08 agosto 2018

[Resenha] Sorte Grande - Jennifer E. Smith


Novo romance da autora de A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista e Geografia de Nós Dois. Desde que perdeu os pais, Alice não acredita na sorte. Mas ela acredita no amor. De seus tios, de seu primo Leo, de seu melhor amigo, Teddy. Quando precisa decidir o que dar a Teddy em seu aniversário de 18 anos, a ideia parece chegar naturalmente: um bilhete de loteria. Com todos os números importantes para ambos: número dos anos que estiveram juntos, datas importantes e endereços marcantes. Quando a combinação se prova vencedora e o menino ganha quase 150 milhões de dólares, os dois se envolvem em um redemoinho de loucuras juvenis, interesseiros e sonhos de infância realizados. Tudo estaria perfeito, não fosse um beijo trocado no auge das comemorações. Um beijo que mudaria tudo. Mas o dinheiro não pode comprar o amor. Mas será que pode dar uma ajudinha?


Livro: Sorte Grande || Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record ||Ano: 2018 || Gênero:  Young Adult 
 Classificação:  4 estrelas || Resenhista: Nathy
Que saudade eu estava de ler qualquer coisa desse gênero! E era exatamente o que eu queria no momento, uma história fofinha, leve e bem construída. Quem gosta de livros voltados para esse público mais teen, recomendo a leitura deste aqui. Se você gosta de algo mais quente e pega esta obra, é claro que vai achar ‘sem graça’, por isso tenham em mente que é um livro de romance jovem. 

Dito isso, vamos apresentar o livro. Jennifer E. Smith é nossa velha conhecida dos livros “A probabilidade estatística do amor à primeira vista”, “A geografia de nós dois”, “Olá, adeus e tudo mais” e “Ser feliz é assim” (este é o que menos gostei da autora, aliás). 

“Não é tudo que eu queria, mas talvez seja o bastante. Talvez tenha de ser”. 

Alice perdeu os pais quando ainda era uma criança. Ela teve que deixar sua casa, seus amigos, e ir morar com os tios em outro estado. Apesar de serem maravilhosos, ela nunca pode deixar de sentir como se aquele lugar não pertencesse verdadeiramente a ela, como se fosse um fardo para os tios e o primo, que era um de seus melhores amigos, juntamente com Teddy. 

O trio estava sempre muito unido, até que com um presente dado por ela no aniversário de 18 anos de Teddy, muda bastante a dinâmica do grupo. Isso porque Alice resolveu escolher alguns números especiais para ela e o amigo e fez um jogo na loteria. A surpresa veio quando os números que ela escolheu foi sorteado e Teddy sai da classe baixa para virar multimilionário. 

“Eu costumava achar que a coisa mais difícil era ele não saber que eu o amava. Mas agora, depois de ter dispensado aquele beijo, entendo que há algo bem pior: ele não se importar”. 

Apesar de nunca ter falado isso para ninguém, Alice esconde algo maior que a amizade por Teddy. Ela é secretamente apaixonada pelo seu melhor amigo e fica logo apreensiva quando percebe que talvez, vá ser deixada de lado por ele.

A história é totalmente narrada por ela. Apesar de preferir quando temos a narrativa alternada entre os pontos de vista dos principais, eu no fundo, gostei que dessa vez fosse apenas Alice nos contando sobre tudo, pois contribuiu para que ficasse mais misterioso o desenrolar da história, sem saber com quem afinal ela ia desenvolver um romance, já que Teddy não é o único na parada, rs. Além disso, a história se torna mais centrada em como ela vai superando seus problemas de confiança, de perda e encontrando seu lugar no mundo. 

“Não me sinto mais uma ilha, nem sequer uma península. Sinto-me completamente em terra, da melhor maneira possível”. 

Enfim, é como aquela história já diz: Se quer conhecer verdadeiramente uma pessoa, dê poder a ela. Livro bem fofinho, recomendo! 

Compartilhe!

10 comentários :

  1. A proposta do livro é ponderada, e prontamente, já gostei disso.

    Acompanhar essa nova fase de vida da Alice - juntamente com o romance inserido - são detalhes capazes de manter o leitor vidrado.

    Enfim, é um livro que eu tenho expectativas em lê-lo, mas não muitas...

    ResponderExcluir
  2. Oi Nathy, não sei se gosto de ter mais de um na parada mas eu com certeza amo uma história com potencial de fofura :D Ainda não conheço a escrita dessa autora mas as histórias dela parecem ser muito boas e tem sempre capas lindas <3 Eu gostei da resenha e vou tentar começar a ler os livros da Jennifer ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi! Eu não gostei da capa por isso não tinha dado muita atenção pro livro, mas fiquei apaixonada pela sinopse. Eu adoro essas comédias românticas mais adolescentes, mesmo que não tenha lido nada da autora. Tenho certeza que vou gostar.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  4. Parece ser uma leitura agradável, mas fiquei com receio dessa historia de ter mais de um garoto na parada, odeio triângulos amorosos e personagens que ficam não sei se gosto de ciclano ou fulano não tenho muita paciência com isso rs, mas se não for isso até que gostaria de ler, tem segredos e mistérios que gosto e deixa a trama mais envolvente.

    ResponderExcluir
  5. Adorei, também amo esse livros gostosos de ler que você termina em um dia e nem percebe.
    Acho que a Alice é super forte e espirituosa e isso me agrada muito em um personagem e acredito que esse romance vai ter muitas emoções. Sempre que melhores amigos se descobrem apaixonados um pelo outro a história tende a ser boa. Já li a probabilidade estatística do amor a primeira vista e gosto da escrita da autora.

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Nunca li nada da autora, mas tenho muita vontade de ler;
    Essa dica de leitura veio na hora certa, eu estava precisando mesmo de algo mais leve, e confesso que amo romances assim, adolescentes e um pouco clichê. Vou já anotar aqui para ler.
    Adorei sua resenha, e a forma que descreveu o livro, fiquei curiosa para saber como essa história termina :D
    Beijos!
    www.lostwords.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Não li ainda nenhum livro da autora.
    Gosto também quando é narrado por mais de um protagonista, porém se aqui doi apenas com a 'voz' de Alice e deu certo, muito bom.
    Faz tempo que não leio um romance adolescente e quem sabe consiga ler esse?
    “.A vida merece algo além do aumento da sua velocidade.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA AGOSTO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Sou louca pra ler esse livro, só li resenhas positivas sobre ele o que me despertou ainda mais a curiosidade em conhecer, espero mto ler me breve e curtir mto a leitura.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Que livro fofo, curti muito a história desse livro, sò não gostei da capa, achei meio sem sal, mas fora isso, parece perfeito. É um livro para se dar várias oportunidades.

    ResponderExcluir
  10. Sempre ouvi muitos comentários positivos com relação à escrita da autora, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro dela. Acho a capa deste particularmente bonita, apesar de não ser exatamente o meu gênero preferido. Curto muito quando a história é narrada a partir do ponto de vista do protagonista. Assim, além de conhecer mais a fundo a personagem e seus sentimentos, apreendemos a história e descobrimos o que vai acontecer juntamente com ela, permitindo sensações que não teríamos caso fosse diferente.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei