23 agosto 2018

[Resenha] O Segredo do Conde - Lorraine Heath


Numa noite de verão, Edward Alcott cede à tentação e beija Lady Julia Kenney em um jardim escuro. No entanto, a paixão que ela agita dentro dele, deve ser deixada nas sombras, isto porque ela ama seu irmão gêmeo, o Conde de Greyling. Mas quando a tragédia ataca, para honrar o voto que ele faz ao seu irmão moribundo, Edward deve fingir ser Greyling até a condessa entregar seu bebê.
Depois que seu marido retorna de uma estada de dois meses, Julia o encontra mudado. Mais ousado, mais atrevido e mais perverso, mesmo que ele limite seus encontros para beijos. A cada dia que passa, ela se apaixona mais profundamente.
Para Edward, as brumas do desejo provocadas naquela noite há muito tempo são rapidamente reavivadas. Ele anseia ser o marido dela de verdade. Mas se ela descobrir sua artimanha, ela o desprezará - e a lei inglesa o impede de se casar com a viúva de seu irmão.
No entanto, ele deve se atrever a arriscar tudo e revelar seus segredos se ele realmente deve levar tudo.

 Livro:  O Segredo do Conde|| Série: Os Sedutores de Havisham # 2 
Autor: Lorraine Heath Ano: 2018 ||  Editora: Arqueiro || Gênero: Romance de Época
Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Luci

Skoob || Compre || Editora

Entre o grupo conhecido como Os Sedutores de Havisham, certamente Edward Alcott é aquele conhecido pela sua ilimitada irreverência e o gosto pela bebida e mulheres. Diferente do seu irmão gêmeo idêntico, Albert, ele não tem a responsabilidade que a herança do título carrega, como administrar propriedades e casar para ter descendentes para manter o título.

Quando ele vê seu irmão apaixonado por Julia Kenney, Edward vê, aos poucos, seu companheiro de aventuras se afastar lentamente, assumindo um papel mais sério que de costume. Um dia, em um arroubo de ciúmes, ele segue Julia até o jardim e rouba-lhe seu primeiro beijo, fingindo-se passar pelo irmão, como uma forma de se vingar da mulher que afastava seu irmão dele. Mas o apaixonado beijo custa muito caro: isso fica impregnado em sua memória, alimentando sentimentos proibidos por aquele que viria a ser a esposa do irmão. Para disfarçar seus sentimentos, Edward sempre faz questão de manter uma postura debochada e de desdém na presença dela, e isso a mantém afastada dele. E ele, da tentação que ela representa.

Apesar de Albert ter um casamento apaixonado com Julia, eles têm uma nuvem sombreando a felicidade do casal: ela nunca conseguiu levar uma gravidez adiante. Mas quando a terceira gestação parece ser saudável, Edward convence o irmão a fazer uma última viagem, antes que ele assuma seu papel de pai. Só que essa viagem terá um fim trágico: Albert acaba morrendo devido a um ataque de um animal, mas antes de morrer nos braços do irmão, ele implora que Edward se finja passar por ele, para que Julia, devido ao impacto da notícia, não venha a perder o bebê.

E assim começa o suplício de Edward: passar-se pelo irmão, cuidar de todas as suas responsabilidades como Conde. Mas isso é um sacrifício pequeno, se comparado a ter Julia ao seu lado, exigindo as suas atenções de "marido". Como tomá-la nos braços, mesmo apaixonado, se a estava enganando? Quando aceitou fazer isso, não supôs que teria que sacrificar tanto seus sentimentos.

Preso entre esse segredo e a vontade de revelar a verdade a Julia, Edward vai assumindo a vida do irmão, cuidando das propriedades e de sua família. Porém, inevitavelmente seu segredo vem à trona, juntamente com o desejo e o amor que ele sente por Julia, e isso definirá o futuro dos dois, em uma sociedade que proíbe que o amor entre os dois.


Bem, vamos lá. Eu, sinceramente, não sei como falar desse livro, sem revelar grandes spoilers. Mas começando pelos personagens centrais, vamos falar de Edward.

Edward... Nossa Senhora dos Mocinhos Apaixonados! Edward está na minha lista de melhores mocinhos de romances. Primeiro, conhecemos o homem fútil, sem responsabilidade, no livro anterior (esse livro pode ser lido de forma independente, só o aponto no livro 1 porque ele é apresentado nele). Depois, vemos um homem que passa pelo luto e carrega nas costas a responsabilidade de preservar a família que o irmão iniciou, além dos negócios da família. Paralelo a isso, lutando contra os sentimentos que a cunhada lhe desperta, o que causa um conflito emocional enorme, pois ele trava uma luta interna, por estar vivendo uma mentira e ainda ter que respeitar a memória do irmão, que lhe confiou a segurança da esposa, apesar de uma misteriosa frase dita no final da sua vida...

A autora escreve os sentimentos de Edward de forma tão palpável, tão verdadeira, que o leitor percebe toda a paixão que ele sente. E aos poucos, o verdadeiro Edward, que se escondia sob camadas de sarcasmo, indiferença, desdém e irresponsabilidade, se mostra um homem dedicado, preocupado com o bem-estar de todos, e apaixonado pela família que seu irmão criou.

Outro ponto que amei na narrativa, foi como a autora apresentou Julia.  Longe de ser a mocinha frágil e dependente, ela foi superando a tragédia e apresentando uma personalidade bem marcante. A autora foi magistral em desenvolver os sentimentos da personagem, ao ponto de sabermos distinguir o amor que ela passa a sentir por Edward, separado do que ela sentia por Albert. Ou seja, não foi um reflexo, já que os dois fisicamente são iguais, ela se apaixona pelo homem que ele se revela. E isso desenvolveu um romance muito bonito.

Enfim, eu não poderia deixar de dar menos que 5 estrelas, pois Lorraine Heath desenvolveu uma narrativa tão cativante, com destaque para um personagem tão apaixonante, que é impossível não colocar esse livro na categoria de preferidos e indicar para todos os seus amigos que curtem um bom romance de época.

Compartilhe!

9 comentários :

  1. Oi, Lucilene,

    É tão bom quando o romance, como esse - em um todo -, é construído gradativamente. Quando nos apaixonamos genuinamente e juntamente com os personagens. Gostei da proposta do livro. Exala intensidade!

    Ainda não li nenhuma obra da autora, mas desejo mudar isso muito em breve!

    ResponderExcluir
  2. Adoro um romance de época, e esse parece ser emocionante cheio de segredos.
    Acho que os personagens são o ponto alto desse romance e esse amor proibido tem tudo pra deixar a leitura apaixonante e o leitor curioso.

    ResponderExcluir
  3. Lucilene!
    Tive oportunidade de ler Codinome Lady V e também me encantei com a autora aí.
    Ver que ela traz um romance e enredo ainda mais forte e arriscado que a anterior, aguçou ainda mais a vontade de fazer a leitura.
    E que capa belísima é essa? Uauuuuuuuuu!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Oi Luci, eu esperava nem gostar dessa história quando vi que seriam dois irmãos e o amor pela mesma mulher, mas quão enganada eu estava e fui conquistada nas primeiras páginas <3 Edward entrou pra lista de crushes, amei esse personagem e acho que Lorraine soube conduzir bem essa história que tinha tudo pra ser polêmica. Amei a resenha e amei esse livro ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Luci.
    Ainda não li nada da autora, mas PRECISO.
    Vi tantos elogios em relação a essa série e eu AMO romance de época.
    Achei bem interessante saber que são dois irmãos que gostam de uma mulher e que ela consegue separar bem os sentimentos que tem um pelo outro.
    Os personagens parecem fantásticos!
    Já vou procurar pelo primeiro livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei o enredo desse livro, achei ele bastante original e complexo. Imagino que deva ser angustiante passar pela situação que o protagonista passa, tendo que assumir a identidade de outro e esconder seus verdadeiro sentimentos. Gosto, ainda, de acompanhar a evolução da personalidade das personagens, coisa que acontece com o nosso protagonista. Ainda não sei como é a mocinha, então pretendo ler para descobrir que vou curtir ela tanto quanto já comecei a curtir o mocinho.

    ResponderExcluir
  7. Parece se ruma historia muito bonita com personagens apaixonantes, deve ser gostoso acompanhar esse crescimento do mocinho, que mudança. Deve ser difícil para ele essa situação de perder o irmão e ter que assumir seu lugar ao lado da pessoa que ele ama isso deve mexer com nossas emoções, nos deixando na torcida por ele.

    ResponderExcluir
  8. Olá Lucilene!
    Não vejo a hora de ler esse livro, as resenhas que acompanhei foram bem positivas em relação ao enredo, e como curto mto o gênero espero ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Que romance de época lindo. A capa conseguiu me surpreender, pois é extremamente chamativa. Acho que compraria esse livro mais pela capa.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei