10 dezembro 2018

[Resenha] O Diário Perdido de Gravity Falls


Você possui em suas mãos o cobiçado diário do autor da série Gravity Falls, um tesouro de 288 páginas coloridas e sem dono, com segredos nunca antes revelados, monstros e mistérios da pacata cidade do Tivô Stan.
Com ele, você irá aprender a trágica história de Ford, o paradeiro de Blendin, qual é a Dimensão 52 e como atrair um “ornitorrinco xadrez”. Mas cuidado: este é um livro desejado por muitas forças sombrias, por isso fique alerta se qualquer um quiser tirá-lo de você (especialmente se tiverem olhos amarelos e brilhantes)! E, o mais importante, divirta-se. Afinal, não existe um lugar como Gravity Falls. Ou será que existe?






Livro:  O Diário Perdido de Gravity Falls||Autor: Alex Hirsch 
 || Editora: Universo dos livros || Classificação: 5 estrelas 
 Resenhista: Gi Derenzio ||   Ano: 2017 ||  Gênero: Ilustrado, Sobrenatural



O livro O diário perdido baseia-se em um diário que existe na série animada chamada Gravity Falls, produzida por Alex Hirsch em parceria com os estúdios Disney.

Gravity Falls é uma cidade madeireira no interior do Oregon, onde nós acompanhamos as férias de verão dos irmãos gêmeos Dipper e Mabel Pines. Os gêmeos passam as férias na casa do seu tio-avô Stanford Pines, um trapaceiro que transformou sua própria casa em uma ‘cabana de mistérios’, uma atração com várias criaturas, lendas e mistérios falsos para atrair e enganar turistas para conseguir dinheiro.

No primeiro dia de férias, Dipper, que foi mandado para pendurar placas na floresta pelo seu tio-avô Stan para indicar o caminho até a loja, acaba encontrando o Diário número 3 dentro de um mecanismo em uma árvore de metal. Após encontrar o diário, Dipper e sua irmã Mabel passam por várias aventuras para descobrir os mistérios da cidade e também seguem sua busca para tentar descobrir o autor dos livros.

O livro é uma cópia exata do diário que Dipper encontra, mas nele nós recebemos um bônus, que são as anotações diárias de Dipper e Mabel, recapitulando todas as suas aventuras e teorias além de uma nota final do autor dos livros, mostrando o futuro dos personagens e agradecendo por acompanhar as aventuras com a família Pines.


A qualidade das ilustrações é excelente e bem realista, parecendo que o livro foi realmente escrito à mão, além de mostrar desgastes, erros de anotação, respingos de tinta e sangue, desenhos das criaturas e entidades. Ele é todo ilustrado mostrando cada criatura documentada com o seu habitat, fraquezas, altura e peso, dúvidas ainda não respondidas sobre a criatura e o quão perigoso ela é.

Para as pessoas que gostam da série animada, o livro fecha um ciclo do desenho e é muito importante e significativo, pois serve de lembrança de todas as aventuras e do incrível universo de Gravity Falls, tornando-se provavelmente um item de colecionador.

Compartilhe!

2 comentários :

  1. Edição muito bonita e parece que esta bem caprichada, gosto quando tem ilustrações, não conhecia a série animada. Fiquei interessada adoro mistério e aventura, essa busca pelo autor deve deixar a leitura mais envolvente, fiquei curiosa em saber se vão conseguir encontra-lo.

    ResponderExcluir
  2. A edição do livro e realmente belissima mas eu não fiquei muito empolgada com essa leitura. Nunca assisti Gravity Falls mesmo vendo muita gente elogiando o desenho. Pra quem e fã do desenho esse é um grande lançamento.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei