28 fevereiro 2019

[Resenha] Um estranho irresistível - Lisa Kleypas





A autora de best-sellers do The New York Times, Lisa Kleypas, lança o conto de uma jovem de beleza não convencional que encontra em um espião uma irresistível paixão. Uma mulher que desafia seu tempo. Dr. Garret Gibson, a única médica mulher na Inglaterra, é tão ousada e independente quanto qualquer homem – por que não lidar com os próprios desejos como se fosse um? No entanto, ela nunca ficou tentada a se envolver com alguém, até agora. Ethan Ransom, um ex-detetive da Scotland Yard, é tão galante quanto secreto, e sua lealdade é um verdadeiro mistério. Em uma noite emocionante, eles cedem a uma poderosa atração mútua antes de se tornarem estranhos novamente. Um homem que quebra todas as regras. Ethan tem pouco interesse pela alta sociedade, mas é cativado pela preciosa e bela Garrett. Apesar da promessa de resistir um ao outro depois daquela noite sublime, ela logo será atraída para sua tarefa mais perigosa. Quando a missão dá errado, Garret usa toda a sua habilidade e coragem para se salvar. À medida que enfrentam a ameaça de uma traição do governo, Ethan fica disposto a assumir qualquer risco pelo amor da mulher mais extraordinária que já conheceu.

Livro:  Um Estranho Irresistível|| Série: Os Ravenels 04 || Autor: Lisa Kleypas
Ano: 2019 ||  Editora: Arqueiro  || Gênero: Romance de Época
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Gaby

Skoob || Compre || Editora

Esse livro é mais um capítulo da história da incrível família Ravenel. Os personagens escolhidos dessa vez são Garret Gibson e Ethan Ransom, ambos apareceram no segundo livro da série como contratados de Rhys Winterborne. Em um primeiro momento quando li a sinopse e vi que esse livro traria a história deles fiquei confusa, por mais que a Dra. Gibson tenha brilhado no último livro salvando a vida de Pandora, ambos os personagens eram extremamente secundários na série, e ainda temos dois membros da família Ravenel solteiros, simplesmente não fazia muito sentido pra mim. Subestimei muito o livro antes de ler, e não poderia ter me surpreendido mais com esses personagens e com a história.
"As pessoas sempre dirão que nossos sonhos são impossíveis.
Mas isso não pode nos impedir, certo? A menos que concorde com elas."
De um lado temos Garret Gibson, a ÚNICA médica mulher de toda a Inglaterra, e como se isso ainda não fosse suficiente, ela é simplesmente brilhante no que faz. No último livro da série ela realizou uma cirurgia extremamente arriscada em uma das irmãs Ravenel, usando técnicas extremamente novas e demonstrado uma habilidade tremenda. E como nossa boa doutora também tem um coração de ouro, ela atende várias pessoas carentes nas áreas mais pobres da Londres vitoriana, perambulando por ruas perigosas com seu bastão de caminhada e batendo em engraçadinhos que a tomam como uma dama indefesa.

Sendo nossa heroína uma mulher totalmente não convencional, ela está conformada em nunca se casar, aliás ela nem quer ser submissa a um homem. Até conhecer o misterioso Sr. Ransom. Ethan é um agente secreto, que no momento está traindo o próprio empregador, pois acredita que ele está por trás da organização de vários ataques terroristas contra a população inglesa. Ou seja, o momento não poderia ser mais errado para ele se aproximar de Garret sem expô-la ao perigo de sua profissão. O grande problema é que por mais racionais que os dois sejam, não existe maneira de mandar no coração.
"- O que você quis dizer sobre o coração?

- Que ele não passa de um músculo oco.

- É claro que não. O coração é mais do que isso.

Ethan soou vagamente indignado, como um garotinho que acabou  de descobrir que o Papai Noel não existe.

-Simbolicamente, sim. Mas as emoções não vêm dele de verdade.
- Vêm sim - insistiu Ethan, pressionando a palma da mão dela cojtra o peito, para que Garret sentisse as batidas fortes.- O amor que eu tenho por você... eu sinto ele aqui, bem aqui. Meu coração bate mais rápido por conta própria quando penso em você. Doí quando estamos separados. Eu não dou nenhum comando, ele faz tudo sozinho." 


O livro é muito diferente dos outros romances históricos que eu já li. Estamos acostumados com protagonistas aristocratas, em passeios no Hyde Park, casas suntuosas, criados. Nossos protagonistas não nasceram aristocratas, e por mais que frequentem bailes e convivam com os Ravenels, várias partes da história se passam em partes de Londres que não são comuns aos romances tradicionais. Ruas escuras de áreas pobres, feiras de rua onde as pessoas comuns vão para comer e se divertir, entre outros. E essa é uma característica muito marcante da Lisa, ela tem uma atenção enorme aos detalhes históricos, e nesse livro isso atinge um ápice, a atenção para que as práticas de Garret estejam de acordo com a medicina da época, trazer a poluição alarmante do rio Tâmisa como um elemento da história, localizar Ethan no meio da ação governamental desse período que estava lidando com grupos de radicais irlandeses lutando pela independência, tudo isso contribui para deixar o livro mais interessante e não só mais um romance água com açúcar.

A cada resenha dessa série que escrevo aqui eu digo "esse é meu novo livro favorito da Lisa", e bem, aconteceu de novo aqui. Isso é só mais uma prova do quanto essa série está se mostrando um dos melhores trabalho da autora. A história de Garret e Ethan está repleta de ação, romance, comédia e mistérios, se tornando assim uma leitura obrigatória para os amantes de romances históricos.

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei