[Resenha] Amos e Masmorras 3 - Lena Valenti

Amos e Masmorras - A Missão
Amos e Masmorras # 3
Lena Valenti

Resenha livro 01 e 02
Desde o momento em que os agentes Markus Lébedev, da SVR, e Leslie Connelly, do FBI, se conheceram nas Ilhas Virgens, durante a missão Amos e Masmorras, algo tinha ficado bem claro: a tensão sexual e o desejo iam acabar com os dois. Agora, eles terão que trabalhar juntos para tentar desarticular uma das principais redes de tráfico humano da Rússia. Essa nova missão, nos Reinos Esquecidos, vai pôr à prova o profissionalismo, a ética e os valores de cada um. Nesse caso, dividido em duas partes, colocar o coração em risco pode significar perdê-lo para sempre.
Lena Valenti volta a surpreender e a fascinar com uma trama incrível, cheia de sensualidade, amor, bom humor, originalidade e reviravoltas inesperadas e engenhosas, repletas de reencontros e de cenas de tirar o fôlego. Markus e Leslie vão cativar os leitores mais exigentes, em uma história de extremos na qual a violência e a realidade mais vil se contrapõem à ternura e à compaixão, ensinando importantes lições.

Depois do surpreendente final do torneio Dragões e Masmorras DS, muito foi descoberto sobre os vilões que utilizavam suas práticas sádicas e doentias nas mulheres que estavam sendo traficadas. O caso era muito mais complexo do que imaginavam e a investigação precisava seguir seu curso.

O agente infiltrado da SVR, Markus Lebedev, continuaria trabalhando com Leslie, que é do FBI, em uma extensão da cooperação entre as duas agências com o objetivo de chegar até os cabeças.

O que eles enfrentam é o mais perigoso caso de suas vidas. A máfia russa, que também é chamada de Bratva, têm seus tentáculos por todo o mundo. Essa é uma denominação generalizada dada a qualquer um dos grupos criminosos altamente organizados que surgiram na União Soviética, no final dos anos 80. Dentro desses grupos há uma rígida hierarquia, repleta de regras e deveres. Embora sejam vários e estejam distribuídos pelo mundo, a maioria deles tem objetivos em comum e muitas vezes compartilham interesses. Cada um exerce um papel no contexto mundial da máfia.

Eles são responsáveis pelo tráfico de mulheres, de drogas, de armas, de bebidas e muito mais, em grande parte dos Estados Unidos, e isso é muito maior do que Leslie jamais imaginou. Muitos políticos, governantes, juízes e outros agentes da lei, celebridades e outras pessoas ricas e poderosas estão envolvidas com a máfia de alguma maneira, o que torna o caso ainda mais complicado.

Markus não é um cara comum. Russo, gigante e cheio de tatuagens, é um agente infiltrado cheio de convicção. E ele vai até o fim para alcançar seus objetivos. Leslie é durona. Depois do caso Amos e Masmorras, ela aprendeu muito sobre si mesma e expandiu sua força e coragem para ir até onde fosse preciso, o que ela irá precisar ao trabalhar com alguém cheio de segredos como Markus. Ele sabe muito bem sobre a estrutura das Bratvas, levando Leslie a pensar até onde ele foi para criar seu papel de agente infiltrado. 

A relação dos dois só falta sair faíscas. Ela sabe que sente algo por ele, além de muita atração. Mas um cara como ele jamais poderia sentir algo por ela, ele já não é capaz de sentir nada.

Mesmo sem saber ao certo sua verdadeira história, Leslie sabe que Markus tem um objetivo pessoal por trás de tudo. O que prova ser verdade no momento em que ele corta todos os meios de comunicação dos dois com o FBI e o SVR e ficam por conta própria, em sua busca para chegar até os cabeças e depois até o Drakon. E possuem apenas dois dias para fazer isso.

Para tal, ele vai matar, torturar e fazer o que for preciso para acabar com essa Bratva. Por tudo que fizeram com ele e pelo que fazem com as mulheres que eles enganam, sequestram, drogam e depois vendem como escravas. 

Será que Leslie consegue ir até o fim, mesmo se todos os seus valores como agente do FBI a trabalho do governo forem postos à prova? Qual o verdadeiro objetivo de Markus nessa missão?

Será que esse russo vai resistir à agente durona do FBI, mesmo não tendo mais nenhum vestígio do seu coração ?

"Leslie tinha feito por ele algo que ninguém jamais fizera; agido com espontaneidade, quebrando e desprezando as regras. Seduzindo-o assim, sem mais nem menos, como um arranhão na pele, que não se sabia muito bem de onde vinha, mas que deixava uma cicatriz."

Gente, estou de queixo caído. Depois de fazer uma história que envolvia BDSM, jogo de RPG e um caso do FBI, nossa querida Lena, agora colocou a máfia russa no meio. É de deixar meeesmo de boca aberta!

A narrativa da Lena alcança um novo patamar nesse livro. Além de envolvente e sedutora, há muita ação e suspense. Uma das coisas que mais admiro na escrita dela é a capacidade de dosar ação, com romance e cenas sexies. Não há cenas muito descritivas, mas não há como negar que a autora fez uma extensa pesquisa sobre o tema, entregando ao público um livro bastante cativante.

Como disse nas resenhas anteriores, uma coisa que me ressente bastante, é classificar essa série como romance hot. Não é! É bem mais do que isso. E se você leu alguma das minhas resenhas, com certeza vai entender o por quê.

Esse livro foi com certeza o mais intenso até agora. Leslie sempre se considerou muito bem resolvida e durona, mas isso antes de conhecer Markus Lebedev. Ela sabe que está caidinha por ele, mas não vai dar o braço a torcer, ainda mais percebendo que ele jamais vai se abrir para ela. Ele já matou, torturou, fez de tudo. Estava muito marcado pela vida e há muito perdeu o seu coração. Mas Leslie é uma agente de alta patente no FBI, bem conceituada e inteligente e não desistirá.

Markus é uma incógnita, um grande ponto de interrogação. Não sabemos quase nada sobre ele, e, o pouco que vai revelando ao longo do livro, já nos dá uma ideia do pesadelo que passou. Ele é um guerreiro nato e agora está mais preparado do que nunca para alcançar seu objetivo final. Mesmo significando matar todos que entram em seu caminho. O que ele não contava é com a entrada dessa agente petulante do FBI na sua vida. Ele vai protegê-la, mas também vai usá-la para chegar até o Drakon. Afinal, eles são um parceiro nessa. Um binômio.

Os tentáculos da Bratva são mais profundos do que todos imaginavam, e então ele precisa tomar medidas drásticas. Nem sempre seguir pelos caminhos da lei é a melhor alternativa. Mais do que nunca Markus precisa ser implacável, pois esse é o caso mais perigoso de suas vidas. E o que fazer quando se tem no meio de tudo isso uma atração irrefreável e impossível de negar?

É um livro bastante envolvente, com muita ação, cenas quentes e um personagem extremamente misterioso e apaixonante. Depois que você começar a ler, com certeza não vai querer mais largar. Não perca tempo!

Lena Valenti é uma das minhas autoras favoritas, indico para todos! A outra série dela, Vanir, ainda não publicada aqui no Brasil, também é maravilhosa e espero que saia logo.

"O russo odiava concluir que, com a chegada daquela mulher, tudo o que ele tinha se esforçado para construir e conseguir ao seu redor poderia desmoronar como um castelo de areia abalado pelo vento.Leslie era o vento. E ele não era nada mais do que areia."

4 comentários:

  1. Amoooo a Lena, ela nunca decepciona !!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Luiza!
    Não conheço obras da autora, acho que li uma resenha do livro 1, gostei bastante, qro conhecer, agora lendo esta deu mais curiosidade ainda.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Lena é diva, sua escrita é maravilhosa! Muito ansiosa para suas outras séries sejam publicadas no Brasil.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia a autora e fiquei interessada a historia parece ter uma adrenalina que faz com que o leitor devore as páginas para saber o que vai acontecer, adoro personagens misteriosos e esse mocinho desperta interesse.

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...