18 dezembro 2018

[Resenha] Brigada dos Amaldiçoados - Albert Vaz & Vanessa Godoy


Da mesma criadora da Escola de Magia e Bruxaria do Brasil, chega às livrarias o primeiro livro ambientado neste universo mágico.
Hector é um garoto normal, veio de uma família de bruxos tradicionais e tudo que ele mais quer é entrar na Escola de Magia e Bruxaria do Brasil. Apesar de tudo que passou com seus pais, agora ele é feliz com seus avós, que o fazem acreditar no melhor lado dos bruxos. Porém, sua entrada para a EMB pode colocar em xeque todas as suas convicções sobre o que é ser vilão.
Quando ele se envolve com Alma Damas e assume o lugar de braço direito de Petrus Romanov na liderança das Serpentes, Hector precisa decidir se vai lutar por um mundo onde os puros-sangues devem tomar o poder ou se deve lutar para manter mestiços e não mágicos a salvo.
Agora, anos depois, e dando aulas na Escola de Magia e Bruxaria do Brasil em Campos do Jordão, Hector terá toda a verdadeira história de sua vida revelada e os alunos da EMB poderão finalmente saber se todos os boatos que correm o castelo são verdadeiros. O que aconteceu em 1996, o último ano letivo de Hector, Alma e Petrus, que culminou em uma guerra entre os bruxos no Brasil?
Escola de Magia: Brigada dos Amaldiçoados é o primeiro livro da saga que revelará os segredos escondidos por pessoas poderosas, expondo para todo o mundo os bruxos do mundo mágico brasileiro.


Livro: Brigada dos Amaldiçoados – Escola De Magia 
||  Autor: Albert Vaz & Vanessa Godoy
 Editora: Universo Dos Livros  ||  Ano: 2018Gênero:  Aventura/Fantasia
 Classificação: 2,5 estrelas || Resenhista: Gabi Leme


Participe do Top Comentarista de Dezembro
Brigada dos Amaldiçoados é uma história de bruxos que se passa na Escola de Magia e Bruxaria do Brasil. Somos apresentados a Hector Saião, um garotinho que mora com os avós porque perdeu os pais, e que em breve irá para a escola.



No decorrer do livro, conhecemos os amigos que Hector faz ao longo da vida escolar e suas influências sobre ele. Ele busca seguir o caminho correto de acordo com seus princípios, mas  percebemos as influências dos amigos, Alma Damas e Petrus Romanov em suas escolhas e na trajetória que acaba percorrendo em sua vida. É notável a forma como Hector muda após entrar em um grupo chamado Serpentes, e como Petrus consegue influenciá-lo diretamente ou por intermédio de Alma. Hector se apaixona por Alma e os dois vivem um romance e, por isso, ela acaba influenciando ainda mais suas convicções. 

Nosso protagonista tinha também alguns amigos que tentavam ajudá-lo a tomar decisões corretas: seu colega de quarto Marvil e Boris, um amigo que o avô apresentou. Porém, apesar de refletir sobre o que era certo ou errado, Hector acabou seguindo pelo obscuro. Percebemos como Petrus se torna cada vez mais poderoso como líder das Serpentes e com sede de poder e supremacia, sendo cada vez mais manipulador.

E nesse contexto que vamos acompanhar as aventuras desses três amigos em um mundo repleto de magia.  

Quando descobrirem sobre nós, a primeira coisa que farão será nos caçar.


Os autores tem uma escrita descritiva e, em alguns momentos, empolgante, sendo de maneira geral uma história fluida. 

O personagem Hector me incomodou durante a leitura por ser muito suscetível às manipulações de Petrus e Alma, e embora tivesse inicialmente boas intenções, nos deparamos com decisões questionáveis, e algumas vezes totalmente ruins. Além disso, algumas situações apresentadas na história nos deixam pensando - é sério? - por forçarem muito a barra em relação às escolhas dos personagens, que acabam se tornando um pouco rasos e com muitos motivos obscuros.

Toda a minha vida eu me deixei levar, como uma folha seca boiando neste riacho, passando por todo o caminho sem vontade própria ou opinião.

Embora tenhamos uma trama de fantasia, a história torna-se atual à medida que observamos as escolhas - boas ou ruins- de cada personagem, permitindo assim um paralelo com as diversas situações enfrentadas por nós, ou outras pessoas que convivemos, e as consequências dessas escolhas. 

O livro tem capa dura e uma ótima diagramação, além de lindas ilustrações e trás muitas reviravoltas e surpresas. Em alguns momentos é muito detalhista e em outros, surpreendentemente vago. Mesmo que o começo do livro explique bem o universo onde a trama se desenvolve, no final a impressão que fica é, o que eu li? A história acaba apresentado muitas situações que surgem de maneira abrupta e se resolvem da mesma forma, e por isso acabamos nos perdendo. 

A história tem uma ótima proposta, porém, acaba se perdendo no decorrer da trama, e espero que nos próximos livros desta série os autores consigam resolver estas questões para tornar tudo mais envolvente. 

Indico este livro para quem gosta de fantasia e tramas leves, além de ser excelente para adolescentes que podem vivenciar através da leitura, momentos de decisões na vida dos personagens e assim refletir sobre o que acontece a partir das escolhas de cada um e como se aplica ao mundo real.

Compartilhe!

4 comentários :

  1. Adoro fantasia, mas esse livro não despertou meu interesse, odeio personagens manipulais, que são fantoches nas mãos de outros. Embora adoro reviravoltas e surpresas que ele tenha, mas acho que deveria ser melhor trabalhado, a edição parece ser muito bonita.

    ResponderExcluir
  2. eu tenho que ser sincera e dizer que eu não fiquei muito empolgada com orçamento desse livro aqui no Brasil eu sei que várias blogueiras falaram que o livro não era tão bom quanto aparentava ser e isso me decepcionou muito porque eu estava com muitas expectativas e eu acabei deixando eu ir para lá acabei não lendo o que me arrependo porém eu realmente não tenho tanta vontade de ver ele hoje em dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez no futuro você leia e goste, nunca se sabe Carolina. A educado do livro está muito bonita.

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei