[Resenha] Sedutor, Selvagem irresistivel #1

Sedutor
Selvagem Irresistível #1
Christina Lauren


Christina Hobbs e Lauren Billings, conhecidas pelo pseudônimo Christina Lauren, causaram grande impacto com seu Cretino irresistível. A série entrou nas listas de mais vendidos no Brasil e é best-seller do USA Today e do The New York Times. Agora, elas estão de volta com Sedutor, primeiro volume de uma série que não promete menos: Selvagem Irresistível. Mia Holland, depois de comemorar sua formatura em um louco final de semana em Las Vegas, fica aterrorizada com as escolhas que terá de fazer nessa nova etapa da vida. Ela toma, então, uma decisão selvagem: partir para a França seguindo os passos de Ansel Guillaume, um homem envolvente e extremamente sedutor. Por trás de todas as brincadeiras sensuais de Mia e Ansel, sentimentos começam a surgir. Nesse momento, ela precisa decidir se retorna para a vida que deixou ou se entra de cabeça nessa aventura ardente e arrebatadora  que acabou de descobrir...


Nem tudo o que acontece em Vegas realmente fica em Vegas! É com essa premissa que Christina Lauren estreiam a nova série hot; seguindo o estilo da série anterior acompanharemos no livro 1 a história de Mia e Ansel que se conheceram em Las Vegas, enquanto Mia foi para a cidade com suas amigas, Harlow e Lola, para dar uma adiada na vida adulta, já que acabaram de se formar na faculdade; Ansel foi com seus amigos Ollie e Finn, depois uma noite regada de álcool (o liquido mágico das decisões impulsivas), a manhã seguinte exige algumas reparações.

Eu quero amar a minha vida inteira como estou amando essa noite.

Mia é uma ex bailarina que devido um acidente,  não dança mais; ela é insegura e constantemente pressionada pelos pais, motivo pelo qual ingressa em uma outra faculdade, enquanto Ansel é francês, advogado jr. e muito impulsivo; depois de viverem uma noite a lá “Se beber não case” e terem uma noite tórrida de sexo casual para contar para os amigos, eles também ostentam uma aliança no dedo.

Contrariando a ideia de que o que acontece em Vegas fica em Vegas, essa história toma rumos diferentes e vai parar em Paris, tudo porque durante a noite, Mia conta para Ansel muito da sua vida e de seus traumas, mais do que contou para as amigas (se considerarmos o tempo que eles se conhecem), então Ansel convence Mia a ir com ele para a França durante o verão para ver onde essa história toda pode chegar.

[...]quando ele está perto de mim eu basicamente tenho vontade de molestá-lo. Não é somente por ele ser lindo e charmoso, é porque ele é gentil e atencioso, e nunca ocorreria para ele ser áspero ou crítico. Há uma leveza inerente nele que me desarma, e não tenho dúvida de que ele deixa um rastro de corações partidos, em homens e mulheres, onde quer que ele vá, mesmo que não seja intencional.

A partir daí, a escrita das autoras que já é maravilhosa ganha detalhes incríveis e descritivos, é quase como se estivéssemos viajando com a Mia, aprender Francês nunca pareceu tão encantador. Claro que as cenas hot já tem o selinho de qualidade das autoras que conhecemos lá da série Cretino Irresistível, mas em Selvagem Irresistível temos uma carga de drama mais sutil que mesmo assim não impossibilita de acompanharmos o crescimento pessoal de cada personagem e embora o livro siga uma receitinha, está longe de ser um cópia e cola da outra série. Aqui temos muito mais que uma história de amor a primeira vista, é com uma escrita mais madura em termos de experimentações que conhecemos personagens mais novos e com carreiras ainda não consolidadas, o que me aproximou ainda mais da história.

Olho para ele, sentindo o estranho calor da intimidade se espalhando por mim. Então é isso que chamam de química. Eu já havia sentido isso com outros dançarinos, mas esse é um tipo diferente de conexão. Geralmente, a química entre duas pessoas dançando se esvai quando saímos do palco e nos forçamos a voltar a vida real. Já com Ansel, acho que poderíamos ligar aparelhos com toda a energia que flui entre nós.

O único ponto negativo do livro é que em alguns momentos, as cenas se arrastam e são preenchidas com cenas de sexo que não fariam falta se não estivessem ali, por mais que os primeiros livros de series tenham que apresentar os personagens e nos descrever os cenários, dava para ter economizado umas 100 páginas e ainda assim não perderia em qualidade, mas isso não diminui em nada a empolgação para o segundo livro que contará a história de Harlow e Finn.

13 comentários:

  1. Ainda não li nenhum livro das autoras. É muito bom quando o autor com suas descrições nos faz viajar junto com os personagens e que bom que a personagem amadurece, pois no começo ela é insegura, gosto quando são fortes e decididas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari , eu gosto da escrita desde o primeiro livro, mas é clara a evolução ...se vc ler vem contar pra gente o que achou ! Bjo.

      Excluir
  2. Oi Karina!
    Nunca li os livros, tenho mta curiosidade em conhecer o enredo, que parece ser bom, vou anotar a dica e esperar uma oportunidade de ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você goste Aline , as vezes passo pela minha estante , vejo o livro e sorrio lembrando da história! Qnd ler vem contar pra gente o que achou ! Bjo.

      Excluir
  3. Me lembrou aquele filme Jogo de amor em Las Vegas, é basicamente a mesma premissa. Sinceramente, não fiquei com vontade de ler, ainda mais que você destacou o ponto negativo das cenas arrastadas. Sei lá, não curti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai muito da preferencia de midia neh Ana, eu odiei o filme , mas amei o livro .... é só questão de gosto mesmo. Bjo.

      Excluir
  4. Gostei do enredo desse livro e apesar de não conhecer a primeira série das autoras e não ter interesse nela, fiquei bem curiosa com o enredo dessa.
    Principalmente por ter Vegas como pano de fundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita do céu , coloquei Vegas no meu roteiro de viagens que quero fazer um dia por causa desse livro ushuaushas... as series são independentes , mas num ponto lá na frente ( que conto aqui depois) elas podem acabar se juntando !! Bjoo.

      Excluir
  5. Oi Karina!
    Essa série tem muitos livros né. Tenho uma amiga que mata e morre por esses livros haha.
    Pretendo ler, ou pelo menos dar início esse ano.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pri lançados até agora a serie do Selvagem tem 4 livros...
      A outra serie, a do cretino tem lançados 9 ( o ultimo que encerra a serie lança esse mes) Aqui no ELB tem a resenha do livro 1 e 1.5 da serie do cretino e a explicação da ordem ... confia em mim e na sua amiga e se joga nesses livros ! Bjo.

      Excluir
  6. Oi, Karina!
    Gostei muito da resenha mesmo não tendo li nenhum dos livros da autora!! Bom espero conferir em breve mas essa série da autora!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marta essa é uma otima serie pra começar algo das autoras, quando você ler vem contar pra gente o que achou ! Bjo.

      Excluir
  7. Olá,
    Esse não é bem meu tipo de livro, mas estava mesmo querendo ler algo nessa linha, é sempre bom diferenciar, para mim pelo menos, e eu gostei bastante, não parece ser nada muito grande, mais despretensioso e divertido, gostei da história.

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...