13 dezembro 2018

[Resenha]O Último Suspiro - Robert Bryndza

“Ele é o encontro perfeito. Ela é sua próxima vítima.”
Quando o corpo torturado de uma jovem é encontrado em uma lixeira, com os olhos inchados e as roupas encharcadas de sangue, a Detetive Erika Foster é uma das primeiras a chegar na cena do crime. O problema é que, desta vez, o caso não é dela.
Enquanto luta para garantir seu lugar na equipe de investigação, Erika rapidamente encontra uma ligação desse assassinato com um crime não solucionado de uma jovem quatro meses antes. Jogadas em um local semelhante, as duas mulheres têm feridas idênticas e uma incisão fatal na artéria femoral.
Procurando suas vítimas nas redes sociais a partir de um perfil falso, o assassino ataca jovens bonitas escolhidas aleatoriamente.
Então, uma outra garota é sequestrada… Erika e sua equipe têm que chegar antes que ela se torne a próxima vítima. Mas como a Detetive Foster pegará um assassino que parece não existir?
Eletrizante, tenso e impossível de largar, O Último Suspiro fará você correr para a última página.

Livro:  O Último Suspiro  || Autor: Robert Bryndza 
Editora: Gutenberg || Série: Detetive Erika Foster #4
Ano: 2018  ||  Gênero: Suspense e Mistério.
 Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Anne

Erika Foster está de volta em mais uma missão contra o tempo. Dessa vez, ela está em busca de um assassino frio e calculista, que se esconde através do mundo virtual, tomando muito cuidado para não deixar pistas. Ele assassinou brutalmente uma jovem e deixou seu corpo mutilado abandonado em uma lixeira.

Erika foi uma das primeiras a chegar à cena e logo quis fazer parte da equipe de investigação, entretanto, devido ao seu gênio forte, ela mais uma vez se desentendeu com seus superiores e está trabalhando em outro setor, apenas com serviços burocráticos. Mas como sabemos, não é disso que ela gosta. O que ela quer mesmo é ir para as ruas investigar crimes e prender assassinos. Portanto, ela deixa seu orgulho de lado e pede desculpas a quem deve, para assim, poder comandar o caso.

Ao realizar algumas buscas, ela descobre que outro caso muito semelhante a esse ocorreu há 4 meses atrás e acredita que há uma ligação entre eles. Nesse meio tempo, outra garota some, da mesma forma que essas duas vítimas e uma corrida contra o relógio se inicia. 

"Preocupava-se profundamente com as vítimas e, como em muitos outros casos nos quais havia trabalhado ao longo dos anos, não eram apenas as terríveis circunstâncias das mortes que a assombravam, mas as vidas que haviam sido ceifadas tão prematuramente. Mulheres jovens com tanta vida pela frente: carreiras, filhos, férias e todas essas alegrias foram negadas a elas."


Cada vez que leio um livro dessa série fico ainda mais feliz. O autor nos proporciona ótimas histórias, contadas de uma forma ágil e eletrizante, que nos deixa com frio na barriga e ansiosos para descobrir o desfecho.

A estrutura permanece semelhante aos livros anteriores, os capítulos são curtos e narrados em terceira pessoa. Mais uma vez Robert Bryndza decidiu revelar a identidade do assassino lá pela metade do livro, assim é possível acompanhar toda a investigação de Erika juntamente com os passos do assassino em capítulos intercalados. Com essa revelação, temos a possibilidade de desvendar o Modus operandi do assassino em tempo real e a leitura ganha uma intensidade ainda maior.  

Dessa vez o autor seguiu um tema bem atual, que são os perigos das redes sociais. Claro, essa é uma obra de ficção, mas há muito da realidade em cada página.  Algumas pessoas se expõem demais no mundo virtual, o que pode atrair todo o tipo de pessoa. Nesse caso, o assassino caça suas vítimas através de perfis criados meticulosamente, com endereços impossíveis de rastrear. Nos capítulos onde ele aparece o clima muda, sua personalidade transborda maldade e rancor. O autor conseguiu transmitir muito bem esses sentimentos, o que trouxe a tona grande sensação de repulsa durante a leitura.

Além do caso, é muito interessante acompanhar o desenvolvimento dos personagens, por isso, mesmo que seja possível ler os livros separadamente, é legal que sejam lidos na sequência. A protagonista tem tomado decisões importantes mudanças estão acontecendo na delegacia e parece que muita coisa vai rolar no próximo volume. Ela continua com seus fantasmas do passado, e constantemente age de forma arrogante e se fecha, mas aos poucos tem cedido a tudo de novo que vem acontecendo ao redor.

Os personagens secundários continuam bem presentes e em sua maioria são os já conhecidos dos livros anteriores, o que dá uma boa familiaridade durante a leitura. Todos são bem elaborados, com características expressivas que combinam com a trama.

Para quem não gosta muito de séries por achar que fica muito arrastado ou algo do tipo, eu digo que nessa aqui vai encontrar exatamente o contrário. Cada livro tem uma história instigante, que não vai te deixar parar na metade. A série já conta com mais dois livros, que ainda não vieram para o Brasil, mas acredito que logo virá e estou esperando ansiosamente!

Compartilhe!

2 comentários :

  1. Gostaria de ler essa série, a parte ruim e ter que esperar os outros livros saírem e muitas vezes demoram. Adoro quando tem assassinatos nas historias, pois fica aquele mistério em volta de quem é o culpado, fiquei surpresa do autor não ter esperado até o final para revelar o assassino. É muito importante abordar as redes sociais, pois cada vez mais as pessoas se expõe na realidade e isso não é nada bom, gostei desse alerta. Eu sou daqueles que séries tem que ler na sequência para não perder nada rs.

    ResponderExcluir
  2. Eu já li os primeiros livros dessa série e eu não tive nenhuma experiência positiva com esse autor começando pelo livro A garota no gelo que foi decepção atrás de decepção o livro não só era previsível como tinha algumas cenas bizarras e eu não preciso nem mencionar o final que levou a história eu acabei tendo um pequeno trauma com o autor e eu com certeza não vou me aventurar neste novo Livro dele

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei