05 julho 2018

[Resenha] Esta noite é nossa - Corinne Michaels

Da autora best-seller do New York Times, Corinne Michaels surge com um novo romance repleto de sensualidade.
"Não sou mulher de uma noite só. E, principalmente, não sou como aquelas mulheres que tomam uns drinks em um show e acabam na cama com o meu crush celebridade de infância, Eli Walsh.
No entanto, é exatamente nela em que me encontro.
O que uma garota deve fazer depois de cometer um erro por conta da bebida? Correr? Eu pego as minhas roupas e fujo do superstar poderoso e irresistível, melhor sexo da minha vida, o mais rápido que consigo. Seus lindos olhos verdes, seu corpo duro como rocha e seu sorriso metido não têm espaço no meu mundo. A minha vida já é complicada o suficiente.
Alguém se esqueceu de dizer isso a ele.
Eli é persistente. Abrindo caminho até o meu coração, me ganhando pelo cansaço, provando ser diferente daquilo que eu tinha imaginado e tudo que preciso. Mas quando o meu mundo é estraçalhado, ele mantém juntos os pedaços. Relutante, eu me apaixono desesperadamente por ele.
Ele me fez pensar que teríamos a eternidade... Eu deveria ter dado ouvidos a ele quando me disse que poderíamos ter apenas aquela noite."


Livro: Esta noite é nossa || Autor: Corinne Michaels
Editora: The Gift Box ||Ano: 2018 || Gênero:  Romance Contemporâneo 
 Classificação:  5 estrelas || Resenhista: Nath
Quem nunca teve um ‘crush’ famoso, não é mesmo? Eli Walsh é o crush da vida de Heather desde que ela era novinha. Ele é um dos cantores da banda Four Blocks Down, sua banda favorita, aquela que compôs a trilha sonora de seus relacionamentos anteriores e que tocou a noite toda em seu casamento. Agora, um divórcio doloroso e anos mais tarde, ela tem a chance de ir a um show da boyband em sua cidade, Tampa. A policial Heather e suas três melhores amigas maluquinhas tem grandes esperanças de que a noite do show seja muito divertida para todas, para que Heather consiga se desligar um pouco dos problemas e tragédias que cercam sua vida. Elas só não sabiam que atrairiam a atenção de ninguém mais, ninguém menos que Eli Walsh. 

“Num mar de gente, os meus olhos encontraram os seus”. 

Heather nem acredita que Eli a chama no palco para dançar com ele e depois a convida para ficar em uma festinha pós show. É a partir disso que tudo muda. Depois de dormir com Eli, Heather sente a necessidade de fugir dali o mais rápido possível, pois nunca havia feito uma loucura parecida com essa onde havia sexo casual com um cara que tinha acabado de conhecer, mesmo sendo fã dele por toda a vida. 

Eli, por outro lado, fica chocado ao voltar ao quarto onde tinha deixado a loira bonita que havia conhecido em seu show e encontra-lo vazio. Melhor ainda, avistar a moça pulando um portão gigante. Tudo isso para fugir dele, quando o sonho de todas as mulheres que ele conhecia era exatamente passar a noite toda e ele é que tinha o trabalho de fugir deles. É claro que aquilo só serviu pra atrair ainda mais a atenção dele, que aproveita para ir atrás dela com a desculpa de devolver a carteira de motorista, esquecida no quarto. 

“Ele é um cara que parte corações, mas ainda assim, eu estou aqui, querendo ficar com ele de qualquer jeito. O fato de que ele é uma complicação muito maior do que eu jamais poderia querer é assustador, mas talvez eu precise do medo”. 

Heather tem muitos motivos para continuar se esquivando de Eli. A constante pressão de ter seu ex marido como seu Tenente e de sua irmã ser portadora da Doença de Huntington, uma doença que vai matando aos poucos, tudo que ela não precisa é de um cara famoso a iludindo com falsos romances. 

Mas será que seria um falso romance?


A história me deixou bastante empolgada. E a leitura é muito prazerosa. Corinne definitivamente soube nos manter interessados na história. Fora que a dinâmica de ter dois narradores deixa tudo mais rápido e mais cativante, apesar de que Heather tenha muito mais capítulo que Eli. O fato de Heather ser a única responsável por cuidar da irmã doente deixa o livro com um ar dramático e nos mostra que a autora teve a intenção de criar uma obra mais completa, não apenas um romance simples. Ambos os personagens evoluem bastante ao longo do livro, trabalhando e melhorando em seus defeitos e fantasmas. 

“Eu perco todo mundo com quem eu me importo. Até te conhecer, eu estava conseguindo manter a minha promessa sem dificuldade. O meu coração estava fechado para qualquer um, mas com você eu não consigo”. 

Uma crítica que preciso fazer é em relação à revisão do livro. Li a versão digital e encontrei diversos errinhos de revisão. Nada que tivesse um impacto no entendimento, mas acho que não tem nada mais gostoso do que comprar um livro perfeitinho em todos os sentidos, né? Apesar disso, recomendo muito que vocês comprem e leiam esse livro! Eu apenas amei. 

Compartilhe!

9 comentários :

  1. Fica mais agradável acompanhar o interesse mútuo do casal, quando ainda há jogo de resistência.

    E também é muito bom quando um livro vai além do romance, mostrando outras perspectivas a mais, sem perder a leveza.

    Não é um livro que quero ler com veemência, mas talvez, futuramente, né?

    ResponderExcluir
  2. A capa é bem chamativa haha
    Gostei como a resenha foi feita e de forma concisa. Não sou de ler livros "hot", portanto, deixo essa dica de leitura para outra leitora haha.

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Só por essa capa e sinopse eu já leria...È o gênero que mais tenho lido nos últimos meses e gosto mto...
    Vou add este na minha listinha pq eu adorei conhecer ...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Nath!
    Que capa é essa? Afee! Fiquei até sem fôlego...kkkk
    Quanto ao enredo...entendo os motivos de Heather não ter ficado com Eli e fico bem feliz em ver que a autora conseguiu trazer uma visão dos dois lados, pois fica mais fácil entender toda a trama.
    Quero ler com certeza.
    “Palavras gentis não custam muito, e ainda assim conquistam muito. (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece ser uma surpresa muito boa, gostei que ela é policial e ele músico, mundos muito distantes mas que vão se envolver. A resenha me empolgou e isso ainda não tinha acontecido olhando a capa e lendo a sinopse. Vou querer lê-lo sim mais a frente ;)

    ResponderExcluir
  6. Deve ser gostoso acompanhar o desenvolvimento da historia, com o personagem tentando conquistar a garota que foge dele e deve ser divertido também. Não conheço essa doença que foi mencionada, é bom a autora ter inserido assim da para saber mais.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nath,
    Eu já tinha adorado a capa, a história é mais maravilhosa ainda.
    Acho engraçado essas mocinhas que fogem do homem que todas queriam ter, são as que eu mais gosto por darem trabalho a eles, rsrs. Sobre o drama do ex marido e da irmã, que bom que a autora soube conduzir não só o romance!
    Achei o enredo apresentado muito bom, curiosa para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Faz tempo que não leio livro com essa temática! Deu até vontade de ler!

    ResponderExcluir
  9. Fiquei babando pela història, muito legal mesmo, totalmente diferente. E a capa... não da nem para falar. Curti bastante, com certeza vou ler.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei