08 fevereiro 2018

[Resenha] A Obsessão - Nora Roberts


Naomi Bowes viu seu mundo ruir na noite em que resolveu seguir seu pai floresta adentro. Ao libertar uma garota presa no porão, Naomi revela a terrível extensão dos crimes cometidos por seu pai e, consequentemente, torna-o famoso.
Agora uma fotógrafa bem-sucedida sob o nome de Naomi Carson, a jovem encontra um lugar para chamar de seu. Uma casa velha, localizada a centenas de quilômetros de sua antiga vida.
Apesar de desejar a solidão, os gentis moradores de Sunrise Cove insistem em tê-la por perto e acolhê-la – especialmente o determinado Xander Keaton. Ela sente suas defesas caírem e, mesmo certa de que o acolhimento que sua nova vida oferece é algo que sempre quis, os pecados do seu pai se tornam uma obsessão. E, como já aprendeu, seu passado está a um pesadelo de distância...


Livro: A Obsessão || Autor: Nora Roberts 
Editora: Bertrand || Ano: 2017 ||  Gênero: Romance, Suspense romântico.
Classificação: 4 estrelas || Resenhista: Amanda
"- Quando você deixa as coisas para trás, Nom, passa a ser observado pelas costas. Prefiro manter as coisas à minha frente, onde posso ver para onde estão indo."

Naomi Bowes testemunhou algo que nenhuma criança deveria ver. Apenas uma semana antes de seu aniversário, a menina descobre a verdadeira face de seu pai, um homem severo, rigoroso, devoto... e um assassino. Um serial killer, estuprador de mulheres. Aquele momento seria o momento que definiria a personalidade da menina e a moldaria na mulher.

Após ajudar a vítima de seu pai a escapar com vida de seu cativeiro e a ajudar a chegar a polícia, a menina se torna testemunha e indiretamente, também uma vítima das crueldades do pai. Durante anos, Naomi tenta lidar com o fato de ser filha de um ser depravado e perverso, muda seu sobrenome, endereço, corte de cabelo, mas a menina permanece ali escondida, sempre cautelosa. Sempre pronta para correr.

"... ele duvidava muito de que alguém conseguisse passar a vida inteira sem magoar outra pessoa, propositalmente ou não."

Seu tio Seth e seu companheiro, fazem o possível para dar um novo lar a eles - a ela o irmão mais novo e a mãe - e os anos vão se passando. A mãe de Naomi depois de anos de abuso emocional e manipulação psicológica acaba em uma espiral de depressão, com fases boas e horríveis até que acaba cedendo a depressão e cometendo suicídio.

Novamente, Naomi apenas uma adolescente, é testemunha de mais um ato terrível cometido por um dos pais. E em seguida sofre chantagem de um colega que ameaça expor sua identidade se ela não lhe conceder uma entrevista exclusiva com a filha do monstro que assassinou e estuprou várias mulheres.

Não é surpresa que Naomi seja uma mulher desconfiada, sem raízes e que evite permanecer em algum lugar por muito tempo, sempre olhando por cima do ombro. Ela não quer laços com nada nem ninguém, já teve muitas coisas arrancadas dela e só quer viver uma vida comum, ser uma pessoa comum. 

"Geralmente as coisas só são simples na aparência, e isso cansa. Aí as complicações viram aborrecimentos em vez de atrativos."

Ser fotógrafa facilita seu estilo de vida, até que ela acaba cometendo a primeira "loucura" de sua vida. Compra uma casa enorme, uma antiga pensão, com uma vista espetacular... que está caindo aos pedaços.
Ela questiona a própria sanidade durante alguns momentos, especialmente quando dá início à reforma da antiga casa. O barulho, o fato de nunca estar sozinha, ameaçam a calma interior adquirida à muito sacrifício.

Naomi acaba fazendo amizade com Kevin e sua esposa. E acaba conhecendo Xander, que imediatamente se pega intrigado com a beleza e a desconfiança que irradia de Naomi.

A mulher que antes não queria nada nem ninguém que a prendesse, acaba em uma mansão em pedaços, com um cachorro ferido, amigos que não esperava e um homem que não desiste facilmente de nada. Mas coisas estranhas começam a acontecer e mulheres começam a sumir novamente e ameaçam a vida que Naomi estava apenas começando a construir.

"... é besteira fazer as perguntas se não estiver pronto para ouvir as respostas."

Eu amo a Nora e apesar desse não ser meu livro favorito dela (se você não leu Segredos corre e vai ler pelo amor de Deus), ele tem o mesmo toque tranquilo e envolvente que ela carrega em sua escrita. É impossível não se apaixonar pelos tios da Naomi. E cara... eu quero aquele cachorro, gente. Muito mesmo. Quero também um livro com o irmão dela pra ontem!!!!! 

Pra quem não conhece ou nunca leu um livro da Nora... ta esperando o quê, criatura? 

Compartilhe!

19 comentários :

  1. Trama intrigante e pouco abordada, imagino que deva ser interessante acompanhar o parente de um "monstro", afinal nunca pensamos muito sobre essas pessoas más e que elas tem uma vida também e pai, mãe, as vezes mulher e filhos como é o caso desse livro e isso me deixou curiosa. Li poucos livros da Nora, mas deu pra perceber que a escrita dela é super envolvente e fluida e gostei da resenha dessa história, vai pra lista de livros pra ler ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Lili! Que bom que gostou da resenha, espero que goste bastante do livro também <3

      Excluir
  2. Tenho muita vontade e interesse de ler os livros dessa autora, mas pretendo começar por outra obra, que e a sua ultima trilogia publicado pela editora arqueiro. Não que este livro não tenha me chamado a atenção, até porque os personagens são bem construídos, e fiquei curiosa para saber qual será o desfecho dessa trama.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que a última que eles publicaram ainda não li também, mas sendo Nora eu confio. É o tipo de autora que eu compro tudo de olhos fechados *-*

      Excluir
  3. Oi Amanda!
    Já li vários livros da Nora, mas todos eram romance, confesso que lendo a resenha não conseguia nem imaginar ela escrevendo um enredo tão intrigante, fiquei muito curiosa pela leitura e pra saber o que vai acontecer com a protagonista Naomi. Um dos poucos livros da autora que eu não conhecia, mas já estou doida para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Amanda!
    Já li vários livros da Nora, mas todos eram romances, confesso que lendo a resenha não dava pra imaginar a autora escrevendo um enredo tão intrigante, diferente de tudo que conheço dela. Não dá pra negar que fiquei mto curiosa para saber o que vai acontecer com a protagonista Naomi e se ela vai se entregar a uma nova vida... Um dos poucos livros da autora que eu não conhecia e já coloquei na lista de desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom, Vitória! Olha vale a pena, eu amoooo suspense romântico e a Nora é muito boa. o meu favorito é Segredos, mas A Obsessão também é ótimo. Na verdade tem outra série dela que só foi publicada em versão de bolso por isso é meio difícil de achar que é a série Noturna. Ela é ótima e são todos de suspense romantico! Recomendo <3

      Excluir
  5. Oi Nanda!!
    E a vontade que eu tenho de os livros da autora onde fica??
    Ando por aqui só acompanhando resenhas e babando nos enredos que assim como este me chamaram atenção e me agradou mto!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então se joga, Aline hahha. Eu amo essa autora, sempre que acho um livro dela em promoção eu compro porque vale a pena <3

      Excluir
  6. Olá, aqui Nora deixa mais uma vez seu talento evidente para a escrita. A autora conduz a trama com o cuidado que a mesma exige, dado os temas retratadas. Outro ponto positivo são os personagens secundários (sim, incluindo cachorro), com os quais é impossível não se cativar. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Li uma trilogia da autora e gostei muito, pretendo ler mais livros dela. A historia deve ser muito comovente e mexer com nossas emoções, fiquei com pena da personagem quanto sofrimento ela enfrenta na vida, parece que nada da certo. Fiquei curiosa em saber o desfecho da historia, principalmente o que acontece com o pai dela.

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro a escrita da Nora mas descobri que não gosto dos livros de fantasia que ela escreve, prefiro os romances e achei a premissa dessa história mirabolante mas completamente crível e é isso que eu adoro nos livros dela, as histórias podem parecer loucas mas são o tipo de situação que poderia acontecer mesmo na vida real. Ainda não li Segredos mas já está na minha meta juntamente com Obsessão.
    Obrigada pela dica!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada, Julia. Eu gosto dos livros dela por causa da personalidade e a dinâmica entre os personagens, acho que esse é o ponto forte dos livros dela, porque a história em si é sempre bem previsível. Ela é capaz de criar um personagem e a forma como ela o descreve, o que ele faz, como se relaciona, mantém nosso interesse.
      Espero que curta bastante Segredos, depois quero saber se gostou mesmo <3

      Excluir
  9. Nanda!
    Sou bem fã da autora e gosto demais do estilo de escrita dela, porque traz um tema que pode ser policial, mmistéiro, suspense e nno final, junta tudo e sai um romance daqueles, totalmente envolvente e inesperado.
    Não li esse mas pretendo.
    “Acredite que você pode, assim você já está no meio do caminho.” (Theodore Roosevelt)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, é maravilhoso como tudo que ela escreve <3

      Excluir
  10. Achei a premissa do livro muito intenso imagina a própria filha ver o pai assassinando estuprando outra pessoa uma coisa bem difícil de tentar ler fiquei arrepiada só com essa sinopse com a resenha mas eu quero muito ler o livro Até porque eu nunca li nenhum livro dessa autora nem os romances de época

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena. Eu não posso dizer que já li tudo que ela escreveu, mas devo ter lido pelo menos uns 100 entre físicos e ebooks (ela tem muita trilogia e serie então...) e eu amooooo os livros dela. É minha autora favorita de romance!

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei