09 agosto 2018

Adaptação de 'A Revolução dos Bichos'


 Netflix  adquire os direitos do clássico A Revolução dos Bichos, do escritor George Orwell.
Serkis irá dirigir um filme de captura de performance. Matt Reeves, do 6th & Idaho, Rafi Crohn e Adam Kassan irão produzir com Serkis e Jonathan Cavendish, do The Imaginarium.
O acordo com a Netflix reúne Serkis com Reeves depois que eles trabalharam juntos em Dawn of the Planet of the Apes e War for the Planet of the Apes. Reeves fez um acordo global com a Netflix em janeiro.
O Livro de Orwell foi publicada em 1945, e o autor disse que foi influenciado pela revolução russa de 1917 e o subsequente pelo regime stalinista da União Soviética. Se você não leu na escola, a premissa envolve um grupo de animais que se rebelam contra os humanos que possuem sua fazenda e conquistam sua independência. Os arquitetos da revolução criam um ambiente utópico baseado na igualdade, mas um porco chamado Napoleão torce a intenção original, elimina lentamente seus rivais e cria sete mandamentos - o básico dos quais declara que “todos os animais são criados iguais, mas alguns animais são mais igual a outros. ”
Serkis e Cavendish quiseram fazer este filme durante anos, e Serkis originalmente planejou desempenhar um papel no filme quando a Imaginarium fez um acordo de direitos com o George Orwell Estate em 2012.
"Estamos incrivelmente empolgados por finalmente termos encontrado a casa criativa perfeita na Netflix para este trabalho extraordinariamente zeitgeist de George Orwell", disse Serkis em um comunicado. “Além disso, unir-me ao meu grande amigo, Matt Reeves, - com sua sensibilidade aguda, inteligência narrativa e honestidade - é ter o melhor cenário para nossa antiga paixão se tornar uma fábula viva."
Cavendish disse que a intenção é trazer "A Revolução dos Bichos" para a tela de uma forma completamente contemporânea, que irá destacar a impressionante relevância do poder satírico e dramático do clássico re-imaginado de Orwell."
Reeves disse: “Andy é um artista tão incrível - ele é verdadeiramente uma força da natureza e uma bela alma. Ser capaz de trabalhar com ele novamente e com Jonathan e ver Netflix trazer à vida o conto clássico de Orwell de uma forma totalmente nova e excitante, é um sonho absoluto. ”
Fonte: DW
A Revolução dos Bichos
Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século 20, 'A Revolução dos Bichos' é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos. Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.

De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stalin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos - expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História - mimetizam os que estavam em curso na União Soviética. Com o acirramento da Guerra Fria, a obra passou a ser amplamente usada pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo. O próprio Orwell repetiria o mesmo gesto anos mais tarde com seu outro romance 1984, finalizado-o às pressas à beira da morte para que o mesmo service de alerta ao ocidente sobre o horrores do totalitarismo comunista.

É irônico que o escritor, para fazer esse retrato cruel da humanidade, tenha recorrido aos animais como personagens. De certo modo, a inteligência política que humaniza seus bichos é a mesma que animaliza os homens. Escrito com perfeito domínio da narrativa, atenção às minúcias e extraordinária capacidade de criação de personagens e situações, A revolução dos bichos combina de maneira feliz duas ricas tradições literárias: a das fábulas morais, que remontam a Esopo, e a da sátira política, que teve talvez em Jonathan Swift seu representante máximo.

Compartilhe!

Postar um comentário





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei