[Resenha] Boneco de Pano - Daniel Cole

Resultado de imagem para resenha boneco de pano
Boneco de Pano 
Daniel Cole

VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.
O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.
Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.
Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.
Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de Pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.


Boneco de Pano, é o livro de estreia do autor Daniel Cole, e foi publicado aqui no Brasil, pela editora Arqueiro.

A trama gira em torno do detetive William Fawkes, ou Wolf como é chamado. Ele foi afastado do seu trabalho depois de agredir um homem que foi acusado de ser um Serial Killer que queimava suas vítimas ainda vivas, e que foi considerado inocente no dia do seu julgamento.

Wolf logo após ser afastado, é internado em uma clínica psiquiatra e agora está de volta, para resolver um caso que coloca sua vida em risco de uma maneira que nem ele imagina.
Na casa do seu vizinho foi encontrado o Boneco de Pano, um cadáver contendo partes do corpo de seis pessoas, e isso não era tudo. O Boneco apontava para sua janela, o que o deixou assustado, mas ainda assim muito intrigado, já que não sabia o que ele tinha haver com tudo isso.

"Gigantescos pontos cirúrgicos alinhavam as partes desconexas de corpos diferentes. De um lado, uma perna masculina negra; do outro, uma feminina branca. À direita, a mão grande de um homem; à esquerda, a mão bronzeada de uma mulher. O negro dos cabelos desgrenhados fazia um forte contraste com a pele alva e sardenta do tronco feminino."

Após esse acontecimento, a impressa recebe uma lista contendo o nome das próximas seis vítimas inclusive data de cada assassinato, mas as surpresas não param por aí, o último nome na lista é o de Wolf.

Uma das coisas que adorei é o que o livro não gira só em torno da trama policial, mas ele também foca na vida dos personagens aqui presentes, como Emily que é colega de trabalho do Wolf e Andrea Hall, uma jornalista e ex- esposa do detetive que coloca o caso em exposição atraindo a atenção da mídia.

Descobrir quem são as seis pessoas assassinadas, proteger as próximas vítimas foram cenários muito bem construídos pelo autor. Eu simplesmente não conseguia parar de ler o livro, ele me prendeu de uma maneira que eu não consigo nem explicar, a trama em si é até certo ponto um pouco previsível, mas quando eu pensei que tinha descoberto tudo, não era nem a ponta do iceberg.

“Que não existe isso de “gente má” ou “gente boa”. Existem apenas aquelas pessoas que foram sacudidas além da conta e as que não foram.”

A narrativa é feita em terceira pessoa, contendo o ponto de vista de diversos personagens, o que eu adorei, já que é possível acompanhar o desenvolvimento da narrativa de diversos pontos de vista sem deixar nada de fora.

Boneco de Pano tem um humor negro que vejo em poucos livros, mas que funcionou muito bem nesse. Os personagens foram bem desenvolvidos e me apeguei a cada um deles de uma maneira muito especial, foi incrível assim como todo o livro e ainda deixou aquele gostinho de quero mais.

Se você curte um livro com muito suspense, um toque de romance e uma boa trama policial, não deixe de conferir Boneco de Pano.

6 comentários:

  1. Quero ler esse livro é bem misterioso esse assassino e com esse boneco então deixa o leitor mais intrigado ainda e curioso em relação a ligação do detetive e o assassino, parece uma trama bem elaborada e que deixa o leitor ávido pelo desfecho e gosto quando o autor engana o leitor e não é o que imaginamos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Maria.
      Eu também fiquei curiosa em relação a ligação dele com o caso, leia com certeza.
      Bjs.

      Excluir
  2. Oi Marlene!!
    Que bom saber que gostou do livro, vi algumas resenhas sobre ele e alguns gostaram outros não, confesso que não desisti de conhecer, estou mto ansiosa pra ler e conhecer esses personagens bacanas!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Aline.
      Fico muito feliz em saber disso, espero que dê uma chance ao livro.
      Bjs.

      Excluir
  3. Eu curti bastante o livro, de vdd. Tive algumas ressalvas (quando a gente não tem, não é msm?), mas nada que me fizesse gostar menos do livro. Achei a leitura fluída e a história me prendeu. Como eu disse na minha resenha, a identidade do vilão não me interessou mt, pq fiquei LOUCO pelos diálogos! <3

    Adorei o post! :D

    Abraços.
    Alex, do Um Bookaholic. <3
    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Alex.
      Sim, os livros sempre tem seus pontos altos e baixos né,
      Bjs.

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...