06 junho 2018

[RESENHA] Extraordinárias mulheres que revolucionaram o Brasil


Dandara foi uma guerreira negra fundamental para o Quilombo dos Palmares. Bertha Lutz foi a maior representante do movimento sufragista no Brasil. Maria da Penha ficou paraplégica e por pouco não perdeu a vida, mas sua luta resultou na principal lei contra a violência doméstica do país. Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem. Aqui, você vai encontrar perfis de revolucionárias de etnias e regiões variadas, que viveram desde o século XVI até a atualidade, e conhecer os retratos de cada uma delas, feitos por artistas brasileiras. O que todas essas mulheres têm em comum? A força extraordinária para lutar por seus ideais e transformar o Brasil.
                  
Livro:  Extraordinárias mulheres eu revolucionaram o Brasil
Autor:  Duda Porto de Souza  e Aryane Cararo
Ilustradoras:  Adriana Komura, Bárbara Malagoli, Bruna Assis Brasil, Joana Lira, Helena Cintra, Laura Athayde, Lole, Veridiana Scarpelli e Yara Kono
Editora: Seguinte || Classificação:  5 estrelas- Favorito 
Resenhista: Karina || Ano: 2017 || Gênero: Biografia


Antes de começarmos a discutir sobre o que é esse livro, queria propor um exercício, para e pense se preciso anote aí pelo menos 5 mulheres que você acha que fizeram história no Brasil. 

Esse livro reúne mulheres Brasileiras ou Abrasileiradas que dificilmente ouvimos falar na escola, apesar da literatura dar espaço cada vez mais a personagens fictícias donas de si, o número de nomes que lembramos de heroínas reais é bem menor e ainda menor é a proporção de nomes de mulheres brasileiras, porém isso não quer dizer que elas não existam.


Os registros são escassos como dito na apresentação das autoras bem no início do livro, logo a importância desse livro existir já se justifica, a cada página que eu li e cada mulher que conheci, a única certeza que eu tinha é que esse é aquele tipo de livro que deveria estar nas escolas de ensino fundamental.

Se lá em cima naquele exercício que eu propus você pensou em Tarsila do Amaral, a famosa pintora modernista que participou da semana de 1922, vale saber que antes de Tarsila escrever seu nome na história com o famoso quadro O Abapuru, também houve Anita Malfatti que em 1917 foi a responsável por provocar a grande primeira controvérsia no meio artístico paulistano causando a ira até mesmo de Monteiro Lobato (um nome que com certeza todos lembramos); ainda antes dela temos de Georgina de Albuquerque que tornou se a primeira mulher à dirigir a escola Nacional de Belas Artes (Enba) provando que mulheres não deveriam apenas ser retratadas na pintura também existia espaço para que elas fossem a criadoras das obras.

Maria Lenk, uma lenda nas águas.
O propósito do livro não é dizer que uma é melhor que a outra; mas sim, que houveram e há muitas e que elas não devem ser esquecidas; assim como elas, nós, a nossa vizinha e/ ou a nossa irmã tem força suficiente para se tornar o que quiser .

Se resolvemos pensar na Inconfidência mineira (aquela que temos até um feriado nacional) qual é o nome que lhe vem à cabeça? Se o nome que lhe veio à cabeça foi o Joaquim José da Silva Xavier (o Tiradentes) depois desse livro talvez você dívida esse posto com a Hipólita Jacinta Teixeira de Melo que foi articuladora, estrategista e competente nos negócios durante a revolução que chegou a eliminar provas que incriminavam os participantes e se arriscou a avisá-los sobre um traidor.
 
Sônia Guarajajara, a líder dos povos indígenas brasileiros

Você já ouviu falar de Nise da Silveira? Hoje você acha normal um paciente psiquiátrico ser tratado a base de choque ou lobotomia (retirada de parte do cérebro)? Num período que esses tratamentos eram os principais protocolos a doutora enxergava apenas o horror desse tratamento, reconhecida não penas como a pioneira da terapia ocupacional, mas como a responsável por introduzir a psicologia junguiana no brasil costumava dizer:

Antes eu era a louca, agora estou na moda.

Temos nomes mais recentes que não foram deixados de fora como: Marta Vieira (a rainha do futebol no Brasil), Djamila Ribeiro (ativista do feminismo negro no Brasil), Zilda Arns (a médica que mudou o quadro de desnutrição infantil no brasil com a farinha de multimistura e o soro caseiro.)

A edição é digna de destaque na estante com uma capa holográfica maravilhosa, todas as 40 mulheres escolhidas pelas autoras têm uma ilustração de página inteira, feita por uma das 9 mulheres talentosíssimas escolhidas para o projeto, há um glossário e uma linha do tempo que complementam as informações das biografias. A cada página uma única pergunta ecoa na minha cabeça: Quantas mais mulheres incríveis existem e não temos relato ou o devido reconhecimento? Espero que esse livro seja o primeiro volume de muitos que estão por vir, reconhecer nosso passado é construir a melhor versão do futuro.

Compartilhe!

11 comentários :

  1. Oi Karina, acho que existem muitas mulheres fortes e que fazem história nesse país sem o devido reconhecimento e assim fico bem feliz de ver um livro assim sendo publicado e concordo contigo que esse deveria ser um livro a ser utilizado no ensino do nosso país. Amei a dica e as fotos estão maravilhosas ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como mulher esse livro serviu mais do que como carinho na alma de leitora, eu qria muito por distribuir por ai exemplares desse.

      Excluir
  2. Oi, Karina.

    Sem dúvidas o livro é enriquecedor por ressaltar bem o extremo valor dessas mulheres que tiveram sua importância e um papel importante em nossa sociedade.

    É também uma boa oportunidade para não conhece as histórias dessas mulheres, como eu, obter informações sobre suas trajetórias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Dai esse livro nos traz só a pontinha do Iceberg, temos mulheres maravilhosas pra descobrir e propagar por aí !

      Excluir
  3. É um livro maravilhoso que tem que passar pela mão de todos, deve ser emocionante saber sobre essas mulheres guerreiras que enfrentaram tantas coisas para conseguir seus ideais, graças a elas muitos caminhos se abriram para as mulheres. E tem muitas mais por aí que nem fazemos ideias de suas lutas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo maravilhoso e a edição tá tãoooo lindaaaa, espero que esse livro sempre figure entre os mais vendidos/indicados... é uma otima opção de presente para todas as faixas etárias.

      Excluir
  4. Olá Karina.
    As mulheres são desmerecidas desde sempre, esse livro mostra bem isso, muitas nunca ouvimos falar, tens razão ao dizer que esse livro deveria estar nas escolas, para que todos tomem conhecimento de quem foram essas mulheres eo que fizeram, que marcas deixaram no Brasil. Acho fundamental um tipo de biografia dessas, vários nomes, ilustrações, tudo lindo e de alta qualidade. Gostaria de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Mari, to amando ver cada vez mais esse tipo de publicação !

      Excluir
  5. Karina!
    Acredito que seja um daqueles livros que temos 'obrigação' de ler, para poder conhecermos um pouco mais sobre essas bravas mulheres que de alguma forma se tornaram extraordinárias em suas áreas de ação.
    Importantíssimo!
    Uma semana cheia de luz e paz!
    “Sou uma pessoa insegura, indecisa, sem rumo na vida, sem leme para me guiar: na verdade não sei o que fazer comigo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  6. Olá, a obra faz um resgate de novos femininos que foram de extrema importância para o nosso país, fazendo com que o leitor fique pensando sobre o porque de essas figuras não serem homenageadas como deveriam. Essa obra poderia virar leitura obrigatória nas escolas, ia ver demais. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Karina!
    Tenho um gande interesse me me adentrar mais no assunto, e qdo vi esse livro fiquei doida pra ler, achei interessante a ideia do livro, espero ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei