31 julho 2018

[Resenha] Desejar - Nina Lane


A história de Liv e Dean continua no segundo volume da série Espiral do desejo. Depois de quase verem seu casamento destruído por mentiras e desilusões, Dean e Olivia retomam sua jornada mais unidos e apaixonados do que nunca. O professor de história medieval e sua amada esposa estão determinados a consertar os erros do passado e sabem que, para isso, terão que unir forças para derrubar barreiras erguidas ao longo de anos. Uma inesperada crise envolvendo os pais de Dean acaba, contudo, dragando-o de volta à espiral de culpa, ressentimento e amargura que marcou sua juventude. Tudo o que ele mais quer é proteger Olivia, mas, dessa vez, ela se recusará a cumprir o papel de esposa frágil e delicada. Ao lado de seu grande amor, Olivia enfrentará os mais terríveis fantasmas da família West — até mesmo os segredos escondidos a sete chaves.


Livro: Desejar|| Série: Espiral de Desejo #02 || Autor: Nina Lane |
Editora: Paralela || Ano: 2018 || Gênero:  Romance, Hot, Adulto
 Classificação: 5 estrelas || Resenhista: Luci
Skoob | Compre | Editora
Resenha Livro 01

Participe do Top Comentarista de Julho

 Nessa segunda parte da série Espiral de Desejo, continuamos a ver a história de Liv e Dean.


Vimos que, no livro anterior, um casamento permeado de amor passa a ser abalado quando determinados segredos do passado de Dean vêm à tona, e somado a outros acontecimentos, isso quebra um pouco a confiança que o casal tinha um do outro, resultando disso uma crise no casamento.

Mas ambos não desistem um do outro, e dispostos a dar continuidade aio relacionamento, eles começam a dar os primeiros passos, quando Liv revela que está grávida. E isso, claro, suscita em Dean uma série de emoções conflitantes, pois ele tem um passado bem traumático quanto a isso.

O relacionamento dos dois passa por mais uma prova, quando o pai de Dean sofre um derrame e é necessário que ele vá passar uns dias na casa dos pais, junto com Liv. Nesse ponto da história, temos a introdução de novos personagens à trama, como Archer, irmão dele — que em si já traz uma carga dramática — e a ex-esposa, cujo modelo de perfeição contrasta completamente com Liv, seu passado conturbado e suas origens humildes. E isso aumenta a diferença entre o casal e acarreta inseguranças para Liv, mesmo Dean mostrando, a todo momento, que a ama.

Em meio a novos acontecimentos, Liv e Dean tentam reafirmar seu amor, livrando-se daquilo que os prendem e não os deixam ser livres para viver plenamente isso. E a confiança de Liv será posta à prova, pois um fato novo terá o poder de abalar ainda mais seu casamento. Ou não.

“Não mereço você”, Dean diz.
“Para com isso.”
“Não mesmo.” Ele se afasta, passando a mão nos meus cabelos. “Nunca mereci. Fui atrás de você por egoísmo e ganância. Desejava você mais do que tudo. Para quem vê de fora, pode parecer diferente, não? Como se eu tivesse salvado você.”
“Mas você me salvou.”
“Salvei nada! Você não precisava ser salva. Eu que era um imbecil inseguro que só conseguia fazer as coisas para impressionar os outros, para parecer que era o melhor. Você era a única que estava pouco se lixando para o que eu fazia… só se preocupou com quem eu era. Só consigo ser minha melhor versão quando estou com você.”


Em Desejar, vemos o casal, mais apaixonado do que nunca, mas que tem que colocar algumas cartas na mesa para que o relacionamento dê realmente certo. E o que mais gostei, pois havia ansiado isso, foi a evolução de Liv, que se tornou, a cada capítulo, uma personagem cada vez mais forte, para dizer o que pensa e tomar as rédeas da sua própria vida, sem que para isso tenha que deixar Dean de lado.
Ela não é mais a sombra do marido, possessivo e controlador. Por favor, não vejam essa característica de Dean como a de um homem abusivo. Ele mostra a sua possessividade sobre ela porque a vê frágil, e realmente Liv se mostra assim, e até se acomodou sobre isso. Mas, nesse segundo volume, ela tem a coragem de falar, de se expressar mais, e isso vai moldando, de forma positiva, seu relacionamento com o marido.

Amei a forma como Dean acompanha essa leve mudança. Ao mesmo tempo em que ela vai abrindo as asas, ele a acompanha com o mesmo amor incondicional que dedica a ela, dando-lhe a confiança necessária para acreditar que ele estará sempre para e por ela.

Como disse anteriormente, não sou muito fã de livros eróticos, mas Nina Lane continuou dando aquela carga de emoção às partes mais “quentes” do livro, que realmente me agradou muito, porque não ficou aquela leitura carregada apenas de sexo, mas de sentimentos. Ela descreve a relação sexual como uma extensão do amor dos dois, e para essa resenhista que voz fala, dada a livros românticos, isso é muito bom, torna muito melhor a leitura.

O livro termina com algo bombástico, assim, só nos resta esperar o próximo lançamento para descobrir o desfecho dessa história. Mas vou logo adiantando: quem ainda não começou a ler, está perdendo uma série maravilhosa, que vale a pena ser lida, principalmente os fãs do g~enero romântico/erótico.

Compartilhe!

8 comentários :

  1. Tô perdendo uma série maravilhosa pelo visto Luci haha, ainda não comecei a ler mas tenho ficado animada com as resenhas que vejo de ambos os livros lançados e espero que o terceiro venha logo já que o segundo deixa um gancho bombástico. Amei a resenha, quero sim ler essa trilogia ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lucilene,

    O enredo - mais uma vez proposto -, é significativo para que os leitores possam acompanhar as novas dificuldades (que surgiram) do casal.

    E, é relevante ver a evolução e mudanças de atitudes da personagem!

    Quero muitíssimo ler essa série.

    ResponderExcluir
  3. Olá Lucilene!
    Qro tanto ler esse livro, li mtos comentários bons sobre ele e o anterior tbm, estou curiosa agora pra saber esse final bombástico...
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Luci,
    O primeiro livro já tinha me ganhado, mas esse tem uma história ainda mais linda, porque mostra que o casal de fato está tentando se acertar, confiar um no outro, é bem bonito.
    Sobre o final, só tenho a dizer que estou curiosa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Lucilene!
    Bom ver que o casal busca o entrosamento e fazer com que a relação dê certo.
    Adoro livros que nos trazem essa montanha russa de emoções, com sentimentos diversificados.
    Que a semana seja abençoada!
    “O prazer dos grandes homens consiste em poder tornar os outros felizes..” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Parece uma historia bonita em que o amor do casal tem que passar por provações, fiquei impressionada com tantos acontecimentos que causam desentendimentos e mesmo assim continuam junto. Muito bom que a personagem muda vai crescendo e se torbando mais forte.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia a série, mas parece ser uma ótima trama sobre esse casal.
    Sinto que vai ser um livro que eu vou sentir vontade de chorar o tempo todo haha
    Fiquei mais interessada pela Liv do que pelo Dean.
    Adorei a dica.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Menina, eu gostei muito do primeiro livro mas a Liv me irritou tanto, eu detestei o que ela fez com o casamento porque achei os motivos dela pra tal coisa muito torpes. Parece que ela fazia tempestade em copo dágua. Eu não achei o Dean possessivo em momento algum, mas possa ser que eu encobri essa característica dele com segurança. Eu simplesmente amei o cara e recebi o livro hoje da editora, não vejo a hora de ler!
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei