14 janeiro 2019

[Resenha] Como Num Filme - Recomeços 0.5 - Lauren Layne


“As regras são claras... até o momento em que são quebradas. Neste livro da série Recomeços, conheça a história de Ethan. As únicas coisas que o mauricinho Ethan e a rebelde Stephanie têm em comum são o curso de cinema na Universidade de Nova York e o roteiro que precisam desenvolver juntos. Mas, quando a proposta de recriar clássicos de Hollywood se confunde com a realidade, eles acabam se tornando os protagonistas de uma história de amor digna de Oscar! Ela quer um quarto confortável em uma boa casa. Ele quer ficar longe de sua ex. Eles precisam de uma boa nota. Convencidos a ajudar um ao outro, os dois entram em um acordo: Stephanie será a namorada de mentirinha de Ethan enquanto ele a deixa morar em seu apartamento. Para isso, ela deverá fingir ser uma perfeita lady: discreta, arrumadinha e, claro, completamente apaixonada… igualzinha à personagem do filme que estão criando. Contudo, à medida que os dois se aproximam, Ethan se vê completamente apaixonado pela garota cheia de mistérios e contradições ao seu lado. Agora, ele vai ter que decidir: será que seus sentimentos são pela Stephanie de verdade? Ou apenas pela versão que ele criou?”

Livro:  Como Num Filme || Série: Recomeços #0.5 ||  Autora: Lauren Layne 
Editora: Paralela || Classificação: 4 estrelas || Resenhistas: Karla e Luiza

 Ano: 2018|| Gênero: Romance, Adulto


Como Num Filme é o prequel de Em Pedaços e vai contar a história de Ethan Price, ex-namorado da Olívia. Este livro pode conter spoilers do livro 1, então cuidado!

Nós começamos este livro sem pretensão nenhuma de gostar, pois tínhamos muita expectativa com Em Pedaços e não curtimos tanto. Como é bom estarmos enganadas! Definitivamente esse livro é bem melhor!

O Ethan, assim como Olívia, tinha tudo o que queria na vida, nunca precisou se preocupar com nada e achava que entedia o seu papel no esquema familiar. Ele conhece seu futuro e o aceita. Gosta de estar no meio de todos os negócios que envolvem sua família e parceiros, consegue ver muito bem o seu futuro administrando tudo.

Mas, a vida dele vira de cabeça para baixo ao perder, no mesmo dia, não só sua única namorada, como seu melhor amigo, e mais ainda, vê sua mãe destruir o mundo perfeito em que ele achava que vivia. Para não enfrentar toda sua família e amigos, Ethan pede um favor ao seu padrinho, um renomado produtor de cinema, para participar de seu curso de verão, dando uma desculpa de querer mudar de ares. Ele não sabia que essa decisão mudaria o curso total de sua vida pré-planejada.

Stephanie, uma linda garota gótica baixinha não quer contato com ninguém, muito menos com sua nova família. Ela já sofreu demais e não quer fingir gostar de fazer amigos ou ter uma vida social. Tem tanta raiva e mágoa dentro de si e quando o semestre chega ao fim,  se vê sem moradia para o verão, e sabe que voltar para casa não é uma opção. Assim, Stephanie consegue uma vaga em um curso de verão. Ela só precisa achar uma casa para ficar. Como sua amiga viajou, ela pede para ficar no apartamento de seu ex-namorado, o que é uma droga total. Porém, ela não tem mais amigos e nenhuma outra saída. Ela não sabe que fazer esse curso de cinema vai mexer com tudo o que acha certo e vai mudar sua vida para sempre.

Então, em um lindo dia de verão, ela tropeça em um mauricinho bonitão, que não consegue tirar os olhos de seus seios! Tudo que havia na mochila está no chão e os dois tem uma breve conversa sarcástica. Ela acha que consegue saber tudo dele só pelas roupas e estilo e ele a julga do mesmo jeito por sua aparência. O que eles não sabiam é que estariam juntos no mesmo curso e acabariam como parceiros de trabalho. Ethan e Stephanie precisam criar um roteiro de filme!

"Por um segundo, é como se Stephanie me entendesse. Como se soubesse que só faço pose e que minha vida é uma grande bagunça por baixo das marcas de luxo e da herança."

Como Ethan ajudará Stephanie a se encontrar? Mostrar que não existe só preto, mas cinza e cor. Como ela vai ajudá-lo a enxergar que existe mais dele do que aparenta? Que ele esconde gentileza e conteúdo debaixo de polos bem passadas e um sorriso praticado. Amar pode ser mais simples do que eles acham.

"Quem diria que fingir que não está se apaixonando por alguém seria muito mais difícil que o contrário?"


Como Num Filme foi bem melhor que Em Pedaços e realmente foi um prazer ver o crescimento do Ethan e Stephanie. O Ethan é uma graça e, diferente de alguns livros que lemos, por mais que esteja perdido, ele não deixa de ser uma boa pessoa. Ele é gentil, dedicado, inteligente, fiel e amável. E diferente de Olívia, a Lauren criou um enredo para ele bem construído. A perspectiva da traição é totalmente diferente para ele, porque não é só isso que acontece. O mundo do Ethan colapsa de uma vez em um dia só. A gente sente a dor, a indecisão e o conflito e a cura dele é linda de se ver. Ele entende que precisa perdoar para seguir em frente, e o resto é com cada um.

"Não consigo afastar sua dor. Mas talvez possa contribuir com seu orgulho."

Stephanie deu nos nervos em alguns momentos, mas você também consegue entender a amargura, a raiva e rancor. E quando ela vê que existe cor além do preto e que pode ser o que quiser, é como se olhássemos para o céu e um arco-íris se abrisse. O perdão, a descoberta, a aceitação e o entendimento que ela busca mostra o crescimento dela em relação a si mesma.

"Algo está mudando, e é crucial e perigoso, mas eu quero que mude mesmo assim."
A escrita é fluida, uma marca da Lauren, e dessa vez ela acertou na trama e o enredo nos ganhou. Ela conseguiu construir um livro cheio de sentimentos e sobretudo, cheio de significados. Deu uma profundidade aos personagens e escreveu algo que ficamos felizes em acompanhar até o final. 

Ela nos questiona quando nossas escolhas são tiradas de nós. O que fazer com o que sobrou? Como construir uma relação linda de um lugar totalmente inesperado com alguém que você achava inadequado. Como seguir em frente e ser feliz com tudo novo, diferente e vibrante?

"Me escolha, penso, mas não digo. Ainda que queira."
Venha descobrir como o roteiro de Ethan e Stephanie vai mudar suas vidas e te fazer suspirar.

Compartilhe!

4 comentários :

  1. Não li o primeiro livro, aliás nenhum da autora, mas fiquei feliz que esse foi melhor, é tão gratificante quando isso acontece. Fiquei com dó do personagem logo no começo da resenha que barra que ele passou, já vi que é uma leitura que mexe com as nossas emoções. Deve ser gostoso acompanhar o crescimento e descobertas dos personagens, ele apesar de tudo que aconteceu, não ser uma pessoa revoltada e sair descontando em todo mundo isso é muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, gostamos muito mais desse livro! Parece outra autora!

      Excluir
  2. Karla!
    Bom saber que esse livro é ainda melhor que o anterior, mesmo que alguns trechos ttenham aflorado os nervos.
    Ainda assim, saber que é uma escrita fluida e boa leitura, causa interesse para a leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei