25 julho 2017

[Resenha] Hilda e o Troll - Luke Pearson


Hilda adora aventuras, seja acampar numa noite chuvosa ou explorar a paisagem montanhosa nos arredores de casa. Durante uma expedição pelas colinas, ela encontra uma pedra muito suspeita: de dia, é apenas uma rocha engraçada, mas à noite se transforma num troll! Enquanto faz um desenho no caderno para registrar sua mais nova descoberta, Hilda acaba pegando no sono, e, ao acordar, o troll desapareceu. Agora, no caminho de volta para casa, Hilda terá de lidar com uma floresta assustadora, um gigante perdido, um homem de madeira misterioso e um sino tilintante. Inspirado no folclore nórdico, este quadrinho de cores vivas mistura realidade e fantasia para criar um universo deslumbrante, de onde crianças e adultos não vão querer sair.



Livro: Hilda e o Troll || Série: Hilda #1 ||  Autor: Luke Pearson
Editora: CIA || Classificação: 4 estrelas || Resenhista: Lud
 Ano: 2017 || Gênero: HQ, Fantasia, Infantil




Hilda e o Troll é o primeiro dos quatro livros da série publicada pela Companhia das Letras no começo do ano. Escrito por Luke Pearson, um cartonista britânico, que participa da criação de storyboards para algumas temporadas de Adventure Time (Hora de Aventura.). Luke também foi indicado ao Prêmio Eisner nas categorias Melhor Roteirista/Ilustrador e Melhor Publicação para Crianças.


  
Nesse primeiro livro somos jogados no mundo de Hilda e sua aventura com um Troll e um homem madeira. Não temos uma preparação anterior, ou uma breve explicação do mundo criado, apenas começamos o dia junto com a Hilda. 


Hilda é uma menina aventureira, que adora desenhar e possui uma imaginação rica e cheia de personalidade. Ela vive em uma cabana de madeira com a mãe nos arredores de Trolburgo, e passa seus dias passeando pelos campos, desenhando e investigando monstros, tudo em companhia de Túlio, sua raposa/cachorro. Em um desses passeios, enquanto desenha uma pedra, ela descobre que aquela formação rochosa é muito parecida com um Troll durante o dia, e ao anoitecer, ele assumirá sua forma feroz. 
Com medo do Troll a seguir, ela pendura um sino no topo do seu nariz, para conseguir escutar quando ele estiver perto. E não é que ele a segue até em casa, mas não para devorá-la... o resto vocês vão descobrir ao ler. 



Quanto acabei o livro, fiquei na dúvida porque é um livro muito curto - 40 páginas -, e você meio que termina e pergunta cade o resto, porque não tem mais? E uma certa mágoa com o livro que tanto queria ler. Mas depois, entendi que esse é um livro sutil, com uma inocência de criança, onde a realidade se mistura com a imaginação. Hilda consegue ler um livro e ao andar pelos arredores da casa, puxa os personagens do livro para o seu mundo, formando assim uma aventura. E eu acho que isso conquista qualquer pessoa. 


O HQ é lindíssimo, a capa me conquistou de início, com essa menina de cabelo azul e sua raposa. Mas o livro possui capa dura, papel brilhante e as cores tão vibrantes que saltam do livro. É realmente maravilhoso. Quem conhece o Luke do Cartoon Network deve reconhecer o estilo, que segue essa linha sutil dos cartoons infantis. 

Recomendo o HQ para todos, independente da idade, é uma história divertida e mágica, que vai te conquistar em cada página. 


Compartilhe!

6 comentários :

  1. Oi Lud, os desenhos são lindos e a história apesar de curta parece ser encantadora e fofa. Amei desenho da protagonista e espero ver resenhas das próximas publicações e se tiver oportunidade quero ler também :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lili,

      espero que consiga ler sim, porque é muito lindo !!
      =)

      Excluir
  2. Oi, eu amo HQs, pena que não tenho tanta oportunidade de ler, e quando leio se resume a quadrinhos de super-heróis.
    Parece ser bem fofa, também gosto bastante de mitologia, e eu ficaria babando nos desenhos, porque eles são lindos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Malu,
      eu estou embarcando agora em HQ que não sejam Super-heróis, e estou achando vários que são muito bons!! Recomendo.

      Excluir
  3. Lud, mais uma vez vc arrasou na resenha. Resenhas da Lud são sempre sinal de boa indicação literária. Gosto muito do teu trabalho e fiquei curioso pra ler esse HQs. Por ser curto, só 40 páginas, conforme tu informou, é bom pra levar consigo quando for a consulta médica. Lá só tem revista velha, então enquanto não somos chamados, bora ler essa indicação da Lud, hehe.

    Adoro esse blog, sou fã do trabalho de voces, um abraço pra você Lud e pra toda a equipe do blog.

    Dieison Engroff - Rio Grande do Sul.

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Adorei a história, estava louca atrás de um gibi com uma história inocente e divertida para dar a minha irmã, quero incentivar ela a ler, e esse parece um livro adorável.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei