15 setembro 2018

[Resenha] O Milésimo Andar - Katharine McGee


Quanto mais alto você está, pior é a queda.

Com direitos de publicação vendidos para 28 países, várias semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times e adaptação para a TV em desenvolvimento, O milésimo andar é a bem-sucedida estreia de Katharine McGee na literatura. Um romance young adult eletrizante que acompanha a vida de cinco jovens da elite de Manhattan em 2118. Neste “Gossip Girl futurista”, uma torre de mil andares abriga os moradores de uma Nova York radiante, divididos de acordo com a sua posição social – os mais ricos ocupando os andares mais altos. Neste cenário de luxo high-tech, histórias e possibilidades que se esticam até o céu, Leda Cole, Eris Dodd-Radson, Rylin Myers, Watt Bakradi e Avery Fueler, a garota geneticamente preparada para ser perfeita que parece ter tudo o que deseja e vive no milésimo andar, tentam encontrar seu lugar no topo do mundo. Mas quando se chega tão alto assim, não há mais aonde ir além de para baixo.


 Livro: O Milésimo Andar || Autor: Katharine McGee ||  Editora: Rocco  
Ano: 2018  ||  Gênero: Ficção / Distopia / Futuristico
 Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Barbara

Skoob || Compre || Editora

Participe do Top Comentarista de Setembro
Como não se sentir sem coração ao terminar esse livro?

Estou sem falas, sem reação. Essa é a melhor descrição para como me sinto, nesse momento ao terminar esse livro. E que livro. Katharine McGee estreou sua carreira com tudo, sem precisar acrescentar nada mais. Simplesmente uma obra de tirar o fôlego em cada página.

Não é segredo para ninguém que eu amo uma distópia futurística e esse mundo que lembra um pouco Gossip Girls, quando li a sinopse não consegui sossegar até ter esse livro em mãos e olha, foi uma leitura rápida, prazerosa e muito divertida, mas claro que não podiam faltar as lágrimas, o que me surpreendeu, pois não sou de chorar fácil com livros, mas nesse não deu para segurar.

O livro já começa com tudo, ao lermos o Prólogo estamos a dois meses à frente, presenciando a queda de uma jovem do milésimo andar. A descrição daquele fato é de tirar o ar, fazendo com que o desejo de chegar ao final do livro se mantenha durante toda a história, pois quando começando realmente no primeiro capítulo, já imaginamos quem seja a bela jovem que despenca para a morte.

No livro acompanhamos a vida de cinco jovens que vivem na Torre no ano de 2118, que tem mil andares e foi construída onde antes se encontrava o Central Park, uma torre futurista onde se encontra tudo lá dentro, desde moradia, parques, escolas, clubes e escritórios. Quanto mais alto você vive, mais status social você tem e nesse ambiente estão nossos cinco jovens.

Avery Fuller é a garota perfeita, criada em laboratório do mapeamento genético de seus pais, para ter apenas o melhor de cada um deles. É alta, magra, loira de olhos azuis, de inteligência impecável e beleza de dar inveja, simplesmente única, a Rainha da Sociedade se assim pode-se dizer. Vivendo na cobertura do milésimo andar, sendo filha da família mais rica de toda Torre. Ela poderia ter tudo, menos a pessoa que ela amava, mostrando claramente que nem sempre o dinheiro é capaz de trazer a felicidade.

“Em alguma das milhões de combinações possíveis do DNA comum deles, encontraram a única possibilidade que se transformou em Avery.”

Leda Cole a melhor amiga de Avery, que passou o último verão numa clina de reabilitação por causa do seu excesso com álcool e drogas. Leda nem sempre esteve no topo, vivia nos andares do meio, até seu pai conseguir ter uma grande acessão e mudar-se. Leda está constantemente tentando provar a si mesma e a todos que merece estar ali, mesmo não sendo bem aceita pela maioria. Apaixonada por Atlas, se vê afundando cada vez mais ao tentar conquistá-lo depois da noite que tiveram no Andes, antes dele sumir no seu ano sabático.

Eris Dodd-Roadson é intensa, cheia de vida e vive cada momento como se fosse o último. A amiga mais antiga de Avery e apaixonada pelo estilo de vida que leva até ver seu mundo virar de cabeça para baixo, quando seus pais se separaram por conta de uma bomba jogada sobre eles e por isso precisa se mudar para os andares inferiores, se vendo excluída do mundo que um dia fez parte.

Watt Bakradi talvez seja um dos meus personagens preferidos, um jovem nerd, um gênio em desenvolvimento, que faz trabalhos de hacker para ajudar sua família que vive nos andares inferiores da torre. Criador de uma Quanti, uma tecnologia inteligente proibida e perigosa, que lhe ajuda a invadir sistemas o que acaba levando o jovem que nada parece ter a se envolver com o mundo de intrigas e mentiras do topo da torre.

E por fim, Rylin Myers, uma jovem forte, que ao perder a mãe ainda nova precisa se emancipar, largar a escola e se submeter a trabalhos horríveis para que sua irmã mais nova não seja levada para adoção. Sua vida muda completamente ao se deparar com Cord, um jovem rico, filho dos empregadores da sua mãe.


A história é uma mistura perfeita de segredos, festas, bebidas, drogas, dinheiro e muita confusão. É a trama perfeita para quem já leu ou viu Gossip Girl e sabe como é a vida daqueles que vivem no topo do mundo. A trama se desenvolve de maneira limpa e perfeita em torno do início do livro e aos poucos vamos entendendo o que cada um tem de importante nessa história toda. É uma leitura fácil em terceira pessoa, focada em cada personagem diferente por capitulo, que se envolve de forma tão natural que não há como se sentir perdido ou confuso.

“Eu acredito na felicidade. Só não tenho certeza que o amor vai fazer você chegar lá, eventualmente.”

Você se vê preso a esse mundo tecnológico de lentes de contato, hovers e bebidas flutuantes, que cada vez mais quer saber onde tudo isso vai levar, sem contar que o peso da morte do início do livro se torna presente a cada momento, deixando aquele misto de medo e ansiedade que não tem como sufocar. Você se pega criando expectativas, torcendo por romances e sofrendo com as desilusões, odiando personagens e amando outros de forma inexplicável.

Sem contar com o final, impossível não derramar pelo menos uma lágrima ao pensar em quem caiu de o milésimo andar, da raiva que envolve o final e o desejo pela continuação dessa trilogia o mais rápido possível. Querendo saber como a história vai se desenvolver, como tudo vai ser resolvido.

“Dizem que antes de morrer, a vida de uma pessoa passa como um filme diante de seus olhos…”
Pra quem gosta de uma leitura leve, divertida, rápida e de uma trama cheia de intrigas, luxo, romance e muita mentira, esse livro vai te ganhar por completo, pois você vai perder o folego desde a primeira página até a última, desejando que o próximo saia de uma vez por todas.

Compartilhe!

11 comentários :

  1. Já tinha visto o livro, mas é a primeira resenha que leio, fiquei surpresa com a vida desses personagens e curiosa para saber mais, não sabia que era uma trilogia. Parece ser uma leitura que envolve e deixa o leitor ansioso pelos acontecimentos e principalmente em saber sobre essa morte, da pessoa que caiu do milésimo andar, é alto demais não dá nem para imaginar rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria,

      Eu fico sem palavras só de pensar nesse livro, em como acaba e em quem morrer rs. Não vejo a hora dele continuar, pois é simplesmente incrível e já se tornou um dos meus preferidos. Leia, por favor, você vai se apaixonar.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bárbara,

    O enredo é bem complexo e original. Por isso, assim que li a sinopse, eu soube que tinha que lê-lo imediatamente.

    Certamente, a convivência dos personagens em meio a tantas diferenças, incrementa mais o patamar do livro. Acredito que, aqui, a autora foi bastante ágil.

    Vemos também que essas diferenças são necessárias para o andamento da história, e que mantém o leitor preso a cada página.

    Enfim, livro super desejado por mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daiane,

      Eu me senti exatamente assim, quando eu vi esse livro não consegui descansar até tê-lo e começar a ler, pior (ou melhor) de tudo é que não conseguia parar.
      A autora foi simplesmente fantástica. Não vejo a hora dos próximos. Eu super te recomento e falo, leia, não conheço ninguém que tenha lido, quero pessoas para sofrer comigo sobre ele rs.

      Excluir
  4. Oi Bárbara!
    Estava doida pra ler uma resenha positiva desse livro...
    Eu tinha lido a sinopse uma vez e me interessei demais pela história, parece ser boa e se já me prendeu lendo sua resenha imagino que o enredo seja a mesma coisa.
    Vai para os desejados!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,

      Ah fico feliz de ler isso sabia? Muito obrigada. Vale super a pena ler, você vai se apaixonar, sofrer, chorar, rir e amar cada personagem, sério.
      Leia, como eu já disse ali em cima, por favor, preciso de mais pessoas amando esse livro maravilhoso.
      Beijos

      Excluir
  5. Bárbara!
    Que livro, hein? Deu para sentir sua empolgação.
    Pelo jeito é um super trhiller, carregado de ação e de trechos impactantes.
    Fiquei curiosa.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy,

      Ah eu realmente fiquei empolgada, assim que terminei corri pra fazer a resenha de tão louca que eu fiquei, ele é maravilhoso rs.
      Vale muito a pena.

      Beijo

      Excluir
  6. Caramba... gostei que diferente! Acho que vou adorar esse livro, e a adaptação mais ainda! Esses dias assisti O Expresso do amanhã e a premissa me lembrou esse livro aí! Só que é em um trem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol,

      Ah não vi esse filme ainda, mas agora que você falou, vou procurar para assistir, pois se for parecido já vou amar. Você vai adorar o livro, eu acredito que sim rs.

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei