08 julho 2018

[Resenha] A escola do bem e do mal - Soman Chainani

No povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, dois adolescentes somem misteriosamente há mais de dois séculos. Os pais trancam e protegem seus filhos, apavorados com o possível sequestro, que acontece segundo uma antiga lenda: os jovens desaparecidos são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornar os heróis e os vilões das histórias.
Sophie torce para ser uma das escolhidas e admitida na Escola do Bem. Com seu vestido cor-de-rosa e sapatos de cristal, ela sonha em se tornar uma princesa. Sua melhor amiga, Agatha, porém, não se conforma como uma cidade inteira pode acreditar em tanta baboseira. Ela é o oposto da amiga, que, mesmo assim, é a única que a entende. O destino, no entanto, prega uma peça nas duas, que iniciam uma aventura que dará pistas sobre quem elas realmente são.
Este best-seller é o primeiro livro de uma trilogia que mostra uma jornada épica em um mundo novo e deslumbrante, no qual a única saída para fugir das lendas sobre contos de fadas e histórias encantadas é viver intensamente uma delas.

Livro: Escola do Bem e do Mal || Série: Escola do Bem e do Mal #01
Autor: Soman Chainani || Editora: Gutenberg
Ano: 2014 || Gênero:  Fantasia / YA
 Classificação: 4 estrelas || Resenhista: Lud
Eu vinha namorando esses livros há um bom tempo, mas só realmente encarei a leitura quando foi anunciado a vinda de Soman para a bienal e a continuação da publicação pela editora. 

O livro começa contando como o povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, se protege de um 'vilão' que vem para levar duas de suas crianças para longe - uma má e uma boa - para a escola onde elas se tornarão o Bem e o Mal e dependendo de seu sucesso, terão o seu próprio conto de fadas escrito em livros e distribuídos para as crianças do povoado. 

"Na Floresta Primitiva
Há duas torres erguidas
Na Escola do Bem e do Mal,
A Pureza e a Malícia.
Não tem como escapar
Se um Conto de Fadas
Não vivenciar."

Todo mundo sabe das histórias e todos temem o fatídico dia, menos uma menina - Sophie. Ela sempre soube que não pertencia ali e essa era a sua oportunidade de ser uma princesa de verdade e então ela se esforça em sempre ser boa, em sempre sorrir quando está com raiva, fazer boas ações para as pessoas e é aí que ela conhece a Agatha, a menina rejeitada por todos, que encontra em Sophie sua melhor amiga. 

Quando o diretor da escola vem para levar Sophie, Agatha tenta impedir por temer pela vida da amiga e as duas acabam indo para a escola e colocadas em seus determinados lugares, uma na escola do Bem e uma na escola do Mal. 

Mas o que é Bem e o Mal na realidade? Você sabe diferenciá-los? E a partir desse momento, vamos acompanhar a saga dessas duas meninas em busca de quem realmente são. 

“Esse é o problema com contos de fadas. De longe eles parecem perfeitos. Mas, de perto, são tão complicados quanto a vida real.”


A série em inglês conta com 4 livros lançados e o quinto para o ano que vem. Sendo aqui no Brasil publicada até o 3º e o 4º agora na Bienal. Esse foi um dos motivos do meu pé atrás, porque o autor publicou um livro por ano, até o terceiro, então dois anos depois veio um quarto e agora, mais de dois anos depois vem um quinto livro. Meu coração não aguenta essas leituras espaçadas. Mas eu realmente vi que a história começada no livro um se finaliza no terceiro e o quarto e quinto são o depois do felizes para sempre, então a trilogia estava fechada mesmo. 

A trama a princípio parece uma coisa clichê, mas como eu sempre digo, um bom autor sabe transformar um clichê em algo próprio, diferente e foi o que Soman fez com essa história entre o Bem e o Mal. A percepção que ele teve ao juntar o padrão de beleza - tão questionado hoje - com a que realmente somos por debaixo da superfície, foi realmente a sacada, o que torna o livro sempre atual, apesar do passar dos anos. 

As duas personagens principais são muito bem construídas, elas tem camadas e mais camadas e assim quando você pensa que as conhece melhor do que ninguém... pá... Soman te dá um tapa na cara e muda toda a sua perspectiva da história. E cara, como eu amo isso em uma autor. O Fato dele saber te conduzir, te fazer pensar uma coisa e depois outra e no final, te mostrar que você está totalmente errada é o que uma boa narração significa. A partir de um determinado ponto, você não consegue mais parar de ler e aquela vontade de saber como vai acabar isso, quem é a boa, quem é a má, vai te fazer ler o livro em um dia.  

"Sabe, não importa o que somos, Sophie. É o que fazemos."

As minhas quatro estrelas são pelo fato de que eu esperava uma fantasia mais aprofundada. Uma melhor explicação do mundo e dos acontecimentos que construíram a escola e até um pouco mais dos professores, que são referências conhecidas por nós dos contas de fadas. Mas esse livro é realmente focado nas duas, e claro, os personagens secundários não deixam nada a desejar, cada um tem o seu momento e a sua hora de aparecer e cumprir o seu papel. 

Não preciso nem falar da edição da Gutenberg. Que livro maravilhoso, cada começo de capítulo ilustrado com uma cena que ocorreria naquele capítulo. E já estou lendo o segundo, porque é simplesmente impossível parar. 

“Somente quando destruírem o que acham que são é que poderão abraçar quem verdadeiramente são!”

Compartilhe!

7 comentários :

  1. Oi, Lud.

    Livros assim, que sempre nos passam algo, pra mim, são sempre bem vindos.

    Principalmente quando podem ser recorrentes e aplicados em nossas vidas, em nossa realidade.

    A genialidade do autor é muito evidente aqui, afinal, o mesmo conseguiu transpor com magnitude e de forma única, diversos conceitos acerca do bem e do mal e como eles nos permeiam e se aplicam em nossas vidas.

    Enfim, mas no momento, não é uma série que eu leria. Talvez futuramente.

    ResponderExcluir
  2. Lud!
    Gosto muito de livros de fantasias e quando bem escritos, são ótimos de se ler.
    O livro tem muitas personagens e o fato de o bem e o mal interagirem, é uma analogia bem feita.
    Gostaria de ler.
    Desejo uma ótima semana!
    “Se você realmente quer algo na vida, tem que lutar por isso.” (Homer Simpson)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lud,
    Li em algum lugar que o livro tem bastante referência de personagens que já conhecemos, eu fiquei curiosa por isso. Acho que até consegui captar a mensagem que a história passa, eu gostei, me surpreendi e claro, fiquei curiosa para saber como tudo acaba. As duas personagens parecem ser diferentes do que aparentam, espero que no decorrer da historia mostre elas mais profundamente. Como tem continuação, talvez nos próximos esse universo criado seja melhor trabalhado!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Lud!
    Pelas resenhas que acompanhei sobre os livros parecem bons, não criei mtas expectativas em cima pois não qro ter uma decepção já que algumas resenhas foram bem negativas, espero que qdo conseguir ler eu aproveite e goste dos livros.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Lud, se entendi certinho a questão sobre quem é a boa e quem é a má perdura até o fim do livro né?! e eu achando que já tinha matado a charada só lendo a resenha rsrs. Eu curti muito a resenha por sinal, ainda não tinha lido nenhuma desse livro e gostei de saber que a trilogia está fechada e não é uma série infinita se eu não continuar após ao terceiro, o que parece bem difícil pois a escrita do autor parece ser mesmo muito boa ;)

    ResponderExcluir
  6. Faz um tempo que também quero ler esse livro, parece ser intrigante isso de saber quem é a má e a do bem, deve deixar uma dúvida e tanto no leitor durante a leitura, gostei disso. Muito interessante o autor abordar quem realmente são as pessoas, quer dizer o caráter delas. Espero gostar, não sabia que depois da trilogia tem outros livros.

    ResponderExcluir
  7. Parece ser aqueles livros de fantasia bem encantador, com todo aquele clichê bem x mal que conquista essa geração de jovens leitores.
    Não faz muito meu estilo de leitura, mas acho que daria uma chance pois parece cativar o leitor.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei