12 janeiro 2019

[Resenha] Nocte - Nocte 01 - Courtney Cole

Resultado de imagem para nocte

Nocte é o primeiro livro da trilogia que leva o mesmo nome, publicado pela Editora Verus. Aqui conheceremos os irmãos gêmeos Calla e Finn Price, eles são muito ligados um ao outro e isso faz com que eles tenham uma bela ligação. Calla tem um senso de proteção muito grande em relação a seu irmão que sofre de esquizofrenia. Contudo, Calla perdeu sua mãe recentemente em um acidente de carro, e carrega consigo a culpa dessa morte, já que falava ao telefone com sua mãe, quando tudo aconteceu. Seu pai após a perda se fechou em seu próprio mundo e agora cabe a Calla, cuidar do seu irmão e da sua família para que ela não desmorone.
Tudo está prestes a mudar quando conhece Dare DuBray, um cara sedutor, que desperta nela sentimentos jamais sentidos, a partir desse momento, Calla se sente divida entre o amor que sente pelo seu irmão e o sentimento que sente por Dare, ela sabe que não pode ter os dois e fazer essa escolha pode ser mais difícil do que ela imaginou.


Livro: Nocte || Autor: Courtney Cole || Série: Nocte 01
Editora: Verus || Classificação: 4 estrelas || Resenhista: Marlene
 Ano: 2018 || Gênero: Ficção, Romance, Suspense e Mistério, 

Nocte é o primeiro livro da trilogia que leva o mesmo nome, publicado pela Editora Verus. Aqui conheceremos os irmãos gêmeos Calla e Finn Price, eles são muito ligados um ao outro e isso faz com que eles tenham uma bela conexão. Calla tem um senso de proteção muito grande em relação a seu irmão que sofre de esquizofrenia. 

Contudo, Calla perdeu sua mãe recentemente em um acidente de carro, e carrega consigo a culpa dessa morte, já que falava ao telefone com sua mãe, quando tudo aconteceu. Seu pai após a perda se fechou em seu próprio mundo e agora cabe a Calla, cuidar do seu irmão e da sua família para que ela não desmorone. 

Tudo está prestes a mudar quando conhece Dare DuBray, um cara sedutor, que desperta nela sentimentos jamais sentidos, a partir desse momento, Calla se sente divida entre o amor que sente pelo seu irmão e os sentimentos que cresce cada vez mais por Dare. Ir atrás da sua felicidade e colocar Dare em primeiro lugar? Ou ficar e cuidar do seu irmão, que precisa dela mais do que nunca?


Nocte foi uma leitura que me tirou muito da zona de conforto, foi um livro cheio de reviravoltas e emoções, contudo, senti que a autora se perdeu demais no romance, o que acabou deixando a leitura um pouco maçante para mim, pois, espera mais, mais problemas familiares, mais da relação entre Calla e Finn, mas tudo isso foi deixado de lado com a chegada de Dare. 

Finn foi um personagem que me deixou com um grande ponto de interrogação, ele sofre de esquizofrenia e isso escorre em cada página, principalmente no seu diário, onde ele faz os seus desabafos e mostra para o leitor um pouco do seu lado insano, eu gostaria que a autora tivesse trabalhado mais o personagem e as suas nuanças. 

"Segredos. Todo mundo tem um."

Calla foi uma personagem por quem simpatizei bastante no início, principalmente pelo cuidado e carinho que ela tinha pelo seu irmão, contudo, quando Dare entrou na sua vida ela mudou totalmente e isso me incomodou bastante. O romance entre Calla e Dare não é saudável e beira a obsessão. Assim como diversos outros livros, assuntos importantes foram deixados de lado para que o romance fosse desenvolvido, contudo, infelizmente, o romance e os personagens não me convenceram. 

A narrativa é feita em primeira pessoa alternando entre Calla e Finn. Um dos pontos que eu gostei muito foi o final, eu confesso que já esperava algo parecido, mas ainda fui pega de surpresa, o livro deixou algumas perguntas em aberto e  acredito que eles serão respondidos nos próximos volumes. No contexto geral, Nocte foi uma leitura interessante, que teve seus pontos baixos e os vários estereótipos já visto em outros livros, mas que apesar disso, me deixou curiosa para saber o que vem a seguir.

Compartilhe!

2 comentários :

  1. Que situação difícil para a personagem o irmão ou o cara por quem ela tem sentimentos. É uma pena que teve alguns pontos que deixaram a desejar, mas mesmo assim parece ser uma historia muito boa fiquei querendo ler, o irmão dela poderia ter rendido um bom assunto ainda mais por ter esquizofrenia a autora deveria ter aprofundado no tema. Gosto quando tem romance, mas não ha necessidade de focar muito nele e deixar o resto de lado.

    ResponderExcluir
  2. Marlene!
    Livros que trazem problemas familiares e que abordam mais a psique dos envolvidos, sempre me atraem.
    Parece um daqueles livros em que mergulhamos de cabeça para acompanhar todos os dramas e segredos a serem revelados, trazendo reviravoltas inesperadas.
    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei