem com o enredo em primeira pessoa e é uma das coisas que facilita mais ainda a fluidez da leitura.

Tenho que dizer que a primeira coisa que me chamou atenção no livro em si foi a capa, linda demais, achei bem coerente com a história. Peguei rapidamente no físico na livraria e dei uma folheada, então sei que a diagramação está maravilhosa. Como sempre Globo Alt trabalha maravilhosamente nas folhas e nos entrega livros esplêndidos. 
" A única coisa pior do que não encontrar sua alma gêmea é encontrá-la e perceber que vocês são duas partes do mesmo trem viajante em direções diferentes."
O que mais me incomodou na história foi o drama porque no todo o livro foi muito bom. A escrita da Leisa continua leve, mesmo a história não me conquistando, não tive problemas em fazê-la fluir rapidamente, tanto que terminei o livro em algumas horas. 
"Você não deveria ter que lutar por amor, Asha. Esse é todo o ponto. Se duas pessoas se amam, não deveria existir nada que as mantivesse separadas. Mas isso só funciona se as duas se sentem da mesma forma, ao mesmo tempo. E não importa quão romântica você seja, você precisa admitir que as chances de isso acontecer são raras."


Compartilhe!

4 comentários :

  1. Adoro livros que são ambientados nesse mercado editorial. Asha parece ser cabeça feita e decidida no que quer mas que balança quando vê o amor a sua frente. O professor por outro lado parece ser mais reservado e machucado pelo passado, mas mesmo com tantas dores dos personagens a autora inseriu até a comédia na leitura. Fiquei bem curiosa, gostei bastante da ideia que a Leisa teve de colocar os poemas do personagem nas páginas, deixa tudo ainda mais real. Quero ler

    ResponderExcluir
  2. Não li o primeiro livro, é uma pena que esse deu uma exagerada no drama, pois parecia interessante essa historia da publicação do livro, daria para desenrolar um bom romance daqueles bem envolvente. Mas é bom que a historia diverte, gosto de livros que fazem rir, achei interessante o professor não colocar o rosto nas postagem da um ar de misterioso.

    ResponderExcluir
  3. Tainara!
    Tenho Mr. Romance aqui, mas ainda não li.
    Uma pena o livro ter desejado a desejar.
    De minha parte, gosto quando o livro é mais dramática, porém fiquei em dúvida, já que o protagonista se tornou um tanto sombrio...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei