21 agosto 2018

[Resenha] O Livro dos Ressignificados - AKAPOETA


Antes aprisionadas na formalidade dos dicionários, palavras como girassol, Deus, sonho, tatuagem, cafuné e muitas outras são libertadas por João Doederlein que assina com o pseudônimo Akapoeta neste seu primeiro livro. Elas são repensadas a partir das experiências pessoais do autor, de vinte anos, e de sua geração, mesclando romantismo bem resolvido, paixão, isolamento e um dia a dia que respira tecnologia e cultura pop. Combinando textos que se tornaram sucesso nas redes sociais com material inédito, o autor acha novos significados para os signos do zodíaco, para clichês indispensáveis como paixão e saudade e para as atualíssimas match e crush. Uma história de amor correspondido entre um jovem e sua musa a escrita.


 Livro: O Livro dos Ressignificados  || Autor: AKAPOETA 
 Editora: Paralela || Ano: 2017 || Gênero: Poemas, Poesia
 Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Lud

Vamos conversar sobre esse livro amorzinho. Ele sai um pouco da linha do que leio, mas como estou me aventurando nos poemas, solicitei para a leitura. Mas o que me fez mesmo lê-lo, foi um marcador/card com um dos poemas do livro, isso me aguçou a curiosidade, e cá estamos. 

Devo adiantar que esse livro é um daqueles que você deve deixar na cabeceira da cama, ou do seu lado enquanto trabalha, para ser lido em um momento onde você está estressado com o mundo. E por que disso? Porque as palavras do João (para quem não sabe, ele chama João Doederlein) esquentam seu coração e colocam um sorriso em seu rosto. 

Não tem muito o que falar sobre esse gênero de livro, apenas o que sentimos quando lemos, ou o tanto que eles impactam nossas vidas, então vou colocar algumas frases que foram as que li com um sorriso no rosto. 







Ele conseguiu Ressignificar as palavras com coisas tão naturais e singelas, e que muitas vezes nem pensamos, porque há muita coisa para nos preocuparmos nessa vida adulta, e a simplicidade das coisas acabam passando reto.

Eu acho que essa é uma das melhores conquistas de um autor, quando suas palavras conseguem atingir quem lê de uma forma natural, sutil, mas que trazem um infinito de emoções.

Eu vou ser sincera e dizer que não acompanhava o trabalho dele, nem a página, a curiosidade foi mesmo da frase que li. Mas tive a oportunidade de conhecê-lo na Bienal, no encontro que a CIA fez, e eu fiquei maravilhada com essa pessoa. Com tão pouca idade, possui uma sensibilidade que não sei como explicar, só dizendo que é uma alma antiga. Não apenas se foi falando do livro, mas de diversos assuntos. Moço, vamos ser amigos, please? rsrs

Com certeza recomendo o livro, não precisa ser lido logo, ou tudo de uma vez. Só deixe o livro em algum lugar da casa, e sempre que tiver meio na bad, abra e leia um dos ressignificados, garanto que irá aquecer um pouco o seu dia. 

Compartilhe!

10 comentários :

  1. Oi, Lud,

    É uma forma - contida no livro - bem eficaz, única e objetiva em atingir o alvo.

    As poesias se destacam em seus aspectos, e pelo visto foram bem articuladas e pensadas.

    ResponderExcluir
  2. Segunda resenha que vejo sobre esse livro e fico ainda mais encantada por ele. O autor teve ma sensibilidade linda de transformar algo simples em uma autoajuda descontraída e fácil de ler.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lud.
    Que livro amorzinho!
    O Autor tem uma delicadeza na hora de escrever ressignificados das palavras. Adorei! Que modo singelo de ver as coisas.
    Realmente é uma ótima leitura para aqueles momentos que estamos estressados, bravos ou tristes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Parece um livro muito bom! Tá anotado para a próx. bienal

    Beijo, Lud

    ResponderExcluir
  5. Lud!
    Gostei bastante da proposta do livro, onde o autor traz novos significados para palavras corriqueira.
    Bacana os novos significados e a escolha da palavra para ler para nos foi ótima ESPERANÇA é tudo mesmo.
    Adorei o livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro. Achei muito bonita essas poesias que foram mostradas e simples, gosto assim, sem palavras difíceis rs. Dá para sentir as emoções em cada uma.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lud, não sou muito de ler poesia, mas achei a ideia do livro bacana e gostei dos que você selecionou pra resenha e tem também o fato de que livros que esquentam o coração são sempre bem vindos :D Anotei a dica ;)

    ResponderExcluir
  8. Olá Lud!
    Amo poesias e qdo vi o lançamento deste livro já fiquei com vontade de ler.
    Adoraria ler, então, espero conseguir me breve.
    bjs!

    ResponderExcluir
  9. Eu acompanho o trabalho do João há algum tempo, através da página dele no Facebook, e admiro muito a forma como ele reconstrói significados de coisas tão simples, que muitas vezes parecem pequenas e esquecidas ao nosso olhar. Ele tem o dom de nos fazer olhar o mundo e a nossa própria vida com outros olhos, e acho que é daí que advém a grande importância desse livro todo amorzinho.

    ResponderExcluir
  10. Conheci esse livro a poucos dias, e o que chama a atenção são os exemplos que cada blog apresenta. Esse livro é o tipo que compraria de cara, pela mensagem que passa.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei