08 outubro 2018

[Resenha] Arrebatado Pelo Mar - Trilogia da Gratidão - Nora Roberts



“Cameron Quinn vivia uma vida de luxo e lazer, corridas de barco e mulheres, até ser forçado a voltar para a casa da família. Seu pai, Ray, faleceu, e Cameron fez uma promessa a ele no leito de morte — uma promessa que mudará a sua vida. De volta ao lar, ele terá de reaprender a conviver com seus irmãos adotivos, Phillip e Ethan, para que juntos possam oferecer um lar estável a Seth, um jovem acolhido por Ray. Além das dificuldades de cuidar da casa e de um menino problemático, Cameron também terá de lidar com a bela assistente social, Anna Spinelli, designada para o caso de Seth. Antigas rivalidades e novos ressentimentos surgem entre Cam e seus irmãos. E Anna tem nas mãos a responsabilidade de decidir o destino do menino e unir ou separar os Quinn para sempre.”


Livro:  Arrebatado Pelo Mar || Série: Trilogia da Gratidão #01
 Autor: Nora Roberts||Editora: Bertrand Brasil
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Karla
 Ano: 2018|| Gênero: Romance Contemporâneo

Eu amo Nora Roberts. Quando um livro dela é publicado, minha dúvida é sempre se vou gostar muito, demais ou se vou enlouquecer de amor! Com o primeiro livro da Trilogia da Gratidão não foi diferente.

Essa trilogia conta a história dos irmãos Quinn: Cameron, Phillip e Ethan, irmãos por escolha e por amor. Quando acharam que a vida não seria boa e que provavelmente iriam parar na marginalidade, eles são resgatados por Ray e Stella Quinn e suas vidas mudam completamente. Este livro não é um romance, mas uma história de amor e gratidão.

Arrebatado Pelo Mar conta a história de Cameron. Ele foi adotado ainda menino, quando fugiu de casa porque não aguentava mais apanhar do próprio pai. Cameron é aquele que ama velocidade, perigo e gosta de viver intensamente. Ele não consegue ficar muito tempo em um mesmo lugar, se sente inquieto e preso. Quando a tragédia abala sua família, Cam precisa largar tudo e voltar correndo para casa. 

Perder seu pai adotivo e cumprir a promessa feita a ele irá transformar a vida de Cam. Para conseguir manter Seth – o mais novo menino perdido de Ray – com eles, irá demandar tempo e cuidado. Cam não pode mais ficar afastado em viagens luxuosas, ele precisa mostrar que Seth tem um lar estável, com pessoas que o amam e que querem realmente ficar com ele.

Os boatos que querem difamar seu falecido pai não ajudam em nada, só complicam mais a vida dos irmãos e a luta pela guarda de Seth.

Agora mais do que nunca os irmãos precisam estar unidos para lutar pela sua família. Uma possível traição pode mudar tudo. Um amor pode trazer luz mesmo nos momentos mais difíceis. E, o que mais importa, nada nem ninguém pode destruir.
“— Acredita na santidade de uma promessa feita em um leito de morte?
— Sim — respondeu ela, antes de conseguir evitar.
— No dia em que meu pai morreu eu prometi a ele... nós três prometemos a ele... que manteríamos Seth em nossa companhia. Nada nem ninguém vai me fazer quebrar essa promessa. Nem você, nem o seu sistema, nem um batalhão de policiais.”

Eu ainda não tinha lido uma trilogia da Nora em que os homens fossem os personagens principais, este já é um diferencial bem legal, e Nora sabe escrever sobre o amor, amizade, respeito e os laços de família como ninguém. A escrita da Nora é sempre fluida, e ela te prende até o fim. Os personagens são sempre bem construídos e nunca são apenas um rostinho bonito (apesar do Cam ser de parar o navio!). E apesar de ter romance, esse não é o foco do livro. A família é.

E essa história é cativante porque vemos três homens lutando do início ao fim para manter sua promessa, porque eles são família, e isso que família faz. Cuida de você.

As cenas do Cam na cozinha são engraçadas demais! E Cam ficar louco de paixão pela assistente social deixa tudo muito mais complicado e quente!

As cenas entre os irmãos são muito tocantes, você sente o amor entre eles. A Nora é fenomenal nisso. Ela retrata tudo tão bem e os temas são sempre impactantes. Nora fala de abuso infantil, estupro, de adoção, mas, sobretudo, fala de amor. A gente sofre junto e ama junto também. Nós temos um casal amoroso que resgata meninos abusados, tanto física como emocionalmente, e os cura com amor e cuidado, transformando-os em homens de sucesso e felizes. 

A Trilogia da Gratidão fala de escolhas, que podemos amar e ser amados, que família a gente escolhe ou é escolhida por ela, que pode ser criada ou você pode dar sorte e ela simplesmente pegar você e não deixá-lo fugir. Família nem sempre será de sangue, mas de amor. Simplesmente de amor. 

Estou ansiosa para ler Movido Pela Maré, livro do Ethan, e a continuação dessa saga de amor e gratidão.

Compartilhe!

4 comentários :

  1. Oi, Karla,

    O livro transborda sentimentos, e a autora parece ter trabalhado bem na relação entre os irmãos, entregando ao leitor uma história cheia de significados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daiane, amo Nora Roberts, então sou hiper suspeita! Mas o livro é realmente lindo e os irmãos juntos é só emoção!

      Excluir
  2. Adoro os livros da autora, esse ainda não li. Deve ser uma historia emocionante daquelas que mexe muito com a gente, esses temas abordados são bem tristes. Gostei que foca na mais na família, essa luta por Seth deve unir mais os irmãos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, é bom ver um livro voltado para família né? Lógico que tem romance, não seria Nora se não tivesse, mas eu gostei bastante da interação deles.

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei