[RESENHA] Playboy Irresistível e Noiva Irresistível - Cretino 3 e 3.5

Livro: Playboy Irresistível
Serie: Cretino Irresistível #3
Autora: Christina Lauren

Uma linda nerd. Um incorrigível Don Juan. E uma aula de química só para maiores...Quando Hanna Bergstrom escutou de seu irmão que ela precisava ter uma vida social e se libertar um pouco da faculdade, ela jurou que iria cumprir essa tarefa: sair mais, fazer amigos, começar a namorar. E quem melhor para transformá-la na garota dos sonhos de todo homem do que o lindo melhor amigo de seu irmão, o investidor e playboy assumido Will Sumner ? Will ganha a vida assumindo riscos, mas a princípio ele não bota fé na transformação daquela garota desajeitada... até que numa noite selvagem, sua inocente pupila o seduz e acaba ensinando uma lição sobre o que é ficar com uma garota ardente e... inesquecível. Agora que Hanna descobriu o poder de seu próprio sex appeal, resta a Will provar que ele é o único homem que ela precisa.


 Will é sócio do Max (do livro 02) e também é amigo do Bennet (livro 01) e convive bastante com eles e suas respectivas namoradas, logo, já tivemos pequenas amostras do humor de will, mas é por ser melhor amigo de Jensen que conheceu na época da faculdade que ele conhece Hannah. Em um dia qualquer, Jensen liga para Will e pede que ele ajude Hannah que é sua irmã a se enturmar em Nova Iorque, já que Hannah é totalmente workaholic.

[...] Jens estava certo: eu nunca saia do laboratório. [...] Toda a minha vida até esse ponto girava em torno de acabar a faculdade e me lançar em uma perfeita carreira como pesquisadora. Foi um chamado para a realidade perceber o quão pouco eu tinha fora desse círculo. 

Hanna é uma pesquisadora, que trabalha no desenvolvimento de vacinas, com uma rotina super cheia não tem tempo para quase nada; seu irmão mais velho, Jensen, exige que ela tenha tempo para si mesmo e sair um pouco para conhecer a cidade e sugere que ela ligue e vá encontrar Will, seu melhor amigo da faculdade. É a partir daí que o mundo dos dois vai mudar e eles nem imaginam o quanto.

Will Summer era o melhor amigo do meu irmão na faculdade, foi ex-estagiário do meu pai e objeto de todas as minhas fantasias adolescente. Enquanto eu sempre fui a irmãzinha nerd e amigável, Will era o gênio bad boy de sorriso maroto, piercing na orelha e olhos azuis que pareciam hipnotizar todas as garotas que ele conhecia. 

Will convida Hanna para correr com ele pelas manhãs, ela aceita e a química entre eles acontece, mas não é nada de ‘instalove’, tem muito mais do que só um romance envolvido, eles vão se transformando naquele tipo de casal amigo, eles criam uma rotina de parceria; até porque no início, Will sempre vê seus amigos Bennet e Max apaixonados e não pretende integrar ao time de comprometidos, porém Hanna em uma festinha, bebe mais que o recomendado e faz com que as circunstancias mudem. 

Ziggy sempre foi a irmãzinha, mas ali, nos meus braços, eu percebi perfeitamente que ela já não era mais uma criança. Ela era uma mulher de vinte e poucos anos com mãos quentes no meu pescoço e o corpo colado ao meu. 

Com narrativas alternadas entre o ponto de vista do casal, as risadas estão garantidas. Will mesmo com toda sua tara por peitos (em especial os peitos de Hannah) é aquele amigo que tudo mundo gostaria de ter; Hanna doce e inteligente, além de conquistar a amizade de Will, quer poder contar com as habilidades sexuais do moço.

Eu tinha doze anos. Você era o amigo gostozão do meu irmão de dezenove anos que ficava fazendo piada sobre sexo na nossa casa. Você era praticamente uma criatura mítica. 

A serie chegou em um ponto onde o desenvolvimento dos relacionamentos é muito natural, nos sentimos em casa com as relações já estabelecidas; o nível de cenas quentes acompanham dois adultos que se desejam e que descobrem no meio do caminho que os desejos podem ir além de sexo.

 Conseguimos nos identificar com os personagens em diferentes momentos, a escrita está melhor a cada livro, os detalhes dão charme ao todo. A rotina de vida da Hanna é muito verosímil com a de qualquer pessoa que trabalhe na área da saúde em termos de horários e tarefas e isso tem muito da experiência de parte das autoras, antes de escrever em tempo integral, Lauren atuava como pesquisadora no campo de neurociência, então de uma certa maneira, Hanna pode ter muito da experiência da autora ( finalmente temos uma protagonistas da áreas de biológicas, me identifiquei) selo de coração quentinho!

Livro: Paixão Irresistível



Serie: Cretino Irresistível #3.5
Autora: Christina Lauren

Uma noiva irresistível. Um noivo apaixonante. E um tórrido romance de escritório que se transformou em amor verdadeiro. Chloe Mills e Bennett Ryan mal podem esperar pelos sinos matrimoniais. Chloe, exasperada e estressada por todos os arranjos de última hora, está prestes a dizer “sim” para uma fuga até Las Vegas. Por sua vez, Bennett teve a brilhante ideia de evitar sexo antes do casamento, regra que apenas piorou o mau humor dos dois. Quando seus familiares malucos chegam para o grande dia, os fogosos amantes irão descobrir se um casal que discute tanto pode continuar junto tempo o bastante para trocarem alianças – e não apenas provocações. Chloe e Bennett, o casal favorito das fãs, passaram por muita coisa juntos desde aquela noite ardente na sala de conferência em Cretino Irresistível – agora, junte-se a eles para o casamento do século


Finalmente a data do casamento se aproxima, para quem lembra dos acontecimentos em Vegas, pode esperar ainda mais confusões, palhaçadas e escapadinhas durante a cerimônia de casamento. É claro que para um casal que se pega 100% do tempo quando podia e quando não podiam, a brilhante ideia de Bennet de evitar sexo antes da cerimônia está praticamente fadada ao fracasso.

- Você é diabólica - eu disse. - Eu me sinto como uma noiva defendendo minha virgindade antes do casamento. 
Chloe quer que tudo saia perfeito, mas administrar os arranjos de última hora, os parentes chatos e as tias taradas que estão chegando pode ser muito estressante e até um pouco chata.

Você é um idiota egoísta - Ela rosnou-. E você ainda é uma megera devoradora de homens! -Gritei de volta-. E Deus, isso era tão familiar e fez com que me sentisse malditamente bem, era exatamente o que nós precisávamos. Eu queria jogá-la no chão, na areia, e rasgar suas roupas para que pudesse morder e marcar sua pele que estava escondida. Empurrei a mão no seu cabelo e ela a afastou, agarrando o tecido da minha camisa ao invés de me empurrar, me beijando bem forte e demoradamente e com mais língua do que o apropriado considerando onde estávamos. Um fato de que eu só tomei conhecimento quando o som de assovios e horrorizados pedidos de desculpas começaram a flutuar a nossa volta. 

Em “Noiva irresistível” reencontramos a atmosfera de amizade que acontece quando todos se juntam, Bennet tenta trollar Will para se vingar da pegadinha que will fez com ele em Vegas, Sarah e Max estão prestes a grandes mudanças e Hanna está se acostumando a esse grupo maluco de amigos.

O que estamos dizendo, meu amigo, é que você pensa que está tudo sob controle. Mas todos nós estamos esperando para ver quando você vai explodir de vez. 

Esses livros pequenos são agrados aos fãs, mostram pequenos flash de tempo entre os livros principais e funciona muito bem como um fechamento para um primeiro arco de história.

2 comentários:

  1. Olá!
    Eu já li resenhas sobre a série, gostei bastante dos personagens e do enredo, faz um tempinho q estou namorando eles mas ainda não tive oportunidade...
    A resenha tá bem bacana, parabéns!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum livro da série, a história parece nos envolver, os personagens nos conquistar e Will e Hannah parecem que foram bem trabalhados. Paixão irresistível parece ser bem engraçado com esses preparativos para o casamento.

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...