28 agosto 2018

[Resenha] Gritos no Silêncio - Angela Marsons


Os segredos mais obscuros não podem ficar enterrados para sempre…
Na escuridão da noite, cinco figuras se revezam para cavar uma sepultura, um pequeno buraco em que enterram os restos de uma vida inocente. Ninguém diz nada, e um pacto de sangue os une…
Anos mais tarde, Teresa Wyatt é brutalmente assassinada na banheira da sua casa, e, depois disso, mais mortes violentas começam a acontecer. Todas as vítimas têm algo em comum, e a detetive que encabeça o caso, Kim Stone, logo percebe que a chave para deter o assassino que está semeando o pânico na cidade é resolver um crime do passado.
Só o que ela sabe é que alguém esconde um segredo e está disposto a fazer qualquer coisa para que nada seja revelado.


Livro: Reinado Imortal || Autor: Angela Marsons|| Série:  Kim Stone
Editora: Gutenberg ||Ano: 2018 || Gênero:  Literatura policial
 Classificação: estrelas || Resenhista: Sheila

Skoob || Compre || Editora


A primeira página  do livro começa com cinco pessoas ao redor de uma cova com um corpo dentro e  a história que leremos em si, se  inicia após dez anos dessa cena.

Uma série de assassinatos em tempo real começa a acontecer e a investigação dos motivos e do que está por trás das mortes recentes leva a escavações ao redor de uma antiga instituição do governo que era responsável por cuidar de meninas desamparadas pela família. A detetive Kim se simpatiza com as meninas dessa instituição desde o começo por ter uma história de infância trágica e o que vemos nessa parte do livro é um grande grito sobre os abusos que meninas e mulheres sofrem, essa realidade é ainda mais ressaltada pela firmeza e empoderamento que Kim demonstra em suas atitudes. Uma crítica muito severa e bem colocada sobre as dificuldades de ser mulher em um mundo que pode ser muito desumano.

Os corpos de meninas começam a aparecer e a ser identificados, assim como suas mortes brutais, o que a detetive quer saber é qual a ligação dos assassinatos recentes com os antigos e quem está por trás de tudo.




Essa história  é a primeira de uma série da detetive Kim Holden personagem destemida que  teve uma infância sofrível, com uma mãe tresloucada e que passou por diversos lares adotivos, a história de vida da detetive a fez se tornar uma implacável profissional. Por vezes, Kim rompe regras atrás de pistas e invade espaços, desistir não faz parte do roteiro dela, apesar de ser um tanto grosseira e rude, seu trabalho é muito respeitado por seus colegas devido a seu alto índice de casos resolvidos. 

Kim se simpatiza com as meninas da instituição onde ocorre as escavações desde o começo por ter uma história de infância trágica e o que vemos nessa parte do livro é um grande grito sobre os abusos que meninas e mulheres sofrem, essa realidade é ainda mais ressaltada pela firmeza e empoderamento que Kim demonstra em suas atitudes. Uma crítica muito severa e bem colocada sobre as dificuldades de ser mulher em um mundo que pode ser muito desumano.

A detetive não  tem um amor, é solteira e  conta com um parceiro já casado Bryant que parece ser também seu melhor amigo. Nessa parte eu fico a espera de que uma hora, nos próximos livros, ela encontre alguém em seu caminho o que me dá vontade de ler os próximos e torcer para a detetive arrumar um namorado ao menos.

O livro tem uma leitura fácil e traz surpresas a cada página, sem entregar o mistério antes da hora consegue construir bem um clima de suspense sem angustiar o leitor.

Os personagens são apresentados a fundo sem superficialidade em suas motivações e maquinações é possível realmente imaginá-los sem grande dificuldade oque torna o leitor torcedor  para ver as mortes resolvidas.

Vale ressaltar que é literatura policial, ao estilo detetives e investigações criminais, C.S.I's em ação, o livro não é de terror, nem thriller, nem dá medinho, o que dá mais é curiosidade de descobrir o assassino e ver o caso desvendado.

Se você  já assistiu o seriado Cold Case que reabria casos de assassinatos antigos e gostava muito, esse livro com certeza é pra você. 

Compartilhe!

8 comentários :

  1. Oi Sheila!
    Estou curiosa pra ler esse livro, a capa e a sinopse me prenderam atenção, por ser um dos gêneros que curto ler espero conseguir uma oportunidade em breve e conhecer a escrita.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sheila,

    Se antes eu já desejava ler esse livro, agora desejo mais ainda!

    O mistério e todo o emaranhado de respostas que a autora joga com êxito,
    evidencia uma história bárbara e meticulosamente elaborada.

    A Kim é certamente uma personagem que vou gostar e me apegar. A mesma - devido à sua personalidade - se destaca. No geral, percebe-se que toda a trama se destaca em seus aspectos e temas marcantes.

    Gosto de mistérios que seguem mesmo essa linha de investigação, no estilo C.S.I - como você mesma mencionou. Não veja a hora de me aventurar nesse mistério!

    ResponderExcluir
  3. Esse é um livro que me chamou atenção desde o seu lançamento. Gosto bastante do gênero e a tua comparação com Cold Case só aguçou ainda mais minha curiosidade. Adoro protagonistas fortes, e acho que aqui temos um exemplo disso. Além disso, a profundidade da construção das personagens e suas motivações também é um ponto positivo para a história. Acho que eu vou curtir muito a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Oi Sheila, eu sempre acho essas séries de livro com cara de séries televisivas rsrs. Eu gostei da ideia, acho que vou sentir falta de um laço romântico mas vou torcer pra que ela o encontre nos próximos livros assim como você. Ótima resenha, primeira que leio desse livro, e se surgir a oportunidade vou querer ler sim ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Sheila.
    Não costumo ler muitos livros de investigação policial, mas esse parece bem interessante. Eu adoro Cold Case! Era uma ótima série.
    Já estou torcendo para Kim encontrar um alguém especial para ela. Ela parece bem destemida, mas com um bom coração ao mesmo tempo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Apesar de não gostar do gênero esse livro me prendeu já nessa resenha, incrível como a atora montou essa história e desenrolou os acontecimentos deixando os leitores ávidos por respostas. Pretendo entrar em breve nesse gênero e esse com certeza vai ser um titulo da minha lista.

    ResponderExcluir
  7. Adoro o gênero, fiquei bem curiosa pra saber sobre esse mistério dessas mortes isso deve ter deixado a trama bem envolvente. Gosto de personagens como a detetive que vão fundo nos casos e só descansa quando resolve ela deve ser porreta rs.

    ResponderExcluir
  8. Sheila!
    Achei esse primeiro livro interesante e espero que os outros da série, também sejam.
    Gosto de livros policiais bem escritos e se trazem o passadoà tona, fica melhor o entendimento para que o leitor acompanhe e tente desvendar o mistério junto com a história.
    “Os fracos nunca podem perdoar.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei