12 abril 2018

[Resenha] O Jogo das Sombras - Série GhostWalkers #1


Christine Feehan, autora premiada e best-seller do The New York Times e do USA Today apresenta o primeiro livro de sua série Ghostwalkers – O jogo das sombras, um livro intenso, sombrio e incrivelmente seduzente. Este experimento secreto é criação do renomado cientista Peter Whitney e sua brilhante filha, Lily. Criado para aprimorar as habilidades psíquicas de um esquadrão de elite, as transformações permitem que o poder mental desses homens se transforme em uma incrível arma militar. Entretanto, as cobaias começam a morrer misteriosamente nos laboratórios secretos, sempre vítimas de acidentes bizarros, e o capitão Ryland Miller sabe que ele será o próximo. Quando o dr. Whitney é assassinado, Ryland sabe que agora só poderá confiar na bela Lily. Possuidora de um sexto sentido excepcional, ela compartilha com Ryland cada novo medo, cada traição e cada suspeita que surge nos laboratórios. Contudo, ambos compartilham muito mais do que os próprios medos e terão de lidar com a paixão que os atrai enquanto desvendam os segredos por trás de tantas mortes.

Livro: O fio da navalha|| Série: Série GhostWalkers # 1 || Autor: Christine Feehan
 Ano: 2018 ||  Editora: Universo dos Livros || Gênero: Sobrenatural, Romance, Erótico
Classificação: 3 estrelas || Resenhista: Lud



Skoob || Editora || Compre


Participe do Top Comentarista de Março

O capitão Ryland Miller e seus homens são leais e querem mais do que tudo servirem bem à nação, e com isso, eles são atraídos para um experimento que implica em aumentar as habilidades psíquicas já existentes, e assim transforá-los  um grupo militar de elite acima de qualquer outro já existente. 

Mas nem tudo é assim tão simples. Em meio aos experimentos, Miller começa a desconfiar do coronel Higgen, aquele que o convenceu a entrar nesse projeto, e quando seus homens vão desaparecendo, ele tem a certeza de que foi traído, e agora, os homens que são como irmãos para ele estão em perigo porque ele confiou na pessoa errada. 

Conforme os poderes de todos vão aumentando, alguns problemas vão ocorrendo com alguns soldados, e o Dr. Peter Whitney, responsável pela pesquisa e dono da Donovan, um centro de pesquisas mundialmente famoso, começa a duvidar do projeto e das boas intenções do General. Sentindo que não tem controle sobre a real finalidade desse grupo de elite, ele chama sua filha, Lily, para passar as informações para ela, de modo que ela consiga desfazer o mal que ele causou para aqueles homens. 

Assim que Lily entra no jogo, Miller se vê atraído por essa mulher, e mais ainda, ela parece ser igual a ele, parece que o Dr. andou fazendo esses mesmos experimentos antes. Será que ele foi capaz de usar  a própria filha nisso? 

A partir daí, Lily e Miller tentam desvendar os mistérios ligados a esse experimento, ao mesmo tempo em que os soldados, agora fugitivos, tentam encontrar um meio de controlar os poderes e assim serem capazes de voltarem a conviver em sociedade. 




Vamos começar falando da série. Essa é uma série longa, com 14 livros já publicados pela autora, e os livros seguem a linha de um casal diferente por livro, mas dentro de um plot comum a todos. A UDL já tinha uma série dessa autora sendo publicada, mas eles acabaram abandonando e começaram a publicar essa.

Eu, particularmente, achei que o livro peca em muitas coisas. Ele tem uma narrativa arrastada em alguns momentos, nada acontece, e eu entendo que não se deve ter 100% de ação em um livro, mas são passagens que não acrescentam à história, não abre o leque de possibilidades que se pode explorar quando se trata de sobrenatural/ficção.

Outra falha que achei no livro, é a falta de aprofundamento. Sendo o primeiro livro de uma série que se trata de pessoas modificadas geneticamente, você quer explicações sobre a criação do mundo, justificativas sobre algumas coisas, e não se tem isso, apesar de haver brechas para tal.

O casal não me conquistou muito, não senti aquela veracidade. E entendo esses instalove em séries sobrenaturais, porque são muito bem fundamentadas pelos instinto e outras razões, mas eu não vi muita justificativa para esse romance.

O que não me fez desistir da série, é que a autora apresenta uma variedade de personagens secundários, que provavelmente terão cada um o seu livro, e isso aguça a curiosidade para saber o que tal pessoa é capaz de fazer, e quem serão as possíveis mulheres de cada um.

Dando uma pesquisada, vi que a série começou a ser publicada em 2003, há mais de dez anos. E isso me dá uma acalmada também, porque tem que se levar em consideração que naquele momento, a escrita que o mercado pedia era algo assim, tanto que tem 4.13 de classificação de 5 estrelas. E a classificação se mantém ao longo da série.

Espero que a série seja um crescente e conforme os livros forem publicados, eu tenha mais apreço por ela.  

Compartilhe!

7 comentários :

  1. Oi, Lud.

    Mesmo o Ryland se submetendo a esses experimentos, acho que não somente ele, mas todos que se voluntariaram (possivelmente), descobrir o quão terrível isso é.

    Enfim, estou com muitas expectativas pra ler esse livro!

    ResponderExcluir
  2. Oi Lud.
    Estava ansiosa para conhecer mais sobre o livro e me surpreendi. Não esperava algo sobrenatural na história e estou ansiosa para saber mais sobre os dons que esses homens possuem, e claro conhecer Ryland.. Achei que a protagonista Lily foi muito bem formada, gostei da posição que ela se encontra no romance, parece bem inteligente!
    É uma pena os pontos negativos que você citou, mas ainda assim eu me interessei, só achei a série enorme, nossa, 14 livros é muita coisa,rs.
    Ah, outro detalhe que me chamou a atenção foi a capa, achei incrível.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Lud!
    Conheci o livro essa semana, curt o tema e confesso que fiquei mto curiosa pra ler e conhecer mais á fundo a história, e tbm a escrita da autora que me chamou atenção, espero gostar da leitura qdo conseguir ler.
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Lud!
    Nossa 14 livros!!!! Não consigo ler tudo isso não rsrs
    Quando comecei a ler sua resenha achei que seria um livro de muito ação, aqueles que não conseguimos parar de ler nem pra comer, mas me decepcionei por saber que tem muitas partes um pouco parada e lenta.
    Gostei do tema e a história parece ser bem intrigante, com toda a história de aumentar as habilidades. Acho que seria uma boa série também.
    Enfim apesar da consistência das notas vou passar a leitura, muito livros geralmente me dão receio.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Um livro que pode ser interessante, mas eu não gosto dessa ideia de experiências genéticas para transformar as habilidades humanas, um tema bem complexo, sobrenatural ,romance erótico. Apesar da capa linda não leria o primeiro só por saber que são 14 no total.Prefiro não arriscar o bolso.

    ResponderExcluir
  6. Lud!
    Entendo todas as ressalvas que fez, porque realmente sem aprofundamento nas personagens e com alguns trechos arrastados e sem necessidade, talvez torne um livro que era para ser mais movimentado, devido ao seu estilo, um tanto enfadonho. Mas a verdade é que gostei muito e quero poder ler. E pelo visto é daquelas séries de ficção que podem ser lidas de maneira independente os livros e gostei ainda mais.

    “A sabedoria superior tolera, a inferior julga; a superior perdoa, a inferior condena.” (Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA ABRIL – ANIVERSÁRIO DO BLOG: 5 livros + vários kits, 7 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  7. Adoro historias sobrenaturais e gostei da ideia dos experimentos, pode resultar em algo interessante de acompanhar, mas achei uma pena a falta de aprofundamento e parece que o casal não conquista o leitor isso é muito frustante, como podemos torcer por eles então rs.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei