15 junho 2018

[Resenha] Ele - Sarina Bowen e Elle Kennedy


James Canning nunca descobriu como perdeu seu melhor e mais próximo amigo.
Quatro anos atrás, seu tatuado, destemido e impulsivo companheiro desde a infância simplesmente cortou contato.
O maior arrependimento de Ryan Wesley é ter convencido seu amigo extremamente hétero a participar de uma aposta que testou os limites da amizade deles.
Agora, prestes a se enfrentarem nos times de hóquei da faculdade, ele finalmente terá a oportunidade de se desculpar. Mas, só de olhar para o seu antigo crush, Wes percebe que ainda não conseguiu superar sua paixão adolescente.
Jamie esperou bastante tempo pelas respostas sobre o que aconteceu com seu relacionamento com Wes, mas, ao se reencontrarem, surgem ainda mais dúvidas.
Uma noite de sexo pode estragar uma amizade? Essa e outras questões sobre si mesmos vão ter que ser respondidas quando Wesley e Jamie se veem como treinadores no mesmo acampamento de hóquei.


Livro: Ele|| Autor: Elle Kennedy e Sarina Bowen
Editora: Paralela||Ano: 2018 || Gênero:  Romance, LGBT , HH
 Classificação:  4 estrelas || Resenhista: Lala
Ele é escrito pelas autoras Sarina Bowen e Elle Kennedy. Elle, eu sei que já é queridinha nossa, mas esse foi o primeiro livro que li da Sarina. E nossa... achei a junção dessas duas algo maravilhoso. Adorei me envolver nessa historia sexy e ao mesmo tempo doce sobre como dois melhores amigos descobriram o amor.

Preciso começar dizendo que adorei a capa. Acho que ela passa exatamente a mensagem certa sobre esse livro, mostra claramente sobre o que se trata e não há confusão quanto a ser um livro gay.

Jamie Canning e Ryan Wesley costumavam passar o verão juntos em um acampamento de hockey, e, apesar de só se verem durante essas poucas semanas, isso nunca impediu que o vínculo entre eles crescesse cada vez mais. Até que um dia eles simplesmente pararam de se falar. 

Simplesmente não né, Wes decide que isso é o melhor para eles e some. Quase quatro anos depois, eles se reencontram. E nós vemos essa amizade voltar a se desenvolver.
Wes é jogador de hockey pela universidade, com um contrato com a NHL. Seu foco é apenas no hockey, e em sua carreira proeminente. Apesar de estar fora do armário, ele deixa de lado a sua vida amorosa, assim como os sentimentos pelo melhor amigo, até por que ele sabe que Jamie é hétero.

Jamie continua indo para o acampamento de hockey, mas agora como treinador. E nesse verão, Wes volta ao acampamento também. E os dois poderão passar mais um verão juntos como antigamente, Jamie finalmente poderá ter algumas respostas quanto ao sumiço do Wes.

Anos depois a amizade entre eles retorna facilmente, e, com certeza saber que o Wes é gay ajuda Jamie a entender melhor o que aconteceu, mas saber disso não explica como as coisas estão mudando ultimamente, essa atração que agora existe entre eles, e todos essas novas sensações que Jamie anda sentindo. Mas uma coisa Jamie tem certeza, ele só quer passar mais tempo com Wes e explorar isso entre eles.



Ele é narrado com ponto de vista alternado, e isso nos dá a oportunidade de acompanhar o conflito dos dois, enquanto um luta para esconder o que sempre sentiu, o outro se vê cheio de novos sentimentos e sem medo de enfrentá-los.

Uma coisa que me fez gostar ainda mais desse livro foi o humor que as autoras conseguiram colocar na história, com pequenos diálogos hilários e cenas leves. O livro traz um romance gay sem frescura nem drama, com amor, amizade e cenas capazes de incendiar qualquer um.

Os dois personagens são maravilhosos e cheios de complexidades. São duas pessoas completamente diferentes que se veem em uma situação que jamais imaginaram e devem decidir o que fazer a seguir.

Ryan descobriu que era gay ainda adolescente e hoje já é um homem completamente em paz com a sua sexualidade. Seus amigos e os jogadores do time sabem que ele é gay, o aceitam como é, mas ele não sai por aí divulgando isso, tanto pelo medo da mídia quanto da sua família, que é muito rica e não é aquele exemplo de família do ano. Seus pais são bem distantes e preocupados com seus próprios negócios, então Ryan já está acostumado com a falta de afeto e apoio.  Desde jovem é completamente apaixonado por seu melhor amigo Jamie, e se afastou dele com medo de sua reação. Mas agora se reencontraram.... E o que resultar disso pode ser seu maior sonho ou seu maior pesadelo, mas, uma coisa ele tem certeza, vai aproveitar cada momento. 


Jamie é o oposto. Gosta de garotas, se diverte muito com elas e tem a sua vida bem nos trilhos. Sua família é muito carinhosa, presente e cheia de amor para dar. Tudo muito diferente da vida de Ryan. Quando eles se reencontram, Jamie sente que finalmente terá as respostas que estão em sua mente há tantos anos... Mas certamente, não está preparado para todas as dúvidas que vêm junto. 

Os dois se completam de formas que é até difícil de descrever. Jamie é muito mais seguro de si e confiante, mesmo frente a uma nova descoberta que pode mudar sua vida. Ryan tem medo o tempo todo de que esse sonho irá acabar e não acredita muito que tudo que mais queria possa virar realidade.

O que vemos em Ele é um romance profundo e repleto de cenas super sexies. As autoras não mediram as palavras e descreveram um romance entre dois homens de uma forma bem real. O sentimento é muito profundo e também tem um potencial de causar muitas mágoas. É daqueles livros à flor da pele, capaz de envolver qualquer um.

Não temos muitos livros gays no mercado editorial brasileiro, e acredito que Ele ajudará a quebrar muitas barreiras. Não há como negar que, por mais que tenha havido uma grande melhora, ainda existe muito preconceito com esse tema. As autoras mostram o tempo todo que um romance entre dois homens é o mesmo que o romance entre um homem uma mulher ou entre duas mulheres. São duas pessoas apaixonadas, felizes um com o outro e que só querem ficar o máximo de tempo juntos. É uma história muito bonita e também muito sexy. Com certeza vai mudar muitas opiniões.

Ele é daqueles romances arrebatadores, de tirar o fôlego, que irá aquecer seu coração e levantar o seu astral. Não há como não se apaixonar.


Compartilhe!

10 comentários :

  1. Oi, Laura.

    O livro já tem um diferencial, por se tratar de dois personagens com sexualidades, inicialmente, opostas. E, por ser dinâmico.

    As descobertas de novos sentimentos, já prende a atenção. Os conflitos e inseguranças do Jamie, mais ainda, e envolve o leitor.

    Os personagens parecem ser bem estruturados.

    Enfim, já li alguns livros com essa temática, gostei e tenho certeza que irei gostar desse livro também.

    ResponderExcluir
  2. Oi Lala, acho que a normalidade com que as autoras tratam o tema é o que torna o livro ainda mais interessante e acho bacana essa publicação chegar por aqui, vai quebrar algumas barreiras sim. O que mais me chamou a atenção é que as diferenças entre as famílias impactam na forma como os protagonistas lidam com as novas sensações, enquanto Ryan que tem uma família distante é menos confiante, Jamie que tem a família mais amorosa é mais seguro, acho que isso reflete bem a realidade.
    A resenha como um todo tá ótima e apesar de concordar contigo sobre a capa deixar claro o gênero do livro, não gostei muito dela não rsr.

    ResponderExcluir
  3. Laura!
    Até que enfim alguém ouso trazer trechos de sexo explícito entre homens.
    Já estava interessada por causa do romance de amigos de infância e sabre que os trechos hots são explícitos, me deixou com mais vontade de ler ainda.
    “Sou uma só. (...) Sou um ser. E deixo que você seja. Isso lhe assusta? Creio que sim. Mas vale a pena. Mesmo que doa. Dói só no começo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Olá, realmente esse é o primeiro livro Hot homossexual que eu vejo, visto que como mencionado na resenha, o mercado literário ainda não abriu muito espaço para esse tipo de obra. Enfim, a história criada pela autoras impressiona tanto pela ousadia quanto pela qualidade da narrativa, que possui ambos os protagonistas muito bem caracterizados. Mas é notório que a construção do relacionamento do casal é um pouco apressada, dando uma impressão de superficialidade nesse aspecto. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Li um livro homossexual hot e gostei muito, fiquei interessada em ler esse, parece que passa muita emoção ao leitor. Ryan passa por um conflito em relação aos sentimentos que tem pelo amigo, em saber se ele vai gostar, sem falar na família, muitas não dão apoio. É bom ter dois pontos de vista assim ficamos sabendo as emoções e receios de cada um.

    ResponderExcluir
  6. Oi Laura!
    O livro parece msm arrebatador, já qro!
    Não conhecia ainda, espero um dia ler e conhecer a escrita da autora tbm, que parece ter conquistado mtos leitores.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Nunca li um livro escrito por duas autoras, bem interessante essa história. Quem nunca perdeu uma amizade e ficou sem saber o motivo..Espero que no livro isso se explique.
    Também gostei que o livro é bem escrito, leve, com amor, sexo, humor e amizade. Nunca li livros com temática gay mas fiquei interessada na história de Jamie e Ryan. Torcendo por eles.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Estou com um livro da Elle Kennedy da serie dela para ler, minha amiga leu e adorou a escrita da autora, por isso estou bem curiosa para poder ler seus livros, ainda não conhecia esse livro e fiquei curiosa sobre a escrita das duas autora juntas, parece ser um livro que nos conquista, com uma historia que nos faz torcer pelo casal e gostei bastante de também ser um livro divertido !!

    ResponderExcluir
  9. Olá! Bacana vê que as editoras estão finalmente dando espaço para os romances gay. E nada melhor que começar com esse baita livro que trás uma leitura muito intensa, onde junto com Jaime você sente todo o conflito que se passa em sua cabeça. Wes é muito decidido e seu humor e a forma como ele enfrenta a vida é realmente maravilhosa. Esses dois conseguiram ganhar meu coração e minha torcida. Quanto à capa, prefiro a original, mas essa também esta bonita.

    ResponderExcluir
  10. Adorei a proposta que trouxeram pra este livro. Adoro livros com pegada LGBT então fiquei completamente maravilhada com o lançamento desse livro que inclusive já adicionei na lista de desejados do skoob

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei