14 outubro 2018

[Resenha] Engano - Contos da Fera 2 - M.J. Haag




“Escondida com segurança dentro das paredes encantadas da propriedade, Benella não tem mais tempo para temer seus algozes. Ela está muito preocupada tentando determinar o que faz a fera ser tão cruel. Pode ser as visitas exigentes da feiticeira idosa que o amaldiçoou ou a sua irritação crescente por não ter permissão para tocar em Benella.
A fim de ganhar sua liberdade, ela deve encontrar uma maneira de quebrar a maldição. Mas primeiro, ela deve ajudá-lo a se tornar um homem melhor enquanto protege seu coração.”




Livro: Engano || Autor: M. J. Haag|| Série: Contos da Fera 02
Editora:  3DEA Editora ||Ano: 2018 || Gênero:  Fantasia, Romance, Hot
 Classificação: estrelas || Resenhista: Karla
Esse livro é muito mais erótico que o primeiro, ou seja, totalmente um livro para adultos! Contém cenas fortes. E como é o segundo livro dos Contos da Fera pode conter pequenos spoilers!

O segundo livro, Engano, começa imediatamente onde termina o primeiro, com Benella tendo que aceitar viver com a Fera, para então assim poupar a vida de seu pai. Ele foca principalmente na relação da Fera e de Benella e nas artimanhas que os dois farão para quebrar a maldição. 

Benella agora vive na propriedade mágica e poderá visitar seu pai uma vez por semana e tenta o possível para ajudar seu pai e suas irmãs, mesmo não morando mais lá. Ela tem a companhia das criaturas mágicas da propriedade e passa um tempo bem maior com a Fera também - de preferência, nua! O que começou como uma obrigação para Benella, ficar com a Fera, passa a ser uma forma de libertar tanto a si como a ele, e mais, ela descobre que sente uma inquietação em seu coração quando está com ele. Benella vai passar a procurar maneiras de conseguir libertar o Lorde de seu feitiço, por ele e, porque, no final,  ela quer que a Fera escolha ficar ao lado dela por livre escolha.

“— Não sou um animal — ele disse com um rosnado ainda em sua garganta.
— Então pare de agir como um — eu disse com calma.”

Neste livro, Benella descobre quem o amaldiçoou, e de que forma a maldição pode ser quebrada, e temos muito mais interação entre os dois. Ela procura ajuda com suas amigas para tentar descobrir uma forma de quebrar a maldição que prende o Lorde e a propriedade, e é bem engraçado, porque a ajuda vem de um lugar bem peculiar, mas no final, é a própria engenhosidade de Benella que fará com que a maldição seja quebrada. 

“— Vá se trocar — ele disse. — Não use essas roupas dentro de casa a menos que queira perdê-las.”
“— Ninguém, além de mim, vai vê-la — ele disse.
— Viu? — Sorri um pouco. — Não são perguntas tão difíceis. — Posso escolher os dias?”




Eu gostei muito de como esse livro foi desenvolvido. Eles têm um início conturbado e depois vemos o crescimento do relacionamento que parecia impossível, como eles vão cedendo um pouco para que cada um tenha o que quer, mas de forma harmoniosa. Eu gosto bastante da Fera, apesar de ele ser rude e às vezes perder o temperamento. 

É muito divertido como eles barganham entre si. Como a Fera viveu só por muito tempo, às vezes ele tem algum comportamento que bate de frente com ela, extremamente volátil, mas ela o ensina a ser paciente para conseguir o que quer. Ela é guerreira, teimosa, indomável para qualquer ser humano. Ele é uma fera, bravo, angustiado e irritante, indomável para qualquer mulher menos resiliente. 

Ela vai vencendo os obstáculos passo a passo. A relação que nasce é muito bonita. O cuidado dela com o pai é muito generoso, ela sempre tem ele em seus pensamentos. E ela gosta muito das amigas que fez e que ensinam para ela as artes do amor, pelo menos na teoria! 

M. J. Haag focou esse livro no relacionamento da Fera com Benella. Esse livro é inteiramente uma aventura do início ao fim. Tudo foi feito para chegar ao desfecho que aconteceu. Eu achei esse livro melhor que o primeiro, cheio de emoções, e como o primeiro, a autora consegue te prender. A sexualidade deste livro é bem primitiva, porque, como eu disse no primeiro, a Fera não tem nada de humano. 

Como eu gosto de criar relações, me fez lembrar dos contos do Minotauro! A autora tem o dom de te fazer sentir. Também tem cenas mais fortes e sensíveis e você fica indignada quando lê. Como no primeiro, eu quis pular para dentro do livro e socar umas pessoas. Quando cheguei ao final, eu achei que ia morrer de aflição, e estou assim até agora. Eu fiquei de coração partido com o final. Então, sim, preciso loucamente do terceiro! 


“Finalmente, as lágrimas escorreram rápido e violentamente.”

Compartilhe!

8 comentários :

  1. Não li o primeiro, esse parece ser uma historia emocionante e gostosa de acompanhar como os dois personagens vai lidando um com o outro e construindo um relacionamento. Ela é uma pessoa bem batalhadora é admirável como ainda se preocupa com as irmãs. Quero muito ler e saber sobre esse final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei muito! A autora vai criando um clímax desde o primeiro! Adorei!

      Excluir
  2. E a editora não lançou esse terceiro ainda né?! Eu curti demais essas resenhas Karla, quero sim ler, mas sou ansiosa além do limite haha e vou esperar chegar o terceiro e comprar os três de vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não lançou, mas deve estar na porta já! Também quero os três na minha estante!

      Excluir
  3. Oi, Karla,

    Vemos que nessa continuação, a trama está mais elaborada, unânime e cheia de descobertas. O que é bom, pois vai além do romance. Então, eu com certeza curtiria, pois acredito que é uma boa combinação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei esses livros! Muito diferentes do que vemos por aí.

      Excluir
  4. Oi Karla!
    Aaah eu já qro ler os livros pra ontem!
    Pelo que andei lendo, a autora trouxe um livro que prende ainda mais o leitor, espero ler mto em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Karla!
    Não li o primeiro, mas já gostei de saber que nesse vai havendo um crescimento mútuo e eles vão amadurecendo em meio a muita atividade sexual...kkkk
    Adorei!
    Uma boa semaninha!
    “O passado é uma cortina de vidro. Felizes os que observam o passado para poder caminhar no futuro.”(Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei